Naturalmente Bonita

Para Refletir – Dia da Consciência Negra

20.nov.2019

Estamos no mês da Consciência Negra, mais especificamente no dia da Consciência Negra e geralmente o ciclo dos acontecimentos nesse período é muito parecido: as pessoas lembram que nós (negros) existimos.

consciência negra

Acredito que você saiba o que é o Dia da Consciência Negra, então não vejo a necessidade de explicá-lo aqui. Sendo assim, escrevo esse texto como forma de reflexão em especial para as pessoas não negras.

No universo das blogueiras, esse é o período em que mais temos trabalhos, que mais somos marcadas em conteúdos sobre negritude, muitas palestras para dar. Somos disputadas de fato. Mas aí me recordo que nos outros meses não é tão assim, quando no universo de blogueiras brancas isso acontece o ano inteiro e aí vem aquela pergunta:

Porque ainda existem pessoas que se incomodam com a nossa presença se ela ainda nem é proporcional à presença branca no geral?

Eu, enquanto pessoa negra, precisei conviver com o racismo e a estranheza por conta de minha presença durante minha vida inteira e isso não mudou. Na verdade acredito que infelizmente tem ficado mais escancarado com o passar do tempo.

Vivemos em um país onde todo mundo conhece algum racista, mas ninguém se assume racista. Sendo assim, temos um crime (por que racismo é crime) com autor invisível e é aí que está a dificuldade para conseguirmos resolver esse problema.

Você pessoa branca, já parou para pensar se é racista ou não?

Já se viu julgando alguém pela cor da pele?

Já estranhou a presença de um negro em locais de elite?

Confundiu uma pessoa negra com funcionário de algum estabelecimento em que você estava indo comprar algo?

Quantos negros estão ao ser redor curtindo e não servindo a você e sua família?

Esses são alguns questionamentos que devem ser feitos internamente, todos os dias, para que você consiga entender se reproduz ou não o racismo e a partir disso se envergonhe.

O maior problema para resolvermos o racismo é achar que ele é problema dos negros. Mas não, ele é problema de todo mundo e principalmente dos brancos porque você enquanto pessoa branca  pode não ter escravizado ninguém (obviamente), mas recebe os benefícios desse sistema racista da mesma forma como eu e toda a população negra recebe os malefícios disso.

Ninguém tem culpa, mas tem a responsabilidade de se movimentar em busca de mudanças na sociedade. 

Sendo assim, a melhor maneira de mudar isso é entender seu racismo, assumí-lo, não se orgulhar disso e buscar gerar mudanças em si e no meio em que vive para que dessa maneira a melhoria seja coletiva porque o racismo é problema de todo mundo.

A @soutipo4 criou um conteúdo que ajuda a mostrar como esse racismo está enraizado na nossa sociedade e cabe a TODOS nós mudarmos isso. Comece refletindo e compartilhando com as pessoas mais próximas. Pratique você também!

Luciellen Assis

Luciellen é baiana, de Feira de Santana. Aborda temas, em seus canais, que variam entre estética e beleza negra, moda, autoestima, empoderamento e relações raciais.

Toalha de Algodão: Mito ou Verdade?

6.nov.2019

Quem está no universo das crespas e cacheadas provavelmente já ouviu falar que não devemos usar a toalha comum que temos em casa para secar os cabelos porque ela aumenta a quantidade de frizz. Tem também quem diga que é mentira e não tem diferença (eu já fiz parte desse grupo), então hoje vamos falar se a toalha de algodão funciona.

Camisa ou toalha de algodão, funciona mesmo?

No geral indica-se que a substituta na hora de secar ou tirar o excesso de água dos cabelos seja a camisa de algodão porque como ela não tem a mesma textura que a toalha, o atrito no cabelo é menor e consequentemente temos menos frizz. Mas como tudo evolui, com o passar do tempo criou-se uma toalha de microfibra que age exatamente como (ou até melhor) que a camisa de algodão.

toalha de algodão

Se você reparar bem na foto acima, vai perceber que na toalha comum (branca) já até existe uma espécie de frizz porque o material é mais fofo e suga muito mais de que deveria, por isso indica-se que a gente não use ela no cabelo. Já a toalha de microfibra (bege) apesar de ter alta absorção, só retira a quantidade ideal e não aumenta a quantidade de frizz.

A diferença no toque das duas toalhas é bem diferente. Enquanto a toalha comum é bem mais fofinha, a de microfibra tem uma textura que lembra mais um material sintético e desliza muito mais fácil tanto nas mãos quanto nos cabelos.

