Naturalmente Bonita

Use batom como sombra

13.jul.2018

Não, você não leu errado! Hoje vamos tirar o batom dos lábios – hehehe – e colocá-los nos olhos. Vamos usar como sombra! É muito legal dar novas funcionalidades às maquiagens que temos. Se você não tem uma cor específica de sombra, por exemplo, pode usar batom no lugar.

O segredo é usar um produto do tipo líquido matte de boa qualidade e que seque totalmente. Aí é só ir aplicando e já esfumando. Não espere secar, ok? O resultado fica incrível e de longa duração, além de um acabamento lindo. Ficou curiosa como usar? Então bora copiar esse tutorial que é fácil e mara.

.

Passo 1

Escolha um batom líquido matte de sua preferência e comece aplicando bem rente aos cílios.

.

Passo 2

Com um pincel de esfumar, com cerdas bem macias, vá esfumando devagarinho até ficar suave. Deixe chegar bem no osso do côncavo, tá?

.

Passo 3

Agora, aplique um pouquinho de batom rente aos cílios inferiores e já esfume. Não demore pra esfumar.

.

Passo 4 

Use uma sombra marrom matte e aplique no canto externo. Use movimentos circulares para esfumar. Isso deixará os olhos com maior definição e acabamento profissional.

.

Passo 5

Finalize com um delineado simples e muita máscara de cílios.

.

E está pronto!

Eu amei o resultado e você?

É supersimples essa técnica e dá muito certo. Agora coloque sua criatividade em ação e tire uma selfie bem linda!

.

Espero que gostem! Fiz com muito carinho.

Bjoca

.

Produtos usados:

Sombra Mais Vaidosa MV44

Batom Leopoldina Liz Branquela by Tblogs 

Delineador Perfect Look Luisance

Gloss Dany Coleção Fashion MiMi

Formada em gestão financeira, amante de gatos e brigadeiro. Resolveu ter um espaço onde pudesse dividir experiências.

Auto aceitação sempre foi um tabu, mas o blog a ajudou a se enxergar e hoje quer que todas se enxerguem também! Aprender a se amar independe de detalhes, é vital!

Plus Size que busca de várias maneiras estar antenada na moda, e quer mostrar que todas podem! Moda é para todas! Busca mostrar a maquiagem como algo simples e que todo dia você pode ser quem quiser.

Daiana Krebs

Formada em gestão financeira, amante de gatos e brigadeiro. Resolveu ter um espaço onde pudesse dividir experiências. Auto aceitação sempre foi um tabu, mas o blog a ajudou ...

Bio Extratus linha Botica Henna para cabelos escuros

9.jul.2018

Cabelo escuro é cabelo que brilha, não é verdade? Se o seu ainda não brilha, preciso te apresentar a linha Botica Henna – Cabelos Escuros – da Bio Extratus.

A linha Botica Henna foi desenvolvida para dar força, hidratação e brilho aos cabelos de tons escuros. Essa linha é repleta de cuidados especiais para os nossos cabelos, além de ser livre corantes, petroquímicos, parabenos e sem adição de sal. A fragrância é leve e gostosa, com cheirinho natural, o que me agrada demais!

Como princípios ativos nós encontramos:

Henna: dá brilho intenso aos cabelos escuros. Confere corpo, penteabilidade e fortalece os fios.

Oliva: promove hidratação profunda, oferecendo nutrição e proteção, de forma natural e eficaz.

Bambu: fonte poderosa de mucilagens, sais minerais, polímeros celulósicos e aminoácidos. Restaura o cabelo, melhora a textura e reduz o volume.

Pró-vitaminas B5: atua diretamente no couro cabeludo e nas fibras capilares. Auxilia na retenção de umidade, evitando pontas bipartidas. Ajuda a reparar os danos causados por tratamentos químicos e agressões externas.

O shampoo é transparente e faz uma espuma densa e gostosa no cabelo. Não resseca em nada e dá aquela sensação deliciosa de limpeza.

O Condicionador é branco e hidrata e ajuda a desembaraçar demais os fios. Já sentimos na hora que hidrata na medida certa!

 

Essa linha também tem a máscara de hidratação, mas ainda não tive a oportunidade de usar. Não tenho dúvidas que também deve ser ótima!

O meu queridinho da linha é o finalizador. Além dos ativos, que já vimos que são perfeitos para nossos cabelos escuros, ainda contém filtro solar e termoproteção! Esse finalizador não pesa em nada nos cabelos e dá aquele movimento bonito que nós amamos. E que brilho! Sou apaixonada por ele.

