Naturalmente Bonita

5 Passos Para Montar Mala Com Roupas de Frio

9.nov.2018

Quem aí também tem dificuldade para montar looks para viagem? E se o destino for frio, o desafio aumenta, né? Recentemente voltei de uma viagem que fiz pelo Canadá e o período era outono. Mas se tratando de Canadá, eu poderia esperar um “inverno rigoroso” na concepção de um brasileiro hahaha. E foi isso mesmo que aconteceu, pegamos neve em pleno outono “ameno” do Canadá.

“Então Japa, conta como você montou a sua mala nesta Trip do Canadá?” Claro mó bem que eu te conto tudo!

Passo 1: Checar a previsão do tempo

Depois que definimos o roteiro e as cidades que iríamos visitar, baixei todas as previsões do tempo no celular e fui acompanhando um mês antes. No nosso caso visitamos 4 cidades: Toronto, Ottawa, Montreal e Quebec City. As temperaturas eram bem parecidas, alguns dias algumas cidades mais frias e outras mais tranquilinhas;

viagem mala frio

Crédito: Jonathan Haerter

.

Passo 2: Definir a sua prioridade

Uns 5 dias antes da viagem (o tempo de preparo da mala fica a seu critério, tem pessoas que definem antes, outras mais em cima, mas a dica é ir acompanhando a previsão que você consegue ter uma ideia mais clara) separei as peças que iria levar e priorizei CONFORTO. Nosso objetivo foi explorar o Canadá, turistar mesmo, então isso quer dizer
que caminhamos muito. Mas também pensei em looks que não fossem “sem graça”, mas como citei acima, sempre peças confortáveis;

viagem mala frio

Crédito: Jonathan Haerter

.

Passo 3: Escolher peças versáteis

Importante escolher para levar peças curingas/versáteis pois são super amigas em viagens. O que são essas peças curingas/versáteis? São aquelas que você consegue usar de várias maneiras e ela não “marca”. Por exemplo esse casaco Nude, usei muito na viagem. Ele super se adapta em looks mais “clássicos”, com bota, fechadinho, como
também em looks mais “criativos” misturando com itens esportivos que tira o look da monotonia;

viagem mala frio

Crédito: Jonathan Haerter

.

Passo 4: Pensar em “camadas”

É muito importante você pensar em “camadas”. Nestes locais muito frio sempre tem calefação e você vai tirar o casaco quando entrar em qualquer lugar porque é quente. Então peça debaixo tem que ser “bonitinha” hehehe (a primeira vez que fui viajar pra um destino bem frio, usei embaixo uma peça furada no braço, vexame neh hahaha). Eu levei peças bem neutras para usar embaixo. Uma ou outra t-shirt só pra montar um ou outro look diferente, mas embaixo vinha mais umas 2 ou 3 peças pra não passar frio;

viagem mala frio

Crédito: Jonathan Haerter

.

Passo 5: Não esquecer de Acessórios – Cachecol, luva, touca

Leve acessórios de inverno, mas principalmente cachecol, lenço, echarpe, wherever neste estilo. Tem 2 funções pra mim: esquentar e dar “acabamento” nas camadas. Em alguns looks por exemplo eu coloquei uma -T-shirt pra ficar mais descontraído o look, mas embaixo estava com uma térmica e mais uma cacharrel de lã. Aí o lenço entra pra
finalizar, além de dar ritmos diferentes para os looks e esquentar. E vai por mim, no frio faz MUITA diferença cachecol ☃

viagem mala frio

Crédito: Jonathan Haerter

 

DICA BÔNUS:

Essa dica não pode faltar na sua mala se você vai para destino frio: BLUSA E LEGGING TÉRMICA. É sério, faz MUITA diferença. Eu usei TODOS os dias essas 2 peças (claro que lavei no meio da viagem hahaha), foi minha segunda pele mesmo. O tecido tecnológico ajuda muito segurar o calor do seu corpo e automaticamente ameniza o frio.

viagem mala frio roupa Termica

Crédito: Jonathan Haerter

.

