Naturalmente Bonita

Hidratação ou Umectação? Saiba a diferença

2.dez.2019

Quando entramos neste mundo de cuidados capilares descobrimos diversos termos. Muitos deles são novos e bagunçam a nossa cabeça: “Quando hidratar? Quando umectar? Quando nutrir? Qual a diferença disso tudo? Do que o meu cabelo realmente precisa?”. Calma! Aos poucos a gente aprende tudo, mas por enquanto vou falar aqui sobre hidratação e umectação.

umectação

Hidratação

Hidratar, na minha opinião, é a parte mais fácil de aprender. Porque a gente parte da seguinte lógica: se nós precisamos de água para hidratar nosso corpo, o cabelo também precisará de hidratação com maior frequência. Sendo assim, a hidratação é a etapa que você sempre poderá fazer nos fios sem medo algum! 

Hidratação é quando repomos água do nosso cabelo; e assim como nosso corpo, ele precisa de hidratação contínua. Me colocando como exemplo, sempre que lavo o cabelo, faço pausa entre o shampoo e o condicionador para hidratar. Não tem um dia em que eu lave e pule esta etapa. 

Quando sabemos que o cabelo precisa de hidratação?

Um cabelo desidratado fica opaco e ressecado, se olhar no espelho e perceber os fios sem brilho, com um toque áspero.

Quais ingredientes devo procurar?

Procure por produtos que tenham em sua composição: glicerina, pantenol, extratos de frutas, algas, plantas e leite. Ler as embalagens é algo chato no início, mas com o tempo você se acostuma e até se vê fazendo isso quando não precisa! hahaha

A linha Neutro possui proteínas do leite e é excelente para hidratação. Outra sugestão é a linha Jaborandi que, além de hidratar age diminuindo a queda dos fios.

umectação

Umectação

Umectação, para ser bem simples e direta, é colocar óleo nos fios. Sim, fazer um banho de óleo e esperar um tempo antes de tirar. Você pode fazer umectação noturna (passa óleo antes de dormir e lava os cabelos pela manhã) ou antes de lavar o cabelo deixando agir apenas alguns minutos. 

Se você está se perguntando em qual etapa do cronograma capilar a umectação se encaixa, eu lhe digo que é na nutrição. Nutrir é alimentar o fio, dar comida. E no caso a “comida” para o nosso cabelo é óleo, lipídio, gordura. Quando umectamos estamos nutrindo aquele cabelo e recuperando dos nutrientes que ele perdeu com as agressões externas. 

Quando sabemos que o cabelo precisa de umectação?

Cabelos sem vida, quebradiços e totalmente opacos, sem refletir brilho (principalmente quando a raiz não está opaca e o comprimento sim).

Quais ingredientes devo procurar?

Para umectar o ideal são óleos vegetais! Mas, podemos umectar os fios também com manteigas que são altamente gordurosas e repositoras de lipídeos. 

Óbvio que aqui eu indicaria a linha Umectante! Com óleo de coco na composição ela consegue nutrir os fios com pouco tempo de uso além de possuir uma fragrância que eu amo. Outra linha que estou usando demais e indico para esta etapa: Cachos & Crespos! Também possui óleo na fórmula e deixa deixa qualquer fio desnutrido com outro aspecto.

Agora que vocês já entenderam a diferença destas duas técnicas, é só se jogar na loja virtual da Bio Extratus e começar a cuidar dos fios com mais propriedade! =)

umaectação
 

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Você Já Ouviu Falar em Suplemento Alimentar Para Cabelo?

21.out.2019

É isso mesmo que você leu no título: já ouviu falar em suplemento alimentar para cabelo? Sei muito bem que quando você descobre isso fica se perguntando “Mas qual a necessidade? Será que faz diferença? Mas por qual motivo eu tomaria isso?” Eu te falo de maneira bem direta: a saúde do nosso fio não se deve apenas ao que colocamos nele. A saúde começa de dentro pra fora.

suplemento alimentar

Por que suplemento alimentar?