Agora os meus cabelos finos e escuros estão ainda mais fortes, brilhantes e protegidos. Amei!

.

Já experimentou essa linha? Me conta tudo!

Beijão

Andreza Goulart é de Itajubá, MG , tem 36 anos, casada, mãe de um menino de 1 ano e 9 meses chamado Leonardo e da gata Amora. Começou a falar sobre beleza há quase 10 anos, no YouTube e também no seu blog por estar passando uma fase difícil que foi a perda de sua mãe. Falar sobre um assunto que gosta a fez uma pessoa mais leve e feliz e a melhor maneira era de incentivar a pessoas a se sentirem mais bonitas também.

Desde então vem falando sobre beleza e não consegue mais parar. Que caminho maravilhoso que escolheu, não é mesmo?

Andreza Goulart

Andreza Goulart é de Itajubá, MG , tem 36 anos, casada, mãe de um menino de 1 ano e 9 meses chamado Leonardo e da gata Amora. Começou a falar sobre beleza há quase 10 anos, no  posts de Andreza

Naturalmente bonita no Dia da Mulher!

7.mar.2018

Com a aproximação do Dia Internacional da Mulher, eu me vi pensando no quão desafiador é ser mulher, para mim. Não posso falar em nome de outras pessoas, mas eu fui criada sob pressões distintas. Forças opostas me levavam a uma série de pensamentos, na maior parte das vezes, paradoxais. Eu precisava ser magra, pois as pessoas só namoravam e casavam com pessoas magras. Eu precisava ser bonita, afinal era praticamente uma obrigação moral e ética. Mas eu também precisava falar línguas, estudar, tirar boas notas no colégio, passar no vestibular, ingressar numa boa faculdade, arrumar um bom trabalho e não depender de homem nenhum (nem de marido, nem de pai). Eu precisava ser bem-sucedida, eu deveria criar uma família, não ter babá, ser boa filha e despontar na carreira, além do óbvio: ser bonita enquanto fazia tudo isso.

Nossa, quanta pressão!

Me dei conta de que eu fui criada para ser uma SUPERMULHER e acho que no meio disso fui me tornando uma SUPERBAGUNÇA.

O que eu não sabia era que eu não estava sozinha. Todas as mulheres, das mais perfeitas às imperfeitas – aos meus olhos – têm suas inseguranças, mas como somos condicionadas a não expor nossas fragilidades, muitas vezes não sabemos que sofremos todas dos mesmos pensamentos venenosos.

Não é à toa que eu vejo tanta mulher em quadro de ansiedade ao meu redor. Fomos criadas para buscar patamares inatingíveis em tudo, da beleza ao intelecto. Quanta pressão para ser uma mulher no mundo em que eu acreditava existir: magra, cabelo bem cuidado, unha feita, bom namorado, ir bem no trabalho, dividir a conta, não depender, estudar, fazer pós, ser promovida, casar, ser mãe, criar seu filho com sabedoria, levar no colégio, visitar os pais, viajar nas férias, ensinar a comer bem, não deixar assistir porcaria, ser bonita, cuidar do marido, ir pro trabalho e viver repetidamente funções acumuladas.

E quando eu teria tempo de ser eu? Quando poderia me conectar comigo e descobrir do que eu gosto? Enquanto essa pressão era uma verdade, eu me pegava ali: gostando do que me educaram para gostar, pensando o que eu considerava ser o socialmente aceito e fazendo qualquer sacrifício para alcançar esse padrão de beleza tantas vezes inatingível. Eu fiquei doente, muitas outras ainda ficam e poucas de nós conversamos sobre isso.

Com o avanço do feminismo começamos as desconstruções e, aos poucos, bem aos poucos mesmo, foi possível começar a falar daquilo que nos aprisionava. De cara ficou claro que muitas compartilhávamos das mesmas vulnerabilidades, da mesma sensação de pressão.

Alisa o cabelo daqui, faz dieta restritiva dali, coloca unha postiça, contorna o rosto, afina o nariz, exagera na maquiagem e busca parecer tão bonita quanto aquela menina que ainda passa 10 filtros de aplicativo antes de postar a foto. Faz tudo isso, malha de novo, não atrasa no trabalho, junta dinheiro, viaja e volta, tudo sem perder o emprego, tudo tendo de ser inteligente.

De novo, quanta pressão.