Check List do que levei: (2 semanas)

• Blusa Térmica: 1 preta
• Legging Térmica: 1 preta
• Blusa Cacharrel de lã: 1 preta e 1 nude
• Blusa Lã Grossa: 1 preta
• Camisa: 1 Branca e 1 Jeans (acabei nem usando a jeans)
• Calça: 2 jeans (1 boyfriend e 1 justa) e 1 preta
• Casacos: 1 Nude, 1 preto, 1 Xadrez preto e branco, 1 de neve (esse se você não tem,
empresta da amiga. Foi o que eu fiz rsrsrs)
• T-shirt: 3 com estampas diferentes
• Cachecol/Echarpe: 1 preto, 1 cinza e 1 rosê
• Calçados: 1 bota cano longo, 1 bota cano curto, 1 tênis escuro (na viagem comprei um
tênis claro)
• Bolsa: 1 preta
• Acessórios: 1 luva, 2 toucas, Óculos de Sol

viagem mala frio

Crédito: Jonathan Haerter

 

Bom, essa foi uma ideia geral do meu raciocínio para montar a mala nesta Trip do Canadá. Não quer dizer que é uma regra e tem que ser assim. Como sempre brinco: “cada louco com suas manias” hahaha. Se precisar de um help, pode escrever pra Japa.

Bjokas e até a próxima :*

Erika Okazaky

Érika Okazaki é Jornalista especializada em Design de Moda, Consultora de Imagem formada pelo IRCNY – Image Resource Center of New York. Abriu a própria fábrica de confecções aos 17 anos e adora empreender. Desde 2009 atua na área de comunicação com o Programa Na Moda, que já passou pela TV Bandeirantes PR, Record PR e Record News Internacional – Europa e África. Érika também é professora da Pós Graduação, palestrante e ministra Workshops de Moda e Imagem.

Érika Okazaki

Érika Okazaki é Jornalista especializada em Design de Moda, Consultora de Imagem formada pelo IRCNY – Image Resource Center of New York. Abriu a própria fábrica de confecções aos 17 anos e ado...

4 produtos para cuidar da sua pele no inverno

2.jul.2018

Então, chegou o inverno, chegou o frio. Por aqui, já estamos passando por dias bem geladinhos e, por isso, eu trouxe este post com dica de 4 produtos para cuidar da sua pele nesta estação.

Sabemos que o frio sempre causa ressecamento a pele. Então, tratá-la com produtos adequados é imprescindível para mantê-la sempre hidratada e bonita, mesmo na estação mais gelada do ano.

.

Sabonete Líquido Hidratante – Botica Lavanda

Tudo começa pela limpeza da pele, e para manter a pele bem cuidada, é importante fazer uso de um sabonete que limpa e hidrata. O Sabonete Líquido Botica Lavanda, da Bio Extratus, é uma opção certeira, já que ele promove uma limpeza suave, perfuma e hidrata a pele, proporcionando uma deliciosa sensação de bem-estar. O sabonete tem em sua fórmula a lavanda, que é antioxidante e relaxante, a oliva, que tem ação hidratante e nutritiva, e o hydromanil, que além de hidratar também suaviza a pele. Gosto de usar tanto para lavar as mãos como o corpo também, justamente por essa ação hidratante que esse sabonete proporciona.

.

Creme Hidratante Corporal Botica Lavanda

Depois de limpar, é preciso mais do que nunca hidratar a pele. Gosto de aplicar nas pernas e braços, principalmente nas regiões mais ressecadas, que no meu caso são o cotovelo e o joelho. Esse produto tem uma consistência bem cremosa e promove nutrição e hidratação com um toque sedoso, sem ficar pegajoso, sabe? Isso é o que eu mais amo, já que eu gosto de hidratar a pele, mas sem parecer que o creme está ali, e ele realmente proporciona uma sensação de bem-estar na pele. Eu aplico sobre a pele limpa em movimentos circulares, espalhando uniformemente até a completa absorção. Sinto a pele muito mais hidratada e macia depois de usar o Creme Hidratante Botica Lavanda.

.