Tenho certeza que, em algum momento da sua vida, já ouviu dizer que se comer determinado alimento ele ajuda no crescimento dos fios. Na verdade uma alimentação saudável sempre ajuda na saúde do nosso cabelo. Porém, nem sempre o corpo consegue absorver todo o potencial do alimento. E é aí que entram os suplementos!

Normalmente em cápsulas, são um complexo de ativos focados em determinadas necessidades. Existem suplementos que ajudam na firmeza da pele, na oleosidade da pele, na proteção contra a radiação, e também na saúde e crescimento dos cabelos e unhas! Tudo tratando de dentro pra fora.

Qual o resultado?

É bom frisar que nada disso acontece do dia para a noite. Os tratamentos com suplementos acontecem por no mínimo três meses e as cápsulas são ingeridas diariamente (na maioria das vezes durante alguma refeição). Não é mágica, e sim um tratamento que colabora para a saúde dos fios e, consecutivamente, ajuda no crescimento.

Em geral os suplementos alimentares com este fim são bem seguros, mas é sempre bom ingerir após prescrição médica. A médica sempre levará em consideração as necessidades de cada paciente e o seu estado atual.

Eu comecei a utilizar suplementos vitamínicos em 2012 e consumo até hoje. Tem meses que faço uma pausa e depois volto a tomar. Gosto porque percebo a diferença e tudo isso sendo acompanhada pela minha dermatologista.

Lembrando que podem ser utilizados por homens e mulheres respeitando a idade de indicação médica.

Quer garantir o seu suplemento Força da Bio Extratus? Clique AQUI!

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Fronha de Cetim Funciona Mesmo?

9.set.2019

Se você tem o cabelo crespo ou cacheado, provavelmente já ouviu algo sobre usar fronha de cetim pra dormir. Mas será que ela realmente funciona? E por que é interessante usar?

fronha de cetim
(Imagem Google)

Que os cabelos crespos e cacheados necessitam de cuidados específicos nós já sabemos não é mesmo? Eu mesma falei sobre esse cuidados para cada tipo de cabelo AQUI. No blog tem diversas dicas de cuidados paras esses fios que você pode acompanhar sempre aqui.

Agora, se tratando de hábitos, tem um que é bastante comum entre crespas e cacheadas sendo amplamente compartilhado na internet: o uso de fronha de cetim. Sim! A ideia é trocar a sua fronha comum, de algodão, por uma feita de cetim.

Mas em que a fronha de cetim ajuda?

Ao deitar, o atrito do nosso cabelo com o tecido, a fricção, deixa os fios com frizz. O cetim diminui drasticamente este atrito; o cabelo desliza com maior facilidade, pode perceber!

Sendo assim, os cachos permanecem modelados por mais tempo. É uma opção maravilhosa para quem sempre reclama de finalizar os fios e acordar com eles muito amassados e com aquela nuvem de frizz. Tudo isso é amenizado apenas trocando a sua fronha de algodão por uma de cetim.

Ah! Já que eu falei em algodão, sabia que ele “suga” água do seu cabelo? SIIIIM! É só lembrar que existe um método de secar o cabelo utilizando camiseta de algodão, o plopping (conhece?). É um tecido bem absorvente que com o tempo retira sim água do cabelo. Mais um motivo pelo qual trocar a fronha pela de cetim é uma ótima pedida.

Tem outra forma de diminuir o frizz?

Se você não quer ou não pode comprar a fronha no momento é só encapar o seu travesseiro com uma camisola de cetim que você tenha! A gente consegue dar jeito em tudo; e este truque é bem fácil e sucesso.

Para finalizar, quero dizer que: TODO MUNDO PODE USAR A FRONHA DE CETIM! Ela não é exclusiva para os cabelos crespos e cacheados; todo cabelo sofre atrito na hora de dormir; todo cabelo tem frizz. Então, se deseja preservar a beleza do cabelo, se joga!