Aos poucos percebi que, para a sociedade na qual eu fui criada, ser bonita é mesmo importante. Não posso ser hipócrita e dizer que não me preocupo com isso, que não me preocupo com meu corpo, meu cabelo ou com o reflexo como um todo no espelho. Entretanto, eu não preciso atender ao padrão nos moldes impostos por essa sociedade adoecida, me contento com a beleza que hoje vejo por meio dos meus olhos menos rígidos, um pouco mais flexíveis.

Eu mudei, passei a cuidar de mim de forma diferente, a ver beleza onde antes não enxergava e busquei um novo olhar sobre tudo na minha vida, um ponto de vista amoroso e acolhedor. Entendi que posso estar produzida e poderosa em um dia, da mesma forma que livre e simples em outro. O cabelo poderia ser bonito secando ao vento ou modelado na escova, da mesma forma que preso em um penteado ou naturalmente solto. Claro que ele também pode ter um dia ruim e não ficar bonito de jeito nenhum, tá tudo bem. O importante é que isso não muda nada, tampouco me define. Ser mulher é muito além disso.

Adoro me sentir poderosa, afinal quem não gosta? Adoro ter um tempo para cuidar de mim, da minha pele, do meu cabelo e da minha maquiagem, mas nesse Dia Internacional da Mulher queria reiterar que não precisamos ser perfeitas. Pode ser divertido cuidar da beleza, mas não devemos transformar isso em novas prisões. Muitas vezes condicionamos a nossa felicidade a estar bonita de um jeito padronizado e esquecemos que existem os mais variados conceitos de belo. No fim, mais importante do que a estética é lembrar que a beleza é uma espécie de estado de espírito, uma energia que agente emana. Um borogodó que vem de dentro.

 

Pare e reflita. Passe um tempo com você. Olhe para dentro e você vai descobrir a mulher que você realmente quer ser, não a que esperam de você.

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de relacionamento, comportamento e autoestima e busca se enxergar cada vez mais com um olhar mais amoroso e acolhedor. Sua bandeira? Incentivar uma busca pelo amor próprio.

Joana Cannabrava

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalment...

Verão livre de padrões de beleza

10.jan.2018

Entre as perguntas que mais recebo em minhas redes sociais estão aquelas sobre fatores que afetam a autoestima nesta época do ano. Como curtir o verão estando acima do peso? Como se jogar na praia sem make nenhuma? Como tirar férias do secador e da chapinha em dias de calor intenso? Pois bem, desde que comecei a pesquisar mais a fundo sobre autoestima feminina, especialmente na geração Instagram, me vi desafiada a enfrentar o verão de uma forma mais leve. Aliás, não só o verão, a vida toda.

Muitas vezes, nós relacionamos a nossa autoestima com o que as outras pessoas pensam da gente. Deixamos de usar certas peças de roupa por medo do que vão achar. Ficamos griladas quando saímos sem maquiagem, paranóicas achando que tá todo mundo olhando para aquela espinhazinha no nosso queixo. Nos tornamos reféns de acessórios de cabelo, pois vai que não me aceitam com meus fios naturais. Comecei a me questionar sobre quantas coisas eu estava a fim de fazer e deixava de lado por medo do que a sociedade me impõe.

Claro que não posso me julgar por isso, nem devemos nos martirizar por ter nos privado, durante um tempo, de ser quem somos de verdade. Vivemos em uma sociedade que possui padrões estampados na nossa cara o tempo inteiro. Revistas, TV, jornais e redes sociais se tornaram os maiores veículos da “vida perfeita”, que nem sempre temos acesso. Vemos cabelos sedosos impecáveis, maquiagens “naturalmente” bonitas, roupas que caem perfeitamente no tipo de corpo considerado ideal. Custamos a ver alguma representatividade de mulheres reais, com corpo real, rosto real, cabelo real, enfim. Somos bombardeadas o tempo inteiro por esse tipo de padrão e acabamos vulneráveis à queda da autoestima por meio da comparação.

Pois bem, queria propor a você um verão diferente, livre desses padrões de beleza que nos é imposto sempre. Podemos começar com um exercício de amor próprio, fazendo as pazes com o espelho refletindo a imagem do que realmente somos e usando os artifícios de moda e beleza como apenas um complemento para nos sentirmos ainda mais bonitas. Vamos sair nas ruas vestindo quem realmente somos, nossa personalidade e o que nos representa. Pois não é mudando que a gente se ama. É se amando que a gente muda. Bora entrar nesse projeto verão? Assim, todos vão notar uma versão de você muito mais feliz e renovada neste 2018!