Manteiga Corporal Botica Lavanda

E, pra quem tem a pele ainda mais ressecada, vale a pena apostar na Manteiga Corporal Botica Lavanda. A manteiga hidrata profundamente e ajuda a evitar o ressecamento da pele por conta das baixas temperaturas. Ele já é bem mais consistente em comparação ao creme hidratante, parece uma “pastinha”. Mas se espalha muito fácil e, depois de seco, a pele absorve completamente o produto e também não fica pegajoso. Importante falar sobre esses 3 produtos que o aroma deles é um ponto a mais para a linha. Como o principal ativo é a lavanda, todos os produtos possuem um perfume maravilhoso e que fixa na pele perfeitamente. Para quem, assim como eu, gosta de cheirinhos, esse é um atrativo e tanto!

.

Botica Propomel – Pomada de Própolis e Mel

E agora, a dica bônus para esse inverno: a pomada Propomel, um tratamento multifuncional que associa as propriedades da própolis e do mel. Ela pode ser usada de diversas maneiras diferentes, mas no inverno eu gosto de usá-la principalmente nos lábios, como um balm mesmo (eu já falei pra vocês neste post: https://naturalmentebonita.bioextratus.com.br/botica-propomel-pomada-1001-utilidades/). Nessa época é muito comum a boca ficar ressecada ao ponto de rachar, por isso é muito importante hidratá-la sempre. Gosto de usar minha Botica Propomel todos os dias na hora de dormir, dessa forma ela vai tratando a pele dos lábios enquanto eu durmo. Ela também pode ser usada em outras partes do corpo que estejam ressecadas – como por exemplo os calcanhares – já que suaviza e hidrata profundamente a pele, combatendo o ressecamento e a aspereza.

.

Essas são algumas dicas de produtos para cuidar da sua pele no inverno. Espero que tenham gostado.

Um beijo.

Brunha Munhoz Vaidosa e Feminina

Bruna Munhoz, paulista, é formada em Administração Financeira e uma apaixonada por beleza, moda, viagens e tudo que diz respeito ao universo feminino. Dessa paixão, surgiu o desejo de criar o blog Vaidosa e Feminina, para reunir tudo isso em um cantinho só e, assim, aprender cada dia mais sobre esse assunto apaixonante que é o mundo das mulheres.

Bruna Munhoz

Bruna Munhoz, paulista, é formada em Administração Financeira e uma apaixonada por beleza, moda, viagens e tudo que diz respeito ao universo feminino. Dessa paixão, surgiu o desejo de criar o blog...

10 passos para ter cabelos saudáveis no frio

28.abr.2017

O sonho de consumo de toda mulher do mundo é aquele cabelo forte, saudável, brilhante e sem quebra. Desfilar com os fios incríveis no inverno é uma tarefa que parece difícil mas que pode se tornar simples com alguns passos básicos na sua rotina de beleza. Para que seu cabelo não sofra com o vento e com a diminuição da umidade do ar, venho contar os 10 passos para ter cabelos saudáveis no frio.

1- Tenha uma alimentação equilibrada. O processo começa de dentro para fora, procure se alimentar corretamente, incluindo nas refeições algumas hortaliças e frutas que fazem bem para os fios (e para o resto do corpo). A falta de algumas vitaminas podem acarretar em vários prejuízos para o fio e para o couro cabeludo. O cabelo é composto principalmente de proteínas. É importante ingerir alimentos desse grupo (carne, ovos, queijos) para deixar os fios mais fortes e nada quebradiços.

2-  Observe sempre se o produto usado é o ideal para seu tipo de cabelo. Escolha produtos sem sal, que não agridem o couro cabeludo e não deixam os fios sem brilho. Se necessário, passe por um especialista que te indique o melhor tipo de produto a ser usado. Uma boa dica é visitar o site da Bio Extratus e conferir as propriedades de cada produto, assim você saberá qual o perfeito para você.

3- Lave e hidrate o cabelo pelo menos uma vez por semana. Tenha sempre um bom shampoo anti resíduos pois poeira, oleosidade e sujeira acumulada impedem o crescimento dos fios. Lave bem. Em seguida, aplique um shampoo mais leitoso, que vai hidratar o couro cabeludo sem deixar oleoso. Aplique a máscara de sua preferência, permaneça com ela o tempo indicado e enxágue bem.

4- Quando usar secador, chapinha e babyliss, passe um finalizador termo protetor bem potente nos fios. Assim eles não ficarão opacos, quebradiços e evitará qualquer risco de “torrar” o cabelo. Meu favorito é o finalizador da linha Spécialiste Resgate, que ajuda a reconstruir os fios danificados.

