Naturalmente Bonita

5 curiosidades sobre o Shitake

20.maio.2022

Popularmente conhecido como Shitake, conhecido cientificamente como Lentinula edodes, ele é um cogumelo comestível nativo no leste asiático. O shitake só chegou no Brasil durante a decada de 90’s mas não demorou para ficar conhecido pelas suas propriedades para a saúde e por ser rico em proteínas.  

O shitake é um fungo decompositor que é encontrado em arvores mortas, sua coloração é castanha e ele tem entre 5 a 10cm, a maior parte de sua produção no mundo vem do Japão, mas também em produzido em países como os EUA e a China. Sua composição de ativos pode depender da onde ele foi cultivado, mas é rico em proteínas, antioxidantes, vitaminas e fibras. Um aliado para quem mantem uma alimentação vegetariana ou com redução em consumo animal. Mas ele vai muito além disso. 

Amigo do coração 

O Shitake faz parte da lista de alimentos que são aliados para a saúde do nosso coração, ajudando a diminuir o colesterol, por ser rico em 3 enzimas chamadas Eritatenina, Sterol e Beta Glucano, que juntas bloqueiam, inibem e diminuem o colesterol, trio perfeito! Alguns estudos também conseguiram mostrar que uma dieta rica em shitake consegue previnir a formação de gordura no fígado e placas de gordura nas paredes das artérias, com relação as pessoas que não tinham recebido o shitake.  

Proteção de ossos 

A vitamina D é uma das mais difíceis de se encontrar em alimentos, por sempre vir em pouca quantidade, fazendo com que sua deficiência seja até comum. Importante para a saude dos ossos, e até para a saude emocional. Os cogumelos são a única fonte natural de vitamina D (D2) , e a sua quantidade vai depender de onde e como foram cultivados, quando durante esse processo eles forem expostos a luz UV ele produz uma quantidade maior desse composto, mas uma coisa é certa, ele é rico em vitamina D é uma ótima opção para não deixar faltar na sua rotina. 

Melhora de inchaços e inflamações na pele 

Os fungos presentes no shitake são ricos em ácido kójico, o segundo ácido mais popular encontrado nos cosméticos, que é responsável por deixar a pele brilhante e com aspecto saudável, além disso ele ajuda a diminuir inchados e inflamações na pele, ele é um dos maiores aliados dos cosméticos asiáticos sendo muito comum encontrar produtos de cuidados faciais com shitake na sua composição. 

Saúde do intestino  

Eu costumo dizer que o intestino é o cérebro do nosso corpo, porque qualquer problema nele acaba refletindo em outras partes, como na pele, na mente, cabelo, unhas, cabelo, humor, enfim. Uma dieta rica em fibras é super importante para quem costuma ter o intestino preso, e além de ser rico em fibras os cogumelos tem alguns fungos na sua composição que são importantes para a manutenção da nossa flora intestinal. 

Rico em acido fólico 

O principal cogumelo para se encontrar acido fólico é o shitake, além disso ele também é rico em fósforo, quando nosso organismo tem algum desses dois em falta pode acabar causando doenças cardiovasculares, câncer, e até doenças neurodegenarativas como o Alzheimer e Parkinson, além de resultar em má formação do feto e más formações congênitas em bebes. Para as gestantes, o acido fólico contribui para a boa formação do bebe, e alguns estudos dizem que ingerir ácido fólico na gravidez reduz as chances de o bebê nascer com algum grau do espectro de autismo (distúrbios de neurodesenvolvimentos). 

Esse cogumelo é tudo mesmo né? Existem mais um monte de motivos para você conhecer o shitake, e um dos meus motivos favoritos é para conhecer a linha de shitake de reconstrução nutritiva da Bio Extratus, todo seu poder de aminoácidos essenciais, e proteína para ajudar a recuperar a saúde também dos fios, aquela reconstrução poderosa que desmaia seus fios. 

Espero que tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre esse cogumelo tão especial, e se quiser ler mais sobre os assuntos que escrevo é só clicar aqui.

Samar Assal

Samar Assal, mas pode ser só Sah, goiana, filha de libanes, nutricionista. Ama gatinhos, viagens, bolo e cabelo ruivo.

O que muda na nossa alimentação no verão?

26.jan.2022

No verão, além do sol temos dias mais longos e mais claros, também costumamos praticar mais atividades fora de casa, seja com amigos, ou só entre a família mesmo, algumas pessoas inclusive aproveitam essa época do ano para fazer aquelas terríveis dietas milagrosas, que inclusive são muito prejudiciais a nossa saúde, por serem baseadas em grandes restrições de nutrientes, e em um curto período de tempo.

 

 

O verão precisa ser baseado em emagrecimento, principalmente quando nos pensamos em como ser saudável durante