Meus cuidados com os cabelos loiros

Depois que fiz minha transformação de visual para loiros com Bio Extratus Color, meus cuidados com os cabelos mudaram completamente. Os fios descoloridos e coloridos precisam de atenção especial para se manterem brilhantes e hidratados. Intensifiquei minha rotina de hidratação e testei algumas linhas específicas para meu novo tipo de cabelo. Hoje trago pra vocês quais são os produtos que ando usando e que vêm sendo meus grandes aliados para cabelos fortes e com uma cor viva. Espero que gostem!

Assim que terminamos todo o processo nos fios, a Laís, cabeleireira técnica da Bio Extratus, me contou quais seriam as linhas mais apropriadas pra mim. A primeira delas foi a Pós-Coloração, que tem como função hidratar, recuperar, proteger e aumentar a durabilidade da cor nos cabelos coloridos. Segundo a Laís, a linha protege os fios de ações externas, mantendo aquela nuance como no dia em que passamos a coloração. O que mais me encantou nos produtos foi a embalagem superdelicada e feminina, e a fragrância sensacional. Outro ponto que achei superlegal é que a linha toda é livre de sulfatos e liberada pra low poo.

 

Outra linha que, com certeza, é uma grande aliada pra manter os fios macios e saudáveis é a Pós-Química. Ela contém abacate e jojoba, que acabam promovendo uma restauração nos fios quimicamente tratados. Dentre os 5 produtos disponíveis nessa linha, o que mais curti e ando usando demais é a Manteiga de Abacate, que desmaia meu cabelo e o deixa megassedoso. Gosto de usá-lo especialmente em dias que vou curtir praia ou piscina, quando meus cabelos precisam daquele cuidado especial.

 

Também agreguei a linha Queravit aos meus cuidados diários. Ela é feita para cabelos danificados, pois reconstrói a queratina e fecha as cutículas dos fios. Acho que essa é a linha mais completa da marca, tem 10 produtos superdiferenciados e bacanas para os cabelos. Os que mais ando usando nos meus fios é o Pós-Shampoo, que alinha e sela as cutículas, deixando o cabelo bem protegido, e a Megadose, que é um excelente potencializador pra reestruturar e proteger os cabelos.

 

Já contei aqui em detalhes que ando usando também a linha Blond. Ela mantém meus cabelos bonitos no dia a dia e livre dos tons amarelados. Isso porque o desamarelamento é feito progressivamente. Ou seja, não precisamos esperar que o cabelo amarele pra usar um produto de cuidados. Ao longo dos dias de uso, ela vai deixando os fios incríveis e com brilho maravilhoso. Também foi uma das linhas que a Laís me indicou por eu querer manter esse efeito de loiro dourado.

E aí, gostaram das dicas dos meus cuidados com cabelos loiros? Comentem abaixo quais são os seus!

 

Tudo sobre minha mudança de visual e minha autoestima

O ano de 2017 foi repleto de transformações internas na minha vida. Pude fazer uma mudança completa de carreira, seguir um grande sonho e transformá-lo em minha profissão. Também foi um ano de muito autoconhecimento e de me reconhecer como sou hoje. Pensando em todas essas mudanças, resolvi coroar com uma grande transformação externa. Mudei de visual!

Sempre tive vontade de brincar com as cores nos meus cabelos. Já quis pintá-los com todas as cores possíveis do mundo. Porém, sempre senti muito medo de danificar o meu cabelo natural, deixando-o sem vida e sem brilho. Foi aí que a Bio Extratus lançou a linha Color, com 49 cores e enriquecida com tutano e microqueratina. Uso e amo a linha Tutano da marca, que sempre fez muito bem para o meu cabelo. Foi aí que pensei: por que não me jogar na coloração que trata?