5- Procure lavar sempre com água fria ou morna. A água quente abre as cutículas dos cabelos e os deixam quebradiços e ressecados.

6- Use uma boa escova para desembaraçar os cabelos ainda úmidos, evitando a quebra do cabelo. Escovas e pentes de convencionais acabam danificando, à longo prazo, a estrutura dos fios. A escova Michel Mercier, por exemplo, é desenvolvida e pensada especialmente para não quebrar os fios. Vale a pena investir.

7- Evite produtos com muita química. Hoje em dia há vários shampoos no mercado que contém produtos químicos encontrados até em detergentes e que agridem o couro cabeludo. Dê uma olhada nos ingredientes e descarte os produtos que não valorizam seus fios. É só dar um google e ver o que realmente faz bem para o cabelo e o que pode ser descartado.

8- Corte o cabelo com frequência. Procure fazer uma visita ao cabeleireiro de 3 em 3 meses para tirar as pontinhas. Assim eles cresceram bem fortes e evita que seja necessário cortar muito a longo prazo. Até porque ninguém merece pontas duplas.

9- Evite prender o cabelo com elásticos ou prendedores de metal. Eles podem enferrujar e/ou quebrar os fios ao soltar. Hoje em dia os modelos revestidos por plástico, como aqueles que parecem fio de telefone, são ótimos, super baratinhos e não marcam os fios.

10- Nunca durma com o cabelo molhado. O contato com o travesseiro faz com que o couro cabeludo não respire durante a noite, deixando os cabelos marcados e opacos. A longo prazo eles se quebram e formam as temidas pontas duplas. Aproveite a parte da noite para usar aquele óleo super potente nas pontas e deixa-lo agindo durante o sono.

E ai, gostaram desses 10 passos para ter cabelos saudáveis? Comenta com a gente qual foi seu favorito!

 

Ana Luiza Palhares Cinderela de Mentira

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, resenhas com opiniões reais sobre produtos acessíveis e conteúdo sobre autoestima e feminismo. Ana sabe que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo, deixando sua marca em cada peça e independente do tipo de corpo. Hoje trabalha com consultoria de moda e imagem, marketing digital e com produção de conteúdo em seu blog Cinderela de Mentira.

Ana Luiza Palhares

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, rese...

Veludo no Inverno: Dicas de Como Usar

21.abr.2017

É fácil a gente perceber que, na moda, as tendências vão e vêm com frequência e, para quem tem um guarda-roupa bem grande, hehe, vale a pena deixar as peças guardadinhas, até que elas voltem a estar em evidência novamente.

Como hoje em dia vivemos um momento de inspiração na moda dos anos 90, é bastante normal que o veludo esteja em alta novamente, aparecendo com força em todas as coleções de inverno, seja nas roupas e calçados, seja nos demais acessórios.

 

Por ser um tecido muito querido das pessoas, rapidamente ele já se tornou febre e, assim, achei legal a gente bater um papo aqui a respeito das apostas que vêm por aí, bem como dividir dicas que podem ajudar na hora de usar ou investir em um item em veludo.

1 Escolha o tom: Por ser um material quentinho e que esquenta bastante, ele não poderia aparecer em outra temporada que não fosse o outono-inverno. Por isso, a cartela de cores se baseia principalmente em tons escuros, fechados ou pálidos. Assim, nas coleções vemos aparecendo o preto, vinho, azul, vermelho e rosa blush, bem como um pouquinho de lilás, cinza e verde.

2. Pés cobertos, pés à mostra: Apesar de ser um tecido invernal, ele não aparece apenas em sapatos fechados. É claro que botas, oxfords e tênis são fortes apostas em calçados feitos em veludo, porém também vemos ótimas opções em sandálias, slides e mules, que deixam os pés de fora e que podem ser uma boa alternativa para as regiões do Brasil onde não faz tanto frio assim.

Via Marte, Moleca, Azaleia, Santa Lolla

3. Modelos da vez: É claro que as roupas mais variadas podem ser feitas em veludo, ficando restritas apenas à criatividade do estilista. Mas, para este inverno, vemos alguns modelos que já se tornaram hits, como o slip dress (vestido camisola), a calça jogging e a jaqueta bomber.