Toalha de Microfibra bem de pertinho:

Toalha Comum bem de pertinho:

“Mas eu não ligo para o frizz! Posso usar a toalha comum mesmo?”

Então, o ideal é sempre usar camisa/ toalha de algodão ou toalha de microfibra porque com a toalha comum seu cabelo além de ter mais frizz vai ficar mais poroso e com risco até de perder o resultado do tratamento que foi feito. Lembra que eu disse que a toalha sugava mais do que devia? Pois é! Isso vale para a forma como você finalizou o cabelo, o tratamento que você fez antes e tudo mais.

No geral o cabelo crespo e cacheado já tem uma tendência maior ao frizz e tudo bem, a gente não precisa ficar neurótica com isso, mas assim como nem todo frizz é falta de cuidados ou sinal de ressecamento, existe o frizz do cabelo pedindo socorro porque você fez coisas como lavar com água quente ou “anulou” parte da finalização usando toalha comum para secar.

cachos e crespos

E se você está procurando uma linha que ajuda na diminuição do frizz, uma dica é usar o lançamento da Bio Extratus que é a linha Cachos e Crespos. Ela é super Nutritiva e mesmo que você ame volumão como eu, ela funciona muito bem, então serve para todo mundo mesmo.

Tem texto meu aqui no blog contando todos os detalhes dessa linha com fotos das fórmulas e tudo! Clica aqui que você vai direto pra lá.

Luciellen Assis

Luciellen é baiana, de Feira de Santana. Aborda temas, em seus canais, que variam entre estética e beleza negra, moda, autoestima, empoderamento e relações raciais.

Cachos e Crespos: A Nova Linha da Bio Extratus

2.out.2019

Se tem uma coisa que eu amo demais é falar sobre novidades, ainda mais quando é coisa de cabelo!  Desde que entrei para o time de Embaixadoras Bio Extratus, uma das coisas que mais me pediram foi exatamente uma linha da marca que fosse para nós e eu enquanto pessoa crespa venho aqui com muitíssimo orgulho falar que a Bio Extratus ouviu nossas preces! A linha Cachos e Crespos acabou de ser lançada e hoje eu vou te contar tudo sobre ela e declarar meu amor.

cachos e crespos

Primeira impressão da linha Cachos e Crespos

Pra começar, a paleta de cor é a coisa mais lindinha. Eu sou muito visual, então sempre observo o design dos produtos que vou comprar e amei demais as cores escolhidas para a linha porque dão um ar de frescor e leveza. Além disso o cheiro É MUITO BOM! Sério! Eu acho que não tenho nenhum produto tão cheirosinho aqui em casa.

Composição desse lançamento

A linha é toda a base de Óleo de Rícino e Abissínia, que promovem MUITA hidratação e nutrição para cabelos crespos e cacheados, além de reparar profundamente para que os fios fiquem mais fortes, flexíveis, definidos (caso você queira) e brilhantes.

Além disso, é vegana, não tem petrolatos, parabenos nem conservantes e é liberada para Low Poo.

Agora vamos as minhas impressões usando cada item da Cachos e Crespos individualmente:

Shampoo

cachos e crespos

Atenção crespas: o shampoo é branquinho! Isso significa que ele não vai deixar seu cabelo ressecado e poroso. Ele tem uma textura mais cremosa, espuma direitinho e limpa muito bem mesmo não sendo transparente. Isso resulta em cabelo limpinho sem agressão, ou seja, só amor. É um dos melhores shampoos da Bio Extratus que já usei e falo isso do fundo do coração.

Segue a fórmula:

cachos e crespos

Condicionador

cachos e crespos

O condicionador é apenas PERFEITO! A textura é grossinha, desembaraça o cabelo super fácil e deixa as pontas bem seladas do jeito que eu gosto. Geralmente condicionadores são algo que não me chamam a atenção porque não vejo grandes efeitos no resultado final, mas confesso que com esse eu sinto que é quase outro tratamento pra complementar a máscara, sabe?

Segue a fórmula:

cachos e crespos

Banho de Creme

cachos e crespos

A máscara é bem durinha e rende bastante. Um potinho de 250g dá pra ser usado muitas vezes e isso é ótimo porque o terror de quem tem cabelo crespo ou cacheado é comprar produtos pequenos que não rendem nada. Mas não se preocupe, a linha Cachos e Crespos pensou em tudo e lançou outras volumetrias bem grandes também (shampoo e condicionador de 1L, creme de 1Kg e finalizador de 500g).