Lembrando que de nada servem esses cuidados se você não cuidar realmente deste cabelo com produtos corretos. Se eu fosse você, corria para conhecer a nova linha da Bio Extratus Cachos e Crespos (fica a dica).

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Tipos de Cabelo Cacheado e Crespo

4.set.2019

Depois do boom da transição capilar na internet, onde as mulheres largaram a química para cuidar dos fio naturais, muitas pessoas ainda possuem dúvidas sobre o seu tipo de cabelo. “Meu fio é cacheado ou crespo? Qual a diferença entre estes dois tipos de fios?”

Cá estou eu, pleníssima, para apontar as principais diferenças entre cabelos crespos e cacheados.

cacheado crespo

O brilho dos cabelos crespos e cacheados

A primeira característica que eu olho é o brilho, como este cabelo reflete a luz. O fio crespo reflete menos brilho que o fio cacheado, é um cabelo naturalmente seco e mais opaco. Já o fio cacheado tem mais brilho. E por que isso acontece? O cabelo crespo ele possui muitas curvas desde a raiz, alguns possuem até zigues-zagues; fazendo com que o óleo natural dos fios não chegue até as pontas (pra ser sincera o óleo se concentra na raiz por não conseguir percorrer todo esse caminho). No fio cacheado, pelo fato dos cachos serem mais abertos, o óleo natural consegue percorrer com mais facilidade todo este caminho. Algumas vezes não chega nas pontas e por isso muitos fios cacheados possuem as pontas ressecadas.

A raiz de cabelos crespos e cacheados

Outra característica fácil de diferenciar é a raiz. Na maioria da vezes, a raiz de um fio cacheado começa sem tanto volume, em algumas pessoas é até lisa! E depois de uns centímetros o fio começa a cachear. O cabelo crespo costuma ser igual da raiz até as pontas, isso quer dizer que a raiz já começa com volume e seus zigues-zagues.

Ah! Preciso frisar que nem sempre o fio crespo tem definição. Existem alguns níveis de curvatura para o cacho crespo, que é beeeem fechadinho; e também existe o crespo que não curva, não formando cacho. A Luciellen falou aqui sobre finalização e como o sem finalização, um efeito nuvem, por ser incrível também!

cacheado crespo

Como cuidar do crespo e do cacheado?

Olha, a principal diferença no cuidado é que o fio crespo pede maior quantidade de óleo. Lembram que no começo do post eu disse que ele não reflete a luz como os outros tipos de cabelo? Tudo isso porque o óleo não percorre toda a sua extensão. A solução para isso é: nutrir, fazer umectação, colocar óleo na máscara ou banho de creme, colocar óleo no finalizador, dar aquele toque final com óleo… Não precisa ter medo! O cabelo sempre vai nos mostrando até onde podemos ir. Conforme doamos óleo, ele suga e aí percebemos a necessidade de mais produto ou não.

Na hora de finalizar é legal procurar um produto mais fluido para os cabelos cacheados e um mais espesso para os fios crespos. Quanto mais óleo e manteiga na composição, melhor para o cabelo crespo. O fio cacheado, se finalizado com bastante óleo ficará pesado e totalmente sem volume. Com aspecto oleoso, e não é isso que queremos né?

O bonito é o volume, é valorizar a forma, e para isso prestar atenção no finalizador é essencial! Para os fios cacheados eu indico Nutri Cachos, para os crespos gosto muito do Spécialiste Resgate, e para os dois a linha Botica Cachos é maravilhosa.

tipos de fios

Nossa! Estava quase esquecendo de uma dica importantíssima! Cabelos crespos e cacheados são cheios de curvas certo? Sendo assim o óleo da raiz não desce até as pontas certo? Então, é um fio mais delicado e não precisa de uma lavagem agressiva. Passe shampoo apenas na raiz e deixe que a espuma lave comprimento e pontas. Alguns dias você pode lavar com condicionador (o famoso cowash – clique aqui para conhecer mais sobre) para não tirar em excesso o óleo que o fio já não tem hahaha. 