4. Combina com o quê?  Veludo é um tecido que, em si, já carrega muita informação, não só pela sua textura e cor, mas também pelo seu brilho natural – especialmente o veludo molhado e o veludo cristal, queridinhos da moda atual. Por isso, ele sempre será um dos focos de atenção principais no look. Ele vai bem com materiais mais encorpados, como o couro e o jeans, ou mais leves, como rendas, chiffon e tricoline, mas pode pesar quando combinado a materiais texturizados, como peles e lãs, por exemplo.

5. Apenas uma peça: Como comentei no item anterior, o veludo, por si só, já chama bastante a atenção e atrai o olhar. Por isso, para deixar seu look mais interessante, atual e nem um pouquinho pesado, opte por usar apenas uma peça nesse tecido, para deixar o look criativo e manter a composição equilibrada. Mas, claro, na moda, às vezes, o exagero pode dar certo e ser muito bem-vindo! Na dúvida, confie no espelho, ele sempre é seu melhor amigo.

Fonte das imagens: Paulien, Glam Radar, Farfetch, ascotandhart, Keep Shopping, aloveisblind, & Other Stories, Brit Morin, Harper’s Bazaar, Pinterest, eBay.

 

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como produtora cultural, gerenciou projetos em órgãos públicos como na Embaixada da Espanha em São Paulo e no Museu da Cidade de São Paulo. No O Avesso da Moda é criadora e editora-chefe do blog.

Mirian Herrera

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como p...

Sapatos: 5 Tendências para o inverno 2017

17.mar.2017

Logo, logo, começa a temporada outono/inverno e, com ela, começam a chegar também as novidades para aproveitar muito os dias mais frios.

 

Como há muitas tendências bacanas em sapatos para os próximos meses, separei por aqui cinco delas, que prometem ser hits para os pés.

Vamos conhecer? Vem!

  1. COTURNO – é claro que a bota é sempre um calçado bem-vindo no inverno e, para este ano, a pedida é o coturno, que é aquele modelo mais pesado, com cadarço e com solado tratorado. Seja combinado a roupas mais amplas, do tipo oversized, ou até fazendo um contraponto com peças mais românticas, é certo que o coturno promete agradar. E muito!

 

Via Marte

 

  1. VERNIZ – ao lado do já consagrado metalizado, chega também o verniz, para criar um ponto de brilho nas produções. Em cores mais fechadas ou mais delicadas, são democráticos os modelos de calçados em verniz, desde scarpins e sapatilhas, até botas, oxfords e mules.

 Usaflex

  1. GLITTER – outro material que promete agregar brilho à composição, mas de uma forma bem mais ousada e, em alguns casos, exagerada, é o glitter, que ganhou destaque em propostas coloridas ou monocromáticas. Sem dúvida, é o ponto de destaque de qualquer look!

 

 Vizzano

  1. VELUDO – se o verniz e o glitter são a perfeita tradução do brilho, o veludo chega luminoso também, mas de um modo bem mais discreto. Em tons fortes, principalmente no vinho, azul e preto, o veludo é a opção perfeita para os dias mais frios, mas não se iluda, ele também aparece em sandálias! Um luxo!

 

Moleca

  1. BOTA BRANCA – se tem algo que pode balançar as estruturas da moda no outono/inverno 2017, esse item é a bota branca, que chega carregada de ousadia e extravagância. É claro que tem quem torça o nariz, mas o certo é que a maioria das marcas apostou na proposta e, nos pés das fashionistas, a gente já vê botinhas brancas “desfilando” pelas ruas. Pra se jogar!

 

Santa Lolla

Fonte das imagens: Divulgação, Harper’s Bazaar, Glam Radar, Aelida, Ashley Ringmybell, Styles Weekly, Popsugar, Who What Wear

 

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como produtora cultural, gerenciou projetos em órgãos públicos como na Embaixada da Espanha em São Paulo e no Museu da Cidade de São Paulo. No O Avesso da Moda é criadora e editora-chefe do blog.

Mirian Herrera

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como p...

Carregar Mais