Naturalmente Bonita

Moda: Tá diferente ou tá padrão?

10.out.2018

Depois de trabalhar com moda há tanto tempo, é fácil a gente olhar pra trás e ficar abismada – ou horrorizada! – com muitas coisas erradas, ostensivas e totalmente preconceituosas que aconteciam nesse mundinho fashion que pode ser tão pequenininho… Pequenininho, eu digo, de mentalidade, sabe? Mas, ó, só pra esclarecer, sem generalizações, tá? Porque quando a gente generalizada sempre dá errado e existem, sim, milhares de coisas boas na moda hoje em dia.

É claro que não vou ser falsa e dizer que tudo está bem e perfeito. Eu sei que ainda há muito por fazer e melhorar nessa área, mas também não posso deixar de enxergar as mudanças positivas que foram conquistadas.

moda

.

Sim, conquistadas, porque foi preciso luta, discussão e até lei para ampliar a representativa de modelos negros nos desfiles, por exemplo, e acho triste demais ter de existir uma lei assim e de precisar criá-la para exigir um percentual de participação negra nas passarelas.

moda

Anok Yai, segunda modelo negra (a primeira foi Naomi Campbell, em 1997), a abrir um desfile da Prada, depois de mais de 20 anos

.

Bom, mas nesse texto aqui, não quero apontar o dedo ainda mais para o que está errado e o que precisa de mudança agora, já. Eu quero conversar, fazer você puxar uma cadeira e bater um papo comigo sobre como as mudanças, que são poucas, mas são boas. Como é legal ver cada vez mais pessoas promovendo o respeito, se aceitando e se amando, mesmo que, pra alguns, isso ainda possa parecer ser “diferente”, fora do padrão, como assim?

Peraí, parêntesis aqui: acho que não vale mais a pena a gente pensar que existe “o ser diferente”, gente! O ser humano não é padronizado, não é tudo igual. Pelo contrário, é individual e é lindo em suas diferenças. O que deve, de fato, ser igual, pra promover mesmo igualdade, é o respeito, os direitos, a inclusão das diferenças, a individualidade, a compaixão pelo próximo e, até, as obrigações. Claro!

Mas voltando à moda, posso dizer que dá gosto de ver o quanto já foi feito pra mudar, pra representar, pra incluir e pra respeitar. Como assim?

Acho lindo de ver, e mais do que necessário, pessoas negras nas capas de revistas, nos anúncios da TV, no enredo principal da novela; adoro assistir a um desfile onde há espaço para a participação de modelos de várias idades – não só as novinhas! – acho lindo ver a modelo Paola Antonini brilhando na passarela. Também acho lindo e inesquecível o desfile somente com modelos transgênero de Ronaldo Fraga, que deu voz a pessoas, muitas vezes, deixadas de lado!

moda

Desfile de Ronaldo Fraga – SPFW N42

.

Também adoro ver as modelos curvy arrasando em cada passo nos desfiles, e, ó, como é lindo seu gingado. Gosto também de perceber que existem poucas, pouquíssimas mesmo, marcas que ainda usam peles de animais em suas coleções ou que não se preocupam com o impacto ambiental. Também fico feliz demais de ver a preocupação com o reúso de fibras de tecido (que antes iriam para o lixo, poluindo ainda mais o meio ambiente), sendo transformadas em novas e lindíssimas roupas.

moda

Desfile primavera/verão 2019 da Renner

moda

.

Ah, e gosto demais de ver marcas e empresas que respeitam o ser humano, que não admitem a participação de trabalho escravo em sua cadeia produtiva e que, cada vez mais, valorizam seus trabalhadores.

moda

Imagem da BBC

.

Mas como esse texto não é um livro, é claro que só citei alguns exemplos.

Sei que ainda tem muito a ser feito e que pode/deve ser feito, mas ai, como é bom ver a beleza dessas conquistas tão importantes para a igualdade e a representatividade. E que venham mais mudanças boas e positivas nesse nosso mundão, gente! Por aqui, eu tô sempre na torcida! E por aí?

Por Mirian Barranco Herrera (www.oavessodamoda.com)

Fonte das imagens: divulgação, Renner, BBC, Accessible Fashion Technology

Mirian Herrera

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como p...

Tendência 2019: corte de cabelo!