 

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, resenhas com opiniões reais sobre produtos acessíveis e conteúdo sobre autoestima e feminismo. Ana sabe que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo, deixando sua marca em cada peça e independente do tipo de corpo. Hoje trabalha com consultoria de moda e imagem, marketing digital e com produção de conteúdo em seu blog Cinderela de Mentira.

Ana Luiza Palhares

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, rese...

Meus favoritos da Bio Extratus

29.set.2017

Definir quais são os meus produtos favoritos da Bio Extratus foi a tarefa mais difícil que executei nos últimos tempos. Eu conheço a marca há anos. Sempre tive uma relação familiar com ela, por crescer vendo minha mãe usar o creme Silicone com Tutano em seus cachos. Hoje posso dizer que conheço a maior parte das linhas disponíveis e adoro brincar com os efeitos delas em meus fios. Por isso, fiz uma seleção de produtos que eu não vivo sem, meus favoritos do coração.

Minha linha de cabelos favorita da Bio Extratus é a Detox. Ela foi lançada em 2015 e, desde então, se tornou uma querida na minha rotina de cuidados com meus fios. O produto mais inusitado do kit é o Peeling Pré-Shampoo, que funciona como um esfoliante para o couro cabeludo, limpando profundamente sem agredir ou machucar. Eu adoro passar esse produto, uso pelo menos 1 vez por semana. Até em viagens costumo levar essa linha na versão menor, de 100ml, para não perder o ritmo.

Outra linha que ganhou meu coração foi a Força com Pimenta, que fez meu cabelo crescer o dobro do tamanho que cresceria normalmente. Dou um superdestaque para a Loção Estimulante, que aplico no couro cabeludo para ativar a circulação e acelerar o crescimento capilar. O que mais me surpreendeu foi que ela não pesa no cabelo. Dá para usar e sair por aí normalmente, sem medo de ser feliz.

Eu sempre finalizo meu cabelo de duas formas diferentes: uma quando ele está seco e outra quando está molhado. Nessa última opção, sempre opto por finalizadores em creme. Meu favorito dos últimos tempos vem sendo o Creme Silicone com Tutano, que oferece brilho e maciez para meus cabelos. Sinto que estou protegendo os fios quando uso esse creme. Amo o resultado a curto e longo prazo. Com cabelos secos, sempre opto pelo Óleo Argan e Cártamo. Ele combina propriedades naturais que deixam meus fios mais sedosos e leves, resultado que adoro. Valorizo muito esses produtos que protegem e dão brilho ao mesmo tempo.

Quando preciso de uma hidratação rápida, opto sempre pelas ampolas de tratamento que a marca oferece. Minhas favoritas são a BB Chilli, que trata e fortalece o fio, e a Resgate, que repõe a massa capilar. As escovas Michel Mercier salvaram minha vida e acabaram com a quebra do cabelo. Sempre tive dificuldade de desembaraçar sem quebrar os meus fios. A versão Pocket não sai da minha bolsa de academia e tem lugar especial no meu coração.

Para o corpo, a linha Lavanda me surpreendeu à primeira vista. Sempre uso os 4 produtos em meu dia a dia. Durante o banho, uso sempre o sabonete líquido para relaxar e suavizar minha pele. O esfoliante também é excelente para remover as células mortas e deixar a pele lisinha. O creme hidratante corporal eu aplico nas pernas logo que saio do banho. Em seguida, uso a manteiga corporal nas áreas mais ressecadas, como cotovelos e calcanhares. A sensação é única.

Ah! E não tem como terminar esse post sem falar do Propomel. Essa pomada de própolis e mel salva a minha vida. Eu tenho alergia a picadas de insetos, especialmente pernilongos. Sempre que surge alguma em minha pele, corro para aplicar Propomel em cima. Ela cicatriza e deixa o local protegido. Também gosto de usá-la para hidratar os lábios, tratar a aspereza de áreas mais ressecadas e cicatrizar espinhas.

E aí, gostaram da minha seleção de produtos favoritos da Bio Extratus?

Quais são os seus? Me contem abaixo, nos comentários!

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, resenhas com opiniões reais sobre produtos acessíveis e conteúdo sobre autoestima e feminismo. Ana sabe que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo, deixando sua marca em cada peça e independente do tipo de corpo. Hoje trabalha com consultoria de moda e imagem, marketing digital e com produção de conteúdo em seu blog Cinderela de Mentira.

Ana Luiza Palhares

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, rese...

Carregar Mais