A forma como a máscara age no cabelo é surreal! Eu sinto que o fio fica bem molinho, muito maleável e consigo desembaraçar muito rápido tanto com a escova Michel Mercier quanto com os dedos e sinto que o fio está muito bem selado antes mesmo de aplicar o condicionador. Além disso, antes de finalizar o cabelo já mostra um aspecto de maciez que é a coisa mais lindinha.

Segue a fórmula:

cachos e crespos

Super Dose S.O.S 

cachos e crespos

Essa para mim é definitivamente a rainha da linha Cachos e Crespos.

A manteiga deixa o cabelo perfeito em apenas 60 segundos, rende muito, tem um cheirinho gostoso e é tão potente quanto qualquer máscara de tratamento mais longo. Para quem não costuma ter tempo para cuidar do cabelo durante a semana e quer seguir o cronograma capilar certinho, é a minha principal indicação por sem prática, ótima para levar em viagem e principalmente porque ela cumpre o que promete: condicionamento Imediato em 60 segundos.

Segue a fórmula:

cachos e crespos

Aqui tem um vídeo no meu Instagram onde uso essa maravilha:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Luciellen Assis (@luciellenassis) em


Finalizador

cachos e crespos

O creme de pentear tem a textura perfeita para quem gosta tanto de volume quanto de definição. Ele é suave e potente ao mesmo tempo, não deixou pó branco no meu cabelo e além disso hidrata bastante. Gostei dele inclusive para usar na revitalização misturado com um pouquinho de água e óleo. Não pesa nada e o cabelo parece que acabou de ser finalizado.

Desde que ele chegou aqui em casa, nunca mais finalizei o cabelo com outra coisa.

Segue a fórmula:

cachos e crespos

E aí, curtiu a linha Cachos e Crespos? Comenta aqui e já avisa a todo mundo que o lançamento da vez é babado!

Se você quiser comprar os produtos e ainda ganhar 1 Óleo Poderoso nas compras a partir de 120 reais e FRETE GRÁTIS nas compras a partir de 180 reais, clique aqui.

Luciellen Assis

Luciellen é baiana, de Feira de Santana. Aborda temas, em seus canais, que variam entre estética e beleza negra, moda, autoestima, empoderamento e relações raciais.

Como Finalizar Cabelo Crespo

30.ago.2019

Logo quando acabou minha transição capilar, eu passava um tempão na internet tentando entender como finalizar meu cabelo porque era tudo muito novo para mim. Foram anos sem nem conhecer minha textura natural e eu estava super acostumada a alisar, passar um óleo e pronto. Sendo assim, finalizar agora havia se tornado um novo desafio. 

Conforme meu cabelo foi crescendo e depois de vários testes (e muitas finalizações que não deram certo), achei a melhor maneira de finalizar meu crespo tipo 4A e uma das particularidades dessa finalização é justamente não me preocupar demais com a definição dele.

Eu percebi que muitas meninas crespas passam pela transição buscando ter o cacho perfeito como se essa fosse a única maneira de deixar o cabelo natural arrumadinho, mas você também pode ter um cabelo lindo sem nenhuma definição e é isso que vou ensinar nesse passo a passo bem simples. 

Vamos a finalização do crespo?

Passo 1: Separar

Com o cabelo úmido eu prendo uma parte e deixo apenas 1 mexa solta. 

finalização crespo

Passo 2: Óleo Finalizador

Meu cabelo ama óleo de coco, então tenho usado muito esse lançamento da Bio Extratus que é o Óleo de Coco Umectante. O cheiro é uma delícia e além de finalizar ele trata o cabelo.

finalização crespo

Pego mais ou menos um bump do Óleo de Coco Umectante e aplico no comprimento e pontas enluvando principalmente as pontinhas do cabelo. 

finalização crespo

finalização crespo

Passo 3: Creme Finalizador

Um creme que eu tenho amado muito é o da linha Botica Algas da Bio Extratus. Uso ele desde a época de minha transição capilar e o amor continua o mesmo. 

finalização crespo

Pego uma pequena quantidade e aplico no comprimento e pontas sem encostar na raiz.

finalização crespo

finalização crespo

Como falei antes, sou tipo 4a, então meu cabelo pode sim ficar mais definido, mas eu me sinto muito mais confortável com ele tipo nuvem, com mais frizz e bastante volume, então faço uma fitagem bem “mal-feita” só para garantir que o creme de pentear e o óleo estarão protegendo todo o fio.

Depois é só repetir o processo em todo cabelo mexa por mexa. 

Passo 4: Balançar

Com o cabelo todo finalizado, agora é hora de deixar mais soltinho jogando para um lado e para o outro algumas vezes. 

finalização crespo

Passo 5: Deixar o Creme agir

Eu gosto de deixar o cabelo secar naturalmente por uns 30 a 40 minutos antes de usar o secador porque dessa forma ele fica nutrido por mais tempo. Nesse meio tempo aproveito para fazer os deveres da casa e nem vejo os minutos passando. Mas caso você esteja com pressa, pode pular para o próximo passo sem problemas. 

Passo 6: Secar 

Eu gosto de usar o secador porque ele faz com que o fator encolhimento seja bem menor. Primeiro uso o jato morno dando uma secada bagunçando o cabelo mesmo, e em seguida seguro as pontas e dou uma leve esticada no cabelo enquanto passo o secador. Isso faz com  que o fio seque mais esticadinho e mostra bem mais o comprimento. 

finalização crespo

Dica do secador pro crespo

Vou fazendo isso de forma bem aleatória até secar o cabelo inteiro e depois jogo um jato frio pra ele esfriar já esticadinho e evitar o fator encolhimento. Com o cabelo seco, agora é só ir moldando com as mãos e um pouco de óleo para deixar do jeitinho que eu quero. 

finalização crespo

Pronto! Cabelo crespo cheiroso, volumoso e super levinho com efeito nuvem. Curtiu essa finalização? 

Para você que quer ideias de penteados para o seu crespo fáceis e incríveis, pode conferir 3 formas que a Joicy @soutipo4 escreveu AQUI!

Luciellen Assis

Luciellen é baiana, de Feira de Santana. Aborda temas, em seus canais, que variam entre estética e beleza negra, moda, autoestima, empoderamento e relações raciais.

Low Poo ou No Poo – Qual a Melhor Técnica Para Meu Cabelo?

31.jul.2019

Com o aumento de pessoas usando os cabelos naturalmente crespos, cacheados e ondulados aqui no Brasil, popularizaram-se algumas técnicas de limpeza que foram criadas pensando exatamente nesses tipos de cabelo e com o passar dos anos tem se tornado as queridinhas na hora de manter os cabelos saudáveis. Essas técnicas são conhecidas como No Poo e Low Poo e hoje eu vou explicar como cada uma delas funciona.

Bem-vinda ao clube das loucas por ler as fórmulas dos produtos! 

No Poo

Na tradução para o português, No Poo quer dizer Sem Shampoo, então a limpeza do cabelo é feita sem nenhum tipo de shampoo, mas com um condicionador de limpeza. Essa técnica se chama Co-Wash e é um mistério para muita gente por causa da ideia de limpeza estar associada sempre a espuma, mas os garanto que mesmo sem espuma os resultados são incríveis!

O shampoo por mais leve que seja, vai limpar de forma mais agressiva que o condicionador de limpeza (co-wash)retirando mais oleosidade dos fios, o que no caso das crespas e cacheadas não é legal já que esses tipos de cabelo são mais porosos e tendem a ressecar com mais facilidade.

Mas você não pode usar qualquer condicionador que achar por aí hein!

Na fórmula o produto precisa ter anfótero betaínico, que é um agente de limpeza e deve ser aplicado do couro cabeludo até as pontas. Eu sei que é estranho aplicar creme na raiz, mas vai por mim que no final da tudo certo. 😉

Já quer garantir um Co-Wash pra chamar de seu e só seu? Aposte no Co-Wash Botica Cachos.

Low Poo

Traduzindo para o português seria “pouco shampoo” e essa técnica é a mais usada hoje em dia por conta do uso de shampoo e também porque a lista de componentes liberados é maior. – Ah! Daqui a pouco eu deixo a lista completa dos liberados e proibidos pra você.

O shampoo para Low Poo precisa ter uma fórmula mais leve para que os agentes de limpeza não retirem além da sujeira a gordura natural que o cabelo precisa, fazendo com que ele fique ressecado.

Quando a gente faz alguma dessas técnicas de limpeza, existem algumas restrições com relação a fórmula dos produtos que podemos ou não usar nas outras etapas de cuidados com o cabelo para que a limpeza seja completa e não restarem resíduos grudados em nosso fio. Então eu vou deixar abaixo a lista de componentes liberados e proibidos para quem faz No Poo e Low Poo.

Lembra que eu falei que você ia entrar para o clube das loucas por ler as fórmulas dos produtos? Pois é! Se prepara para a lista:

COMPONENTES LIBERADOS

  • Silicones solúveis: Liberados para No Poo e Low Poo

Dimethicone Copolyol

Hydrolyzed Wheat Protein Hydroxypropyl Polysiloxane

Lauryl methicone copolyol

PEG-33 (e) PEG-8 Dimethicone (e) PEG-14 (presentes na mesma fórmula)

PEG-7 Amodimethicone

Dimethicone PEG-8 Phosphate

Ammonium Dimethicone PEG-7 Sulfate

Dimethicone PEG-8 Adipate

Dimethicone PEG-8 Benzoate

Dimethicone PEG-7 Phosphate

Dimethicone PEG-10 Phosphate

Dimethicone PEG/PPG-20/23 Benzoate

Dimethicone PEG/PPG-7/4 Phosphate

Dimethicone PEG/PPG-12/4 Phosphate

PEG-3 Dimethicone

PEG-7 Dimethicone

PEG-8 Dimethicone

PEG-9 Dimethicone

PEG-10 Dimethicone

PEG-12 Dimethicone

PEG-14 Dimethicone

PEG-17 Dimethicone

PEG/PPG-3/10 Dimethicone

PEG/PPG-4/12 Dimethicone

PEG/PPG-6/11 Dimethicone

PEG/PPG-8/14 Dimethicone

PEG/PPG-14/4 Dimethicone

PEG/PPG-15/15 Dimethicone

PEG/PPG-16/2 Dimethicone

PEG/PPG-17/18 Dimethicone

PEG/PPG-18/18 Dimethicone

PEG/PPG-19/19 Dimethicone

PEG/PPG-20/6 Dimethicone

PEG/PPG-20/15 Dimethicone

PEG/PPG-20/20 Dimethicone

PEG/PPG-20/23 Dimethicone

PEG/PPG-20/29 Dimethicone

PEG/PPG-22/23 Dimethicone

PEG/PPG-22/24 Dimethicone

PEG/PPG-23/6 Dimethicone

PEG/PPG-25/25 Dimethicone

PEG/PPG-27/27 Dimethicone

PEG-40/PPG-8 Methylaminopropyldimethicone crosspolymer

  • Silicones insolúveis: liberados só para Low Poo

Amodimethicone

Cetearyl methicone

Cetyl Dimethicone

Cyclomethicone

Cyclopentasiloxane

Dimethicone

Dimethiconol

Dimethicone Crosspolymer

Vinyl Dimethicone Crosspolymer

Vinyl Dimethicone

Methicone Silsesquioxane Crosspolymer

Cetearyl Methicone

Cetyl Dimethicone

Behenoxy Dimethicone

Stearoxy Dimethicone

Stearyl Dimethicone

Trimethylsilylamodimethicone

Simethicone

Polydimethylsiloxane

Methicone

Phenyl Trimethicone

Dimethylpolysiloxane

Bis-Aminopropyl Dimethicone

propoxytetramethyl piperidinyl dimethicone (PTMPD)

  • Sulfatos fracos: liberados só para Low Poo

Sodium Cocyl Isethionate

Sodium Cocoyl Glycinate.

Sodium Lauryl Sulfoacetate

Sodium Lauryl Glucose Carboxylate

Sodium Lauroyl Sarcosinate

Sodium Socoyl (ou lauryl/lauroyl) Sarcosinate

Sodium methyl 2- sulfolaurate / disodium sulfolaurate

Sodium Methyl Cocoyl ou lauryl taurate

Disodium Laureth Sulfoccinate

Dioctyl Sodium Sulfosuccinate / Aerosol -OT / AOT

Decyl Glucoside Poly Carboxylate

Ethyl PEG-15 Cocamine Sulfate

Lauryl Sulfoacetate

Methyl Cocoyl or Lauryl Taurate

Pluronic e Tetronic surfactantes

Polyglucosides

Cocoamidopropyl betaine – Cocobetaine/Cocamidopropyl Betaine, Cocabetaine, cocoamphopropionate (liberado também para No Poo)

  • Filtros-Solares: liberados para No Poo e Low Poo

Benzophenone-2, (ou 3, 5, 6, 7, 8, 9, 10)

Benzophenone-4

Benzyl salicylate

Benzylidene camphor sulfonic acid

Bornelone

Ethyl cinnamate

Ethylhexyl methoxycinnamate (octyl methoxycinnamate) Octoxynol-40, – 20

Octyl methoxycinnamate

Octyl Salicylate

Oxybenzone

Phenyl ketone

PEG-25 PABA

Polyacrylamidomethyl benzylidene camphor

COMPONENTES PROIBIDOS

  • Petrolatos: proibidos para No Poo e Low Poo

Petrolatum/petrolato

Mineral Oil/óleo mineral

Parafinum Liquid/parafina líquida

Isoparaffin

C13-14 Isoparaffin

C12-20 Isoparaffin

Vaselina/vaselin

Isododecane/Isododecene

Alkane/Alcano

Dodecane/Dodecano

Dodecene/Dodeceno

  • Sulfatos fortes: proibidos para No Poo e Low Poo

Sodium Laureth Sulfate

Sodium Lauryl Ether Sulfate

Sodium Myreth Sulfate

Sodium Lauryl Sulfate / Sodium laurilsulfate

Sodium Coco Sulfate

Sodium Trideceth Sulfate

Ammonium Lauryl Sulfate

Ammonium Laureth Sulfate

Ammonium Lauryl Ether Sulfate

Sodium C14-16 Olefin Sulfonate

TEA Lauryl Sulfate

TEA-dodecylbenzenesufonate

Sodium Alkybenzene Sulfonate

Ammonium Xylenesulfonate

Sodium Xylenesulfonate

Sodium Trideceth Sulfate – Sinônimos: Sulfato de sódio polioxietileno tridecilo; sulfato de sódio ÉTER tridecilo; etanol, 2 [2 [2 (trideciloxi) etoxi] etoxi], sulfato de hidrogénio, sal de sódio; de sódio a 2 – [2 – [2 – (trideciloxi) etoxi] etoxi] ETÍLICO sulfato, sódio tridecilo TRI (oxietil) SULFATO

Tridecyl polyoxyethylene sodium sulfate

Sodium Tridecyl Sulfate ETHER Ethanol

Sodium Tridecyl TRI (oxyethyl)

sodium 2 – [2 – [ 2 – ( tridecyloxy ) ethoxy ] ethoxy ] ethyl ester sulfate

ethanol, 2- [2- [ 2- ( tridecyloxy ) ethoxy] ethoxy] hydrogen sulfate , sodium salt

Sodium Sulfate Coconut

Lauryl sulfate

Ammonium laureth

TEA dodecylbenzenesulfonate

Alkylbenzene Sulphonate

Ammonium Xylenesulfonate

Sodium Sylenesulfonate

Eu sei que a lista é enorme e quase impossível de decorar, mas você pode deixar o link desse texto salvo e toda vez que tiver alguma dúvida, é só correr pra cá. Além disso, para facilitar sua vida, a Bio Extratus tem uma linha completa de cuidados para cabelos liberada para No Poo e Low Poo!

Conheça a linha Botica Cachos

low poo no poo co-wash

Foto: Aline França

A linha Botica Cachos contém ingredientes suaves e naturais. Alta concentração de óleos vegetais com poder de hidratação e nutrição para tratar os cabelos cacheados de forma natural e eficaz. Sua fórmula é livre de sulfatos, parabenos, óleos minerais, parafinas, derivados animais, corantes e silicones (a máscara possui silicones solúveis sem build up e todos os outros produtos são totalmente livres de silicones solúveis e insolúveis) e seus ativos são o Baobá, Karité, Coco, Rícino e a Microqueratina Vegetal.

Essa linha é um verdadeiro sucesso e foi feita especialmente para as principais adeptas as técnicas de No e Low Poo: as crespas e cacheadas.

Tem um vídeo no meu canal onde uso os produtos dessa linha para lavar minhas tranças sintéticas. Eu uso essa linha sempre que estou com fibra sintética porque não tem como hidratar meu cabelo durante esse período, então usar produtos liberados ajuda muito a manter o fio saudável.

E aí? Gostou de conhecer as técnicas? Se sim, não esquece de espalhar a palavra, beleza? (risos)

Luciellen Assis

Luciellen é baiana, de Feira de Santana. Aborda temas, em seus canais, que variam entre estética e beleza negra, moda, autoestima, empoderamento e relações raciais.

Carregar Mais