8.out.2018

E aí, meu amores. Tudo bem?? Estou muito feliz em estar escrevendo sobre esse assunto que, pra mim é tão polêmico: corte de cabelo! Para quem não sabe, eu sou a louca do cabelo grande, morro de dó até de cortar as pontinhas rs…

Minha dica é sempre consultar um profissional, é certo que alguns cortes são mais fáceis que outros, mas ainda assim é importante contar com a ajuda de quem realmente entende. Isso ajuda a evitar frustrações na hora de escolher qual dos cortes de cabelo feminino 2019 você vai usar. Não é mesmo? Rsrs

Você sabia que muitas das vezes o cabelo curto significa saúde para os fios? Cortar faz bem. O uso frequente de secador, chapinha, produtos químicos e até mesmo a poluição do ar, são influenciadores diretos do mal estar no nosso cabelo, por isso, as pontinhas ficam todas ressecadas e com um aspecto feio. Em algumas situações a melhor solução mesmo é optar por um bom corte de cabelo.

Abaixo vemos uma opção de curto pixie cut lindíssimo:

corte cabelo corte cabelo

.

Também temos em alta o curto long bom:

corte cabelo

.

Vemos então uma opção de longo em camadas:

corte cabelo

.

Agora, uma opção de longo reto:

corte cabelo

.

Opção de médio:

corte cabelo

.

Opção de cacheados:

corte cabelo

.

E aí, vamos mudar??

Qual foi a opção preferida de vocês???

Tem cabelos finos? Confira as sugestões da Andreza Goulart, aqui.

Um beijoooo da Nat 🙂

Nat Lustosa

Nathalia, 23 anos, é advogada, mas sua paixão é o mundo da beleza – especialmente cabelo e maquiagem. Dedica seu tempo a produzir conteúdo simples e acessível, buscando ajudar as pessoas a se s...

Mas afinal, o que é Big Chop?

5.out.2018

Recentemente teve post no insta da Bio (@bioextratus) falando sobre o tão temido Big Chop. Primeiro vale uma rápida explicação do que se trata: Big Chop é o momento do “Grande Corte”, onde a pessoa decide tirar toda a química dos fios passando a tesoura; e assim, deixar o cabelo crescer naturalmente. Isto posto, por que ele é tão temido? Qual o problema de cortar o cabelo? Ah… a história é longa!

Retirar toda a química que altera a estrutura do fio – alisamento, relaxamento, permanente, progressiva…- implica, na maioria das vezes, deixar o cabelo muito curto ou mesmo ficar sem! Sim, raspar! E para uma mulher decidir fazer isso é porque ela já cansou de tentar se encaixar num molde que não lhe serve. Crescemos ouvindo de todos os lados que mulher deve deixar os fios longos, que é mais bonita com cabelo comprido, que liso é o melhor cabelo e por aí vai. Então, uma crespa ou cacheada tenta a qualquer custo entrar no padrão para ser aceita. Envolve emocional, envolve história, envolve memórias. Eu passei por isso precisamente em 30 de setembro de 2013.

.

Big Chop 1 _ Maraisa

Estava sentada na cadeira do salão e cortei. No momento eu olhava fixamente para o meu celular e não quis pensar em mais nada. Estava há quatro meses sem relaxar, deixando crescer e cortando aos poucos. Mas não sei o que me deu neste belo dia de primavera que resolvi cortar. Estava sozinha. Quando cheguei em casa desabei! Me senti feia, me senti menos mulher, me senti sem um pedaço.

Não, não é apenas um cabelo. É tooooda uma vida tentando se adequar, e é o momento que você passará a conhecer seu cabelo DE VERDADE. Como o meu fio se comporta? Como ele é? Quais produtos eu usarei para cuidar? Eu não sabia nada disso até os 24 anos de idade.

Hoje, cinco anos depois, tenho outra relação com o meu crespo! Amo como ele é e me permito cortar quando bate vontade e tingir da cor que surge na mente. O melhor de tudo? Não preciso mais me preocupar com produtos. Se lá atrás não víamos em lugar algum cremes específicos para crespos e cacheados, hoje são diversas opções! Botica Cachos, Nutri Cachos e também a linha Força com Pimenta, que ajuda no crescimento dos fios.

Pode passar pelo Big Chop sem medo que depois é só alegria. Cuidado não vai faltar para celebrar essa natureza.

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Se Joga no Pink! #OutubroRosa

3.out.2018

Amiga, gosta de Pink? Então prepare-se que esta cor virou sensação nas maquiagens e você ainda apoia a campanha Outubro Rosa. Os tons quentes, vermelhos e rosas, chegaram com muita força. Dá para abusar nos olhos e nos lábios também.

Aproveitando que estamos em Outubro, vale lembrar sobre a importância da Luta Contra o Câncer de Mama com a campanha Outubro Rosa. O autoexame e consultas regulares ao ginecologista são importantíssimas. Não deixe de tirar suas dúvidas e manter os exames em dia, se descoberto no início, as chances de cura aumentam bastante.

Vamos fazer uma make lindíssima e muito usável em tons de rosa.

Estou usando demais e aposto que você vai amar o resultado. Utilizaremos a técnica Ponto de Luz que fica um charme.

