Naturalmente Bonita

Topa um desafio de praticar a sustentabilidade?

24.set.2018

Oiiiii, tutopom?!

Vamos falar sobre SUSTENTABILIDADE?

Sabe que eu estava pensando esses dias que virou tão normal essa palavra no nosso dia a dia, mas será mesmo que ela é uma verdade em nossas vidas? Confesso que fiz uma “autoanálise” e percebi que ainda posso melhorar e MUITO! Começando pelas pequenas atitudes. Uma delas foi levar ecobag no mercado. Passei a levar depois que participei da gravação da Websérie da Bio Extratus que debatemos sobre sustentabilidade, e na gravação fui desafiada a ter mais consciência com o nosso planeta. E a partir de então decidi ir muito feliz para o mercado com minha Ecobag! Entendi que ela é muito mais do que uma sacola, ela representa um planeta mais digno!

sustentabilidade ecobag

.

Sabe por que? Porque o nosso planeta está sufocado por bilhões de toneladas de plásticos.

sustentabilidade ecobag

.

Um resuminho pra você entender o tamanho desse impacto: a maioria desse lixo vai parar nos oceanos. O que acontece? Os peixes acabam se alimentando de plástico. Alguns morrem e outros, a gente ingere. Isso mesmo, nós humanos também podemos acabar ingerindo micropartículas de plástico que podem causar danos a nossa saúde. Isso é só pra você ter uma noção do perigo. Outro fator agravante é o tempo de decomposição: uma sacola de plástico pode levar de 100 a 400 anos para se decompor na natureza. Então, faz as contas de quantas sacolas você
utiliza quando vai no mercado. A conta no ano fica grande demais!

sustentabilidade ecobag

.

É por isso que te dou 3 razões para você parar de usar sacolinhas plásticas e levar já a sua ecobag para o mercado.

.

sustentabilidade ecobag

1. Nessa ecobag verde da foto que estou usando, você consegue colocar itens de, no mínimo, umas 4 sacolinhas de mercado. Ou seja, será muito mais prático para você carregar. Se mora em prédio então, superfácil levar no elevador ou subir as escadas.

2. Levando a sua ecobag no mercado, você estará espalhando a mensagem e mostrando através da sua atitude que você se importa com o nosso planeta e mais pessoas serão influenciadas.

3. E ela é multiuso, além do mercado, ela pode ir com você na praia, no picnic, no clube, enfim, ser sua companheira!

E aí, aceita o desafio?

Acredito muito que a mudança no coletivo deve começar individualmente!

Continuo revendo atitudes que posso melhorar. E você, qual atitude pode mudar?

Poste uma foto sua nas redes sociais com a hashtag #EcobagBioExtratus pra gente juntos espalharmos essa mensagem!

Bjokas da Japa e até a próxima :*

Érika Okazaki é Jornalista especializada em Design de Moda, Consultora de Imagem formada pelo IRCNY – Image Resource Center of New York. Abriu a própria fábrica de confecções aos 17 anos e adora empreender. Desde 2009 atua na área de comunicação com o Programa Na Moda, que já passou pela TV Bandeirantes PR, Record PR e Record News Internacional – Europa e África. Érika também é professora da Pós Graduação, palestrante e ministra Workshops de Moda e Imagem.

Érika Okazaki

Érika Okazaki é Jornalista especializada em Design de Moda, Consultora de Imagem formada pelo IRCNY – Image Resource Center of New York. Abriu a própria fábrica de confecções aos 17 anos...

Como praticar a sustentabilidade no dia a dia?

20.set.2018

Toda vez que pensava sobre sustentabilidade, eu tinha uma imagem meio distorcida do assunto e jurava que eu não era uma pessoa sustentável. Na verdade, não era mesmo. Quando morava no Brasil, o máximo que eu me preocupava era em não tomar banhos demorados e não deixar as luzes acesas. E só.

Quando vim morar em NY, muita coisa mudou, inclusive minhas atitudes sustentáveis. E sabem quando eu fui me dar conta disso? Quando gravei este vídeo aqui:

.

Quem conhece a Bio Extratus sabe dos seus valores e sabe que um dos pilares da marca é justamente a sustentabilidade. Então, não poderíamos começar a websérie de outra forma senão falando sobre isso (se quiser acompanhar os outros episódios, clique aqui!).