É isso! Agora é só identificar se seu cabelo é crespo ou cacheado e cuidar com muito amor! 

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Por que os Óleos Capilares Fazem Tanto Sucesso?

5.ago.2019

Um amor? ÓLEOS CAPILARES!

óleo capilar

Desde 2013, quando fiz meu big chop, comecei a ler mais sobre cuidados capilares. Eis que conheci os óleos e desde então nutro um amor intenso por eles! (Pegaram? Óleo nutre e eu nutro amor por eles e tals… hahaha). Por mais que o assunto óleos capilares paire nesta internê há alguns anos, muitas pessoas ainda não entendem o motivo de tanto sucesso e o porquê de inserir em sua rotina capilar.

Por que VOCÊ precisa de óleos capilares?

Acontece que estamos aqui para isso não é mesmo? Aproveito que a Bio Extratus agora conta com quatro óleos em apresentação que facilita a vida (conta gotas) e explico logo de cara que: TODOS os cabelos podem receber os benefícios do óleo. Eu sei que teve gente fazendo cara feia neste momento e pensando “MAS VOCÊ TÁ DOIDA, MARAISA?”. Não estou não! Tudo depende da necessidade do seu fio e, saiba que nem todos os óleos pesam no cabelo. Determinados óleos tem a capacidade de manter a hidratação do cabelo e isso não é necessário apenas em cabelos secos.

“Tenho cabelo oleoso, posso usar óleo?”

Sim, mas não dá pra usar na raiz. Comprimento e pontas são as partes mais afetadas por agressões externas. Sendo assim, num cabelo oleoso, o foco será este. Joana, falou bastante sobre cuidados com o cabelo oleoso aqui.

óleos capilares maraisa fidelis

*Óleo é um produto Multiuso*

Você pode passar óleo sozinho, com creme para pentear, misturar na máscara, pós escova, durante o dia… Existem mil e uma possibilidades para este item que eu tanto amo. Passo óleo todos os dias porque tenho cabelo crespo e sinto a necessidade. Ele é seco e ainda tinjo; logo, preciso de um cuidado maior e mais intensivo quando o assunto é recuperar e nutrir (com o tempo e cuidando cada vez mais, é fácil conseguir identificar a necessidade das madeixas).

Essa facilidade em inserir óleo na rotina, é outro ponto que o torna sucesso. Não existe tempo ruim e nem muita dificuldade ou trabalho. Ainda mais quando a embalagem facilita a nossa vida com conta gotas! São quatro opções num tamanho maravilhoso para colocar na bolsa e levar para todos os lugares.

*Óleos Capilares para todos os gostos e necessidades*

Quer umectar antes de lavar? Óleo de coco. Está com vontade de dar um booster no seu banho de creme? Óleo Nutritivo que mistura óleos de abacate, argan, jojoba e macadâmia. Liberado para Low e No Poo? Óleo Poderoso! Perfeito para finalizar? Óleo SIlitan. Neste post, a Nat explica direitinho sobre umectação.

Exemplifiquei algumas indicações desses óleos capilares que já garrei amor. Mas, como disse anteriormente, você pode ser livre para usar da da forma que preferir! Gosto de alternar sempre olhando o estado do meu cabelo antes. Não costumo usar o mesmo óleo em diversas lavagens seguidas. Mesmo porque aí a gente já entra em cronograma capilar, não dá para fornecer ao cabelo sempre o mesmo alimento. Tem dias que ele precisa da outra opção já que tem NECESSIDADES diferentes.

Por fim, sinto que depois de tão difundido o uso do óleo, as pessoas passaram a perceber a diferença no cabelo. Quando usamos da forma que o fio pede, o resultado é visível no mesmo instante. Me diz, tem como não amar óleos capilares?

Por gentileza, se jogando nessas quatro opções da Bio Extratus que você não se arrependerá! 

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Carregar Mais