Se liga nos detalhes:

Passo 1

Utilize uma sombra rosa matte e marque o cantinho interno e externo. Deixe o centro da pálpebra livre sem aplicar sombra, tá? Depois esfume as bordinhas.

make pink outubro rosa

.

Passo 2

Com um pincel de esfumar menor vá aplicando aos poucos, para dar profundidade, um tom de bordo ou pink bem escuro. Esfume com delicadeza.

make pink outubro rosa

.

Passo 3

Usando uma esponjinha ou até com o dedinho aplique corretivo no centro da pálpebra onde ficou sem sombra. Vá aplicando e esfumando para não ficar marcado.

make pink outubro rosa

.

Passo 4

Em cima do corretivo passado antes aplique uma sombra cintilante rosinha.

make pink outubro rosa

.

Passo 5

Após deixar tudo esfumado e lindo finalize com um super delineado gatinho.

make pink outubro rosa

.

make pink outubro rosa make pink outubro rosa make pink outubro rosa

Olha, essa make ficou maravilhosa e de arrancar suspiros.

Vale muito à pena você fazer aí, viu? Pode trocar os tons se quiser.

Aproveite este momento beauty e lembre-se que estar com os seus exames em dia é fundamental, tá? Se cuide! #OutubroRosa

Espero que gostem!

Bjoca

.

Produtos Usados

Paleta Be Fabulous Ruby Rose

Corretivo Mais Vaidosa

Delineador Quem disse Berenice?

Batom Please Me Mac

Daiana Krebs

Formada em gestão financeira, amante de gatos e brigadeiro. Resolveu ter um espaço onde pudesse dividir experiências. Auto aceitação sempre foi um tabu, mas o blog a ajudou ...

5 sugestões de cortes para quem tem cabelos finos

1.out.2018

Olá, se você ainda não me conhece, sou a Andreza Goulart e um dos meus dramas é o meu cabelo fino.

Ele tem textura bem delicada e estou sempre em busca de conseguir cortes que o deixem mais moderno e bonito.

Por um grande período, eu recorri ao megahair, extensões para ter um cabelo longo e principalmente mais cheio.

Porém, decidi ficar agora por um tempo com meu cabelo natural (mas pode ser que amanhã eu mude de ideia e apareça de megahair novamente). E, como estou na busca de cortes modernos e estilosos, decidi vir aqui compartilhar os meus favoritos!

Claro, eu poderia deixar meu cabelo fino como está, mas sabe quando tá faltando um “ziriguidum”? É ISSO!

.

Long bob com cachos

corte cabelo fino long bob

Esse corte é um dos meus favoritos, pois tem a parte da frente ligeiramente mais longa que a parte de trás e, com babyliss ou cachos, ganha volume e modernidade. Lindo, né?

Ah, também fica ótimo para quem usa franja, como eu, no caso. <3

.

Corte desfiado

corte cabelo fino desfiado

O corte desfiado também é uma ótima opção, pois dá volume, leveza e fica ótimo, pois o movimento traz modernidade ao visual.

.

Corte assimétrico

corte assimétrico cabelo fino

Esse corte para mim traz o PODER total ao visual. Não tem como, ao olhar para uma pessoa, mesmo desconhecida, não pensar: UAU, que estilosa!

Sabe quando a imagem já fala por si só? Esse cabelo já fala sozinho e é uma ótima para mulheres modernas e de atitude, que já querem chegar chegando!

.

O franjão

corte cabelo fino franja

A moda da franja vai, a moda da franja volta, mas a ela sempre dá a impressão de mais volume de cabelo. Eu, que uso franja, posso garantir que tem dias que tenho um pouco de preguiça de modelar com secador e aí jogo ela para o lado. Quem usa franja precisa de um secador para deixar os fios alinhados e mais arrumadinhos. Mas vamos combinar, né? Franja merece um respeito e combina com cortes desde os mais curtinhos até os médios. Franja é vida!

.

O corte chanel

cabelo chanel corte

Esse é um clássico que não pode ser ignorado. Eu mesma já tive um chanel que usava bem lisinho e me sentia o máximo. Também é um ótimo corte para quem tem cabelo fino e quer passar esse ar glamouroso. Olha isso!

.

Você também tem cabelos finos? Me conta aí qual o corte que mais te agradou ou que você já usa.

Ainda estou aqui na dúvida mas, se eu cortar, eu conto aqui para vocês.

Beijão!

Andreza Goulart

Andreza Goulart é de Itajubá, MG , tem 36 anos, casada, mãe de um menino de 1 ano e 9 meses chamado Leonardo e da gata Amora. Começou a falar sobre beleza há quase 10 anos, no  posts de Andreza

Carregar Mais