Enquanto conversava com as meninas, eu fui me dando conta da quantidade de atitudes sustentáveis que passei a ter depois que me mudei. Queria dizer que foi por livre e espontânea vontade, mas a verdade é que morar em uma cidade que se preocupa com isso (NY é considerada a cidade mais sustentável de todo os EUA) faz você mudar seus hábitos. Mas muitas dessas atitudes que eu passei a ter por influência do meu meio podem ser aplicadas em qualquer lugar. Por exemplo:

Tenha sempre uma ecobag com você

Elas são ótimas não só para reduzir a quantidade de sacolas de plástico, mas também para ajudar a levar as compras pesadas. Eu tenho umas maiores que levo quando faço compras e tenho outras mais fáceis de dobrar e que uso em bolsas menores do dia a dia. Escolha uma com alças maiores que permitam que você leve a parte mais difícil no ombro e você nunca mais vai querer sacolas de plástico.

Evite impressões

Aqui a onda paperless (sem papel) é grande e muitos lugares te dão a opção de mandar tudo para o seu e-mail ou mensagem no celular. Isso vale desde ingressos para eventos a notas fiscais. O que eu acho que, além de ser bom para o meio ambiente, é bom para mim, que mantenho o que preciso no meu e-mail, sem correr o risco de perder. Se der para fazer tudo online, escolha essa opção!

Doe ou venda suas roupas

Acho que esse é um dos itens mais fáceis de seguir. Procure lugares que aceitem doações ou então faça um bazar com as amigas. Venda suas peças em algum brechó ou até mesmo online.

Compre em brechó ou bazares

Falando em brechó, esqueça a ideia de comprar peças vintage ou antigas cheirando a mofo (eu admito que tinha essa ideia). Existem vários com peças atuais e super bem-conservadas. É uma ótima forma de fazer a moda girar e ainda por cima gastando menos.

Informe-se sobre a coleta seletiva

Veja no seu prédio ou na sua cidade como é realizada a coletiva seletiva. Aqui, separar o lixo para reciclagem é obrigatório, e quem não faz isso é multado. No Brasil não existe multa, mas existem meios de fazer a coleta seletiva. Infelizmente nem sempre é bem divulgado, por isso vale saber como ela é feita na sua cidade e bairro.

Opte por meios de transporte públicos

Acho que essa foi a maior mudança que aconteceu na minha vida. Se, antes de vir para cá, eu usava o carro para basicamente tudo, aqui ter carro não é uma opção. O transito é caótico, os estacionamentos são caríssimos e temos muitas opções de transporte público eficientes, além de andarmos muito a pé também. Sei que nem todas as cidades contam com essas facilidades, mas acredito que qualquer oportunidade de deixar o carro na garagem já vale.

E aí? Quais são as suas atitudes sustentáveis? Vamos colocar a sustentabilidade em prática!

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre procurando um equilíbrio saudável entre a vida de mãe e de mulher.

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, ...

Sustentabilidade: o que tenho feito para melhorar?

6.set.2018

sustentabilidade

Oi, meus amores! Tudo bem? Em julho eu tive o prazer de ir para Alvinópolis, cidade de Minas Gerais, onde fica a fábrica da Bio Extratus, com as embaixadoras da marca. E lá, fotografamos a campanha #Amesuanatureza e gravamos vários episódios da nossa websérie!

No primeiro episódio da websérie, tive a honra de participar, e abordamos o tema Sustentabilidade. Érika, Carla, Maraísa, Nathi blog e eu batemos um papo e dividimos nossos hábitos e experiências sobre esse tema tão importante.

A sustentabilidade é a capacidade do ser humano interagir com o mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras.

Eu estava meio receosa, pois do grupo, eu era a que menos tinha hábitos sustentáveis. Mas a conversa com as meninas foi super bacana, porque eu aprendi muitas coisas com elas, mas principalmente, enxerguei que precisava melhorar alguns hábitos.

Eu demorava muito tomando banho, e com o chuveiro ligado o tempo todo. Agora eu me policio e não ultrapasso 15 minutos no banho (lavando o cabelo) e 8 minutos (sem lavar o cabelo). Está sendo difícil, mas penso no nosso planeta, penso que o nosso bem mais precioso (água) está acabando!

Outro fato erradíssimo, na minha casa usamos muito copo descartável, por preguiça de lavar tanto copo. Errado e preguiçoso. Suspendemos o uso dos copos descartáveis desde a minha volta à Brasília.

Nas idas ao supermercado, levo caixa para colocar as compras, pois as sacolas poluem muito nosso planeta.

Bom, basicamente tenho feito isso. Sei que está longe de ser algo 100%, mas aos poucos, os hábitos vão sendo moldados. E você? O que tem feito? Seus hábitos são sustentáveis?