O primeiro passo da minha transformação foi descolorir o pigmento do meu fio natural. Usamos a água oxigenada de 30 volumes com o pó descolorante da marca para puxar fios de luzes esfumados na raiz e intensos nas pontas. Deixamos agir por cerca de 30 minutinhos e enxaguamos bem. Em seguida, usamos a coloração 8.31 Louro Claro Dourado Acinzentado, deixando agir cerca de 15 minutos nos cabelos.

O resultado foi melhor do que o esperado. Senti meus cabelos fortes, mesmo após dois processos químicos diferentes. Consegui ver muito brilho e vitalidade nos fios. Depois de tudo, finalizamos com escova e babyliss, me olhei no espelho e me senti renovada! Aquela, sim, era a imagem que queria passar em 2018. Queria mesmo iniciar o ano de cara nova, literalmente, e com a parte do corpo que mais amo renovada. Eu adorei o efeito que o louro causou em minha vida, o quanto ele impactou diretamente na minha autoestima e na minha autoconfiança. Com certeza, me sinto muito mais forte e poderosa após essa grande transformação de visual.

E você? Já experimentou a nova coloração da Bio Extratus? Me conta abaixo o que achou da minha mudança!

 

Cabelo novo, percepção nova

Lembram que eu falei semana passada que eu ia mudar? Pois bem, mudei! Finalmente consegui tirar um tempo no sábado – ou melhor, consegui ajustar a agenda do marido com a do salão, afinal, precisava que ele ficasse com o Arthur – para fazer meu cabelo.

Enquanto estava no caminho, com a linha completa de coloração que a Bio Extratus me enviou para experimentar, cruzei com uma frase que até postei no insta onde dizia: “não é mudando que você se ama, é se amando que você muda”. E isso nunca fez tanto sentido.

 

Porque talvez vocês não saibam, mas eu já tive o cabelo com uma cor parecida com essa. Eu estava com 19 anos, vinha do ano anterior enlouquecida com o vestibular, engordei, não tinha mais roupa, não sabia quem eu era e resolvi pintar o cabelo porque estava insatisfeita, sem me reconhecer. Queria me achar e depositei todas as minhas esperanças na mudança capilar.

 

Só que isso não aconteceu. Por isso mesmo, acho que mudar não adiantou muita coisa naquela época. Depositei o pouco da minha autoestima nisso, mas tinha tanta coisa desajustada naquele contexto que a mudança capilar foi efetiva até certo ponto.

 

Só que, agora, meu objetivo foi outro: eu quis mudar porque eu estava muito segura de mim. Eu queria mudar porque minha relação com o meu cabelo está em sua melhor fase – então, por que não experimentar algo novo?

Na verdade, a referência que eu tinha era algo muito mais claro do que está (eu usei a tintura 9.4, louro muito claro acobreado). Só que, chegando ao salão, o Rogério – o profissional que mexe no meu cabelo desde que eu cheguei aqui em NY – achou melhor não chegar nessa cor logo de uma vez.

 

Eu estava sem fazer luzes desde dezembro de 2016, o que quer dizer que tinha muito cabelo virgem na jogada, castanho escuro ainda por cima. Para chegar naquele tom eu teria que descolorir e ele achou que seria um procedimento bem agressivo para o estado que meus fios se encontravam. Também demoraria mais e gastaria um tempo que eu não teria naquele dia. Preferi seguir com a opinião do especialista e aí a gente vai clareando com o tempo. Se bobear, é até bom para eu ir me acostumando com as tonalidades ruivas. 🙂

 

Só sei que, quando virei para o espelho, lá estava a Carla com uma cor de cabelo superparecida com a da Carla de 19 anos. Por um segundo lembrei de todo aquele período de insegurança, mas quando olhei de novo, aquela Carla realmente não estava ali.

 

E quanto ao cabelo em si? Para começar, eu fiquei espantada que a cor conseguiu chegar nesse tom logo de primeira. Ainda não é a cor final e ainda está mais escuro do que eu tinha planejado, mas levando em conta que não usamos descolorante, eu achei muito bom. Mas o principal é: eu tô apaixonada pelo toque! O tutano na fórmula, exclusividade da Bio Extratus e diferencial no mercado, ajuda a hidratar enquanto colore e isso realmente acontece. Lavei dois dias depois de pintar e, quando sequei (tá frio aqui, não tenho conseguido deixá-lo secando naturalmente), ele estava supersedoso, os fios nada embaraçados. O brilho também é notável. Confesso que fiquei pensando em não descolorir, afinal, por mais que eu cuide muito, é normal que resseque demais, coisa que a tinta claramente não fez. Veremos.

 

Aliás, percebi nessa semana que a tinta também está ajudando demais a controlar a oleosidade. Nesse período em que eu estava com a raiz virgem bem comprida, eu cortei um dobrado com ele, porque ela voltou a ficar superoleosa em tempo recorde. A linha Pós-Química de abacate com jojoba – que eu amo – é tão hidratante que a minha raiz não aguentou. A mesma coisa aconteceu com a linha Pós-Coloração, que é ainda mais hidratante e não funcionou tão bem (comecei a usar ela novamente essa semana, vamos ver como ela vai se comportar em outras condições capilares). Tem sido um alívio poder voltar a lavar meu cabelo dia sim, dia não.

Eu estou supersatisfeita com o resultado e feliz por ter escolhido uma cor tão diferente do que eu tenho feito há tanto tempo. Também fiquei chocada com o sucesso que fez no instagram, acho que não lembro de um post meu ter tido tantos likes, tampouco lembro de ter recebido tantas mensagens diretas. Não que a popularidade nas redes sociais influencie minha opinião, mas não nego que é uma injeção de autoestima receber tanta mensagem positiva. 🙂

 

Quem estiver pensando em mudar, sugiro conhecer a linha Bio Extratus Color e conversar com o profissional que cuida dos seus cabelos para, juntos, definirem a melhor ideia para vocês. Juro que não é só porque eles são patrocinadores do blog, mas o resultado foi muito melhor do que eu tinha imaginado, inclusive com a minha percepção. O cabelo novo não foi feito para suprir nenhum amor próprio falho, mas estou amando me enxergar com novos olhos.

 

Como manter por mais tempo a coloração nos cachos

Eu faço colorações nos cabelos há mais de 15 anos, comecei aos 12 logo com o preto azulado, sofri pra conseguir sair desse tom depois fiz luzes e comecei processos de descoloração até ficar quase loira! Há dois anos comecei com a coloração vermelha, que sem dúvida é a que me dá mais trabalho no quesito manutenção.

Enquanto usava a coloração escura era bem desleixada com hidratações, mas quando passei a descolorir (mechas claras) e agora com o tom de vermelho a minha maior medo era se eu iria conseguir ter um cabelo colorido e bonito.

set-jackie-cabelho-vermelho-manutenc%cc%a7a%cc%83o-cor

Cuidados

Antes de Colorir

Vou te contar todos os cuidados que deve ter antes e depois de aderir ao cabelo colorido – principalmente, o vermelho/ruivo. O processo começa antes da coloração o cabelo precisa estar bem nutrido para que a tintura agrida menos o fio.

Para fazer o processo de coloração, é necessário abrir as cutículas dos fios para depositar os pigmentos de cor. Se o seu cabelo não estiver com a hidratação equilibrada, o que causa o ressecamento, as cutículas não conseguem ser fechadas. Resultado imediato é o frizz, os cachos ficam desalinhados e com aspecto ressacado.

Antes de realizar uma coloração/descoloração certifique-se de que o seu cabelo esteja saudável antes de fazer o processo químico. A linha Shitake é ideal para cabelos desvitalizados.

Lavagem

Para diminuir o desbotamento utilize um shampoo sem sulfato como o Low Poo da linha Botica, eu percebo que no meu cabelo a cor dura mais quando utilizo esse tipo de produto. Para a cor durar tenha também uma linha de manutenção para cabelos coloridos.

Cronograma Capilar Cabelos Coloridos

Pintou não pode rolar preguiça! Cabelo colorido requer hidratações com mais regularidade, eu faço pelo menos 1 vez na semana durante o banho mesmo!

Se possível, você faça um tratamento de nutrição mais profundo, quando o cabelo está mais hidratado fica com as cutículas seladas e seguram a cor por mais tempo. Ensinei aqui como fazer o cronograma para cabelos tingidos.

Eu chego a ficar 45 dias para mais sem pintar nem a raiz, então entre colorações utilizo máscaras matizadoras e/ou banho de brilho, assim reavivo a cor dos deixando eles bonitos e mais saudáveis preparado para receber a coloração quando a raiz estiver já bem aparente.

O Ruivo veio para ficar!

Os tons de cabelo ruivo estão super na moda, são sexy e exigem um super cuidado para manter o brilho, o tom e a saúde dos fios.

O primeiro cuidado que se deve ter é na escolha da coloração para que se obtenha o tom desejado sem agredir demais os fios. Por tratar-se de um pigmento ‘fantasia’ (artificial) a aderência ao fio é menos efetiva e a manutenção da cor deve ser feita com produtos compatíveis com a necessidade de cada tipo de fio.

ruivo-poder-rihanna-1

Para evitar o desbotamento o ideal é cuidar do fio antes e depois da coloração, com processos que selem as cutículas capilares retardando o desbotamento da cor. O sol também pode prejudicar o brilho dos fios, por isso use um produto específico para protege-lo.

Para manter a cor por mais tempo é indicado que você use mesmo que alternadamente shampoo e produtos para cabelos tingidos, pois outros produtos prejudicarão o fio e favorecerão o desbotamento da cor. A Bio Extratus tem uma linha excelente para a manutenção da cor a Noni Plus

Coloração

  • Nos primeiros meses os retoques precisam ser realizados em média a cada 20 dias, pois como a pigmentação dessa tonalidade é mais frágil ela solta (desbota) com facilidade. Após esse período os retoques irão variar de acordo com o crescimento da raiz, que pode variar de pessoa pra pessoa;
  • Aplique um tonalizante a cada 15 dias, pois essa cor desbota com facilidade.
  • Use sempre um protetor térmico quando for utilizar secador e chapinhas.

Tons acobreados ficam bem em quem tem pele bem clarinha, aquela que chega quase a ser rosada. As pessoas com pele mais escura podem usar os tons mais fechados como vermelho ou vinho.

Uma dúvida que acompanha esse procedimento de coloração é a cor das sobrancelhas. Para cada rosto é indicado uma solução, é possível tingi-las em tom próximo ao dos cabelos. O indicado é que procure um profissional por se tratar de uma região próxima aos olhos não recomendo que faça esse tipo de processo em casa, além do que ele é mais qualificado para mistura de tons de forma a deixa-las tingidas e bonitas para que não fique caricato ou fake demais.

Coisas que toda ruiva tem que saber

  • O cuidado tem de ser constante, pois a cor desbota fácil. Se tem preguiça ou se quer economia não optar por esse tom de coloração;
  • É uma das cores mais difíceis de tirar do cabelo e exige muito tratamento, além de ressecar, portanto, pense muito antes de escolher o tom.
  • Procure um profissional: é ele quem tem o conhecimento para avaliar seu tom de pele e ver o que realmente combina. Existe uma grande variedade de cores de ruivo, desde vermelho vinho ao cobre alaranjado, e a chance de errar é grande;
  • Especialmente para as louras que tem o cabelo natural ou muito claro deve pensar ainda mais para adotar o ruivo. Voltar ao louro após a transformação é possível, mas será demanda tempo e cuidados para não maltratar muito os fios;
  • Quem tem cabelo escuro não consegue um ruivo mais claro sem descolorir os fios.

Para manter a saúde dos fios recomendo a linha Shitake e que você siga o Cronograma Capilar especial para cabelos tingidos.