Naturalmente Bonita

O Poder da Máscara Colorante

3.abr.2019

Tenho certeza que vocês, que acompanham de perto todas as novidades e lançamentos da Bio Extratus, já conhecem a Máscara Colorante Vermelha. Esse produto mágico basicamente te permite reavivar seu vermelho – ou até mesmo fazer uma mudança radical – sem sair de casa! Pois bem, hoje eu vim aqui para contar uma outra novidade…

A FAMÍLIA DA MÁSCARA COLORANTE CRESCEU!

Sim, vocês não estão sonhando. Nem lendo errado. Depois do sucesso da Máscara Colorante Vermelha, a Bio Extratus está lançando esse mês a família completa. E agora, vai ser possível encontrar nos pontos de venda mais próximos de você, as 4 cores da família Spécialiste. E elas são: vermelha, marsala, cobre e castanho.

máscara colorante

A Máscara Vermelha tem como principal promessa ser colorante. Com pigmentos de alta qualidade, ela pode ser usada por qualquer tom de cabelo original e o resultado é transformador. É recomendado para quem pensa em ter tons que variem do 5.65 ao 7.66.

A Máscara Marsala é um tom de vinho bem profundo e bonito. Ela é antioxidante e garante uma cor intensa desde a primeira aplicação. Se usada em cabelos escuros, ela oferece brilho intenso e um reflexo vinho sob a luz.

A Máscara Castanho serve como um ótimo disfarce para os fios brancos das castanhas. Em qualquer tom de castanho, ela oferece brilho, reavivamento da cor e muita hidratação.

Por fim, deixei por último a Máscara Colorante Cobre. Por quê?

máscara colorante cobre

Porque eu experimentei!

Já tem dois anos que pinto meu cabelo de cobre com a tinta 9.4 da Bio Extratus Color. Como todo ruivo que é pintado, tem uma hora que ele desbota. E a Máscara Colorante Cobre chegou com uma base reconstrutora que realça e reaviva a cor.

Eu experimentei no ano passado, na minha visita à fábrica da Bio Extratus, e fiquei encantada! Não é à toa que eu tava contando os dias para poder vir aqui contar essa novidade para vocês!

máscara coloranteO tom que meu cabelo ficou ao passar foi algo próximo da coloração 8.4.

Algumas considerações importante sobre a linha de Máscaras Colorantes:

– Como a Máscara Colorante não é uma tinta, ela pode ajudar a disfarçar alguns fios brancos, mas ela não foi feita para cobri-los.

– Ela também não foi feita para cobrir a raiz, apesar de dar uma pequena disfarçada.

– Apesar de não ser tinta, sua aplicação pode fazer uma lambança! rs Por isso, ao passar qualquer uma das cores, não esqueça de usar roupas e toalhas velhas (que possam sujar sem problemas), luvas e o PPT.  (conheça aqui o creme protetor que não deixa as tinturas ou colorações mancharem a pele)

A Nathi Ferreira, que usa a Máscara Vermelha, já contou aqui como ela faz esse processo todo sozinha.

– A durabilidade da máscara nos cabelos costuma ser de 8 a 12 lavagens (dependendo da porosidade e da saúde dos fios).

E aí? Já estão pensando nas cores que querem usar? Se já quiser garantir a sua, pode clicar aqui ou então correr até a farmácia, supermercado ou loja mais próxima a sua casa e pedir a sua!

Experimente o poder das Máscaras Colorantes da Bio Extratus!

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre...

Como Acabar com o Frizz no Cabelo?

25.mar.2019

A linha +Liso já foi mencionada diversas vezes aqui no blog da Bio Extratus, o Naturalmente Bonita. E hoje eu volto aqui para falar de novo dela, mas vou focar um pouco menos no seu efeito mais liso e quero focar em outra característica que faz dela uma linha completa: o efeito antifrizz!

Sim, se você tem muito frizz e isso é algo que você gosta de controlar, essa linha também é pra você!

Na verdade, eu acabei descobrindo isso quando eu comecei a receber alguns comentários de quem já tinha usado. Até então, eu achava que a linha +Liso apenas cumpria o que prometia. E já estava curiosa para testar. De repente, comecei a ouvir meninas de cabelos cacheados e ondulados dizendo que também estavam usando essa linha e tendo outro tipo de benefício: ela estava ajudando a combater o frizz.

De fato, esse é um dos efeitos. A fórmula contém dois ativos, a linhaça e a tecnologia Sili-X. Ambas ajudam a combater a umidade, que é uma das principais responsáveis pelo frizz. Por isso, não é de se estranhar que o efeito antifrizz seja um detalhe bem importante dessa linha.

Resolvi testar para ver com meus próprios olhos. Passei uma semana usando todos os produtos da linha, sem pausa: shampoo, condicionador, sachê (ou máscara) e spray pré-escova.

A primeira coisa que eu preciso falar é que não adianta você usar a linha +Liso em cabelos ondulados e cacheados e achar que ela vai deixá-los mais lisos. Não existe nenhuma química nessa fórmula e seus ativos não mexem na estrutura do fio.

O que ela faz é memorizar o alinhamento dos fios na hora da escova de forma que eles fiquem 3 vezes mais liso. Então, não adianta criar expectativas irreais em cima de um produto, por mais que ele realmente seja impressionante quando entra em contato com o secador.

Mas isso quer dizer que cabelos ondulados não podem se beneficiar da linha +Liso?

Claro que podem!

Sendo muito sincera, não é a minha linha preferida para o dia a dia. Agora que eu fiz luzes, estou preferindo algo mais hidratante como a linha Pós-Química ou Umectante.

Mas quando falamos no combate antifrizz, de fato, ela ganha de lavada. O frizz fica muito mais discreto e controlado. Daí você pode optar por secar os cabelos com secador (com a mão ou com o difusor, de acordo com sua preferência) ou então deixá-los secar naturalmente.

Eu achei que o efeito antifrizz ficou mais potencializado quando eu sequei com o secador, amassando os cachos de baixo pra cima (se eu faço o movimento contrário, o cabelo fica liso, ele modela bem fácil). Mas secando naturalmente também funcionou bem.

Você tem cabelo ondulado e já usou a linha +Liso para ajudar no frizz? Me conta como foi sua experiência!

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre...

5 Dicas de Como Cuidar do Seu Cabelo Ondulado?

30.jan.2019

Desde que eu me conheço por gente, toda vez que vou a algum profissional novo de cabelo – seja pra cortar ou pintar – eu acho engraçado ver a cara quando eu digo que não quero escova. Tenho cabelo ondulado e eu simplesmente amo eles do jeitinho que é. A escova deixa meu cabelo lambido, sem volume, sem graça. Não fui feita para ter cabelo liso e eu amo! Não é à toa que eu tenho o maior carinho e respeito pelas minhas ondas.

Mas sei que até pouco tempo atrás, eu era raridade. Não era incomum encontrar meninas com cabelos parecidos com o meu que decidiram alisá-los. É bem mais fácil de cuidar, mais prático até do que o cabelo ondulado.

Cabelo ondulado exige mais cuidado e atenção que um cabelo liso, sim. E não é à toa que volta e meia me perguntam sobre isso. Hoje resolvi separar algumas dicas que eu fui aprendendo pela vida sobre os cuidados que tenho com meus fios.

cabelo ondulado carla paredes

5 Dicas Para Cuidar do Cabelo Ondulado

1 – Escova no cabelo ondulado seco? NUNCA!

Essa é a dica no. 1 – e pra mim, a mais importante! Eu só escovo meu cabelo quando ele está molhado. Uso sempre a Escova Michel Mercier, que tem cerdas de tamanhos diferentes justamente para desembaraçar sem quebrar os fios.

A partir do momento que ele está secando, eu só uso as mãos. E sempre amassando as ondas de baixo pra cima.

2 – Não mexa muito no seu cabelo

Confesso para vocês que eu ainda não domino essa técnica. Eu mexo muito no cabelo quando estou em momentos de ansiedade, e fica nítido o quanto as ondas vão perdendo a forma quanto mais eu mexo. Se você não é que nem eu e consegue se controlar, essa dica é infalível.

3 – Camiseta de algodão para secar os fios com menos atrito

Eu sei que essa dica pode parecer bem estranha. Pelo menos eu achei quando ouvi falar pela primeira vez. Mas foi só experimentar para não querer outra coisa na vida.

O truque é bem simples: pegar uma camiseta de algodão e usá-la no lugar da toalha. Como o tecido das toalhas costuma ser bem grosso e áspero, acaba criando mais atrito com os fios. Por consequência, também causa mais frizz e até mesmo pontas duplas. Eu diria que toda vez que uso a camiseta, as ondas secam naturalmente mais alinhadas. Achei incrível notar.

Com certeza você deve ter uma camiseta de algodão velha por aí. Faz o teste e depois me conta!

4 – Hidrate seu cabelo! 

Cabelos ondulados estão ali no meio termo dos cabelos. Não dá para usar tantos óleos, como acontece com os cabelos crespos e cacheados. E também não dá para usar produtos muito neutros, porque senão fica com aspecto ressecado.

Mas hidratar é preciso! Então, pelo menos uma vez por semana eu uso um banho de creme (os que mais funcionam pra mim são o da linha Botica Cachos Perfeitos e o da linha Pós-Química) e uma manteiga (como a Pós-Química, a Queravit ou a Manteiga Vegetal). Veja aqui todas as opções.

5 – Escolha um finalizador que valorize suas ondas

Minha última dica é para finalizar. Vai ser uma escolha totalmente pessoal, eu sei. Mas posso contar aqui as que eu descobri que funcionam muito para os meus cabelos, de formas bem diferentes!

Uma é o finalizador do Spécialiste Resgate. Esse eu uso quando preciso secar os cabelos com secador e não quero que eles percam as ondas. Ele tem termoprotetor e é um pouco mais pesado, mas ao mesmo tempo ele deixa os fios super alinhados.

O outro é a Gelatina da linha Botica Cachos Perfeitos. Esse eu uso quando meu cabelo já está seco, mas não secou naturalmente com muita forma. Apesar de ser leve, ela tem uma fixação bem bacana e ajuda a segurar as ondas e criar um volume interessante. Sempre de baixo pra cima, amassando os cabelos.

E você? Como cuida do seu cabelo ondulado?

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre...

3 esfoliações para te deixar nas nuvens

28.nov.2018

Eu sou viciada em esfoliação. De verdade! Amo a sensação ao passar. Parece que a esfoliação me ajuda a focar no meu próprio corpo ao invés de ficar com milhões de pensamentos na cabeça, e isso é um ritual super relaxante para mim. Também amo como a pele fica depois. Lisinha e hidratada, uma delícia!

Por causa disso, eu estou sempre procurando formas novas de esfoliação. E hoje eu vim dividir com vocês alguns dos produtos da Bio Extratus que nunca saem da minha prateleira.

1) Sal Esfoliante da linha Botica Lavanda

Esse é item número 1 e obrigatório na minha lista. Quando estou com pouco tempo, uso no chuveiro depois do shampoo e condicionador, nos minutinhos finais do banho. E a essência de lavanda é a melhor para ajudar no relaxamento. Saio do chuveiro nas nuvens.

Nos dias que eu tenho mais tempo, eu aproveito a banheira e uso o sal esfoliante como sal de banho e fico ali, imersa em água quentinha e com cheirinho de lavanda. Praticamente esqueço da vida, é maravilhoso!

Se você ainda não sabe o poder da lavanda como relaxante, pode ficar por dentro clicando aqui e já pode garantir o seu aqui!

2) Pré-Shampoo esfoliante da linha Detox

Muito antes de eu conhecer os produtos da Bio Extratus (ou seja, há mais de 5 anos) o esfoliante capilar já era uma realidade na minha vida. Eu sempre tive muito acumulo de resíduos no couro cabeludo e a única coisa que me ajudava era esse tipo de produto.

Quando a Bio Extratus lançou a linha Detox, lá em 2015, eu quase morri quando vi que o pré-shampoo esfoliante era uma realidade! Desde então ele nunca mais saiu do meu chuveiro, e eu uso religiosamente toda semana.

A esfoliação é feita de forma suave por causa das sementes de damasco, e ele dá uma sensação refrescante que eu amo.

Se você ainda não conhece o Detox Capilar, te contamos tudo aqui!

esfoliante detox e lavanda bio extratus

.

3) Receitinha caseira: Propomel + açúcar mascavo!

Minha boca descama com facilidade, principalmente no inverno. As temperaturas muito baixas aliada ao tempo muito seco e à calefação deixam minha boca em estado de calamidade. O Propomel é meu aliado na maior parte das vezes para deixá-la hidratada, só que acabei descobrindo uma outra forma de usá-lo. Sim, como esfoliante!

Um pouco de açúcar mascavo (1 parte de açúcar para 2 de propomel) e eu consigo um esfoliante super eficiente, hidratante e a presença do própolis e do mel ainda ajudam na cicatrização dos lábios rachados. Sinceramente, é a forma que eu mais uso hoje em dia, adoro!

propomel esfoliante Bio Extratus

.

Vocês também adoram um esfoliante? Me conta, como vocês fazem com produtos da Bio Extratus?

Se quiser saber como esfoliar a sua pele da melhor maneira, confira esse passo-a-passo aqui!

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre...

Como Virar Ruiva Fez Com Que Eu Me Divertisse Mais

12.nov.2018

Eu passei boa parte da minha vida com californianas. Apesar das horas na cadeira do salão para retocar as mechas (para mim é a parte mais chata de todo o processo), eu amava a praticidade que era ter um cabelo onde não precisava retocar a raiz e que eu podia esperar de 6 a 9 meses para voltar ali. Mesmo assim resolvi pintar.

De 2 em 2 meses (apesar de já ter ficado 4), lá estou eu, no salão, retocando a raiz. E em uma dessas vezes, meu cabeleireiro me postou no seu Instagram com a seguinte legenda: “ruivas se divertem mais”.

Fiquei pensando nessa frase, que é tão atribuída para as loiras. Fiquei pensando o que o ruivo fez na minha vida. E tive que concordar. Desde que a Bio Extratus lançou a linha coloração e eu vi a gama de cores disponíveis, não tive nem uma duvida da minha escolha: cor 9.4! E apesar de eu usar ela com a OX de 20 volumes – o que dá um tom mais próximo do 8.4 – foi a escolha de beleza mais acertada que eu já fiz. Aqui eu falo um pouquinho sobre a mudança!

ruiva-bio-extratus-naturalmente-bonita

Crédito: Michelle Cadari

.

Já ouvi muita gente dizendo que minha escolha foi ousada. Eu achei ousada também. Eu sou o tipo de pessoa mais discreta, que não usa muitas coisas que chamem atenção, que quase sempre prefere passar despercebida pelos lugares. Mas eu queria algo além, por isso escolhi o ruivo.

As californianas, além de práticas, me davam essa sensação de estar camuflada nos ambientes. Eu só era mais uma mulher com mechas loiras em todos os lugares que eu ia. Hoje, tem muitas vezes que eu sou a única ruiva. Se eu to com o cabelo recém pintado e o ruivo está mais acobreado que nunca, então, isso chama muito a atenção. Mas não me importo, lá estou eu me divertindo. E o melhor? Mais segura do que nunca!

Me divirto mais porque descobri esse lado meu que não segue as regras. Existe essa ideia que ruivo não é um tom de cabelo que combina com todo mundo. Com certeza quem trabalha com coloração pessoal vai ter toda uma teoria que explica os motivos disso. Eu simplesmente ignorei qualquer possibilidade de regra, afinal, a escolha foi justamente para quebrar meus próprios padrões. E com eles, quebrar umas regrinhas também. Me senti mais ousada ainda. (rs)

E por fim, me divirto porque descobri que esse lado meu – que eu considerava ser ousado – na verdade me é muito natural. Sabe aquela história que a vida te vira pelo avesso e você descobre que o avesso era seu lado certo? No caso, o ruivo me virou pelo avesso e eu descobri que esse era meu lado certo. Me descobri mais poderosa, mais sofisticada, mais ousada – claro – e até mesmo mais sexy.

Hoje olho para as minhas fotos antigas e até gosto dos meus cabelos aloirados. Às vezes sinto uma certa saudade. Mas quando olho para o espelho hoje em dia e comparo com quem eu sou hoje em dia, tenho que concordar com meu cabeleireiro.

Sei lá se são todas as ruivas que se divertem mais, mas eu com certeza estou me divertindo.

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre...

Carregar Mais