Um super beijo!!!

Nat Lustosa.

Nathalia, 23 anos, é advogada, mas sua paixão é o mundo da beleza – especialmente cabelo e maquiagem. Dedica seu tempo a produzir conteúdo simples e acessível, buscando ajudar as pessoas a se sentirem ainda mais bonitas. Ama ensinar através do seu canal no YouTube, onde publica vídeos semanais dando dicas superlegais desse tão amplo universo feminino.

Nat Lustosa

Nathalia, 23 anos, é advogada, mas sua paixão é o mundo da beleza – especialmente cabelo e maquiagem. Dedica seu tempo a produzir conteúdo simples e acessível, buscando ajudar as pessoas a se s...

Celebrando uma marca onde o Dia do Meio Ambiente é todo dia!

5.jun.2018

Quando entrei nesse mundo do mercado de beleza, anos e anos atrás, eu nunca parei para pensar na responsabilidade das marcas em relação ao meio ambiente. Na verdade, nunca tinha parado para refletir como o impacto ambiental da produção do que consumimos pode ser repensado de forma que a gente estabeleça uma relação saudável com o planeta. Sendo muito sincera mesmo, eu nunca tinha parado para pensar no assunto até a visita que fiz à fábrica da Bio Extratus no ano passado.

Eu já sabia que a marca havia ganhado prêmios importantes relacionados ao meio ambiente (ISO 14001 pela excelência do Sistema de Gestão Ambiental, o VII Prêmio Hugo Wernek de Sustentabilidade e também do Prêmio ABIHPEC – Beleza Brasil, na categoria Sustentabilidade). Também sabia que o investimento em energia elétrica autossustentável (https://bioextratus.com.br/bio-extratus-torna-se-empresa-auto-sustentavel-em-geracao-de-energia-eletrica/) eram diferenciais importantes para uma empresa que assume sua responsabilidade ambiental nos 365 dias do ano. Também já sabia que a Bio Extratus não realiza testes em animais, participa de projetos para recuperar nascentes de rios e proteger a mata nativa, além de controlar os resíduos sólidos da produção. Isso já era o suficiente para me deixar orgulhosa de ser uma das embaixadoras da marca.

No dia da visita que fiz à fábrica (http://f-utilidades.com/2017/10/30/fabrica-bio-extratus/), pude ver com meus próprios olhos as placas fotovoltaicas – que captam a luz solar para gerar energia. Vi também o esquema de tratamento de água e o lago com água de reuso, cheio de peixes nadando. Mas mais do que isso, pude ver a verdadeira conexão com a natureza que eles criaram em Alvinópolis. E, a partir desse dia, vi como sou uma privilegiada de ter essa marca como uma das parceiras mais antigas do blog.

É muito bonito celebrar o Dia do Meio Ambiente dizendo que vai plantar umas árvores ou doar dinheiro para ONG ambientais – a essa altura do campeonato, qualquer ajuda para manter nossa natureza plena é válida – mas naquela visita pude entender que manter a promessa da sustentabilidade não é tarefa das mais fáceis. Por isso mesmo, eu fico feliz e orgulhosa de estar aqui escrevendo este post para vocês.

Todo esse ambiente quase utópico que acontece na fábrica não é algo barato de se fazer. Numa das conversas que pude ter com o Sr. Lindouro, um dos diretores da Bio Extratus e o responsável pelo Projeto Sol Nascente, eu perguntei sobre os anos que demoram para ter um retorno financeiro nesse tipo de investimento. E a resposta que eu tive diz muito sobre a conduta da marca e a sua responsabilidade ambiental: ele contou que a previsão para que esse investimento se pague é de 7 a 10 anos, mas que a melhor recompensa já acontece hoje, quando se analisa os danos que a fábrica deixa de gerar ao meio ambiente por causa de toda essa estrutura sustentável implantada.

Por isso, nesse dia do Meio Ambiente, queria fazer minha parte e contar para vocês um pouco de tudo que eu sei sobre os valores ambientais que a Bio Extratus pratica e como ela consegue aliar produtos de qualidade e tecnologia com respeito à natureza. Porque é valorizando esses gestos e enaltecendo marcas que procuram fazer a diferença no dia a dia que a gente consegue ir, aos poucos, mudando o mundo.

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de relacionamento, comportamento e autoestima e busca se enxergar cada vez mais com um olhar mais amoroso e acolhedor. Sua bandeira? Incentivar uma busca pelo amor próprio.

Joana Cannabrava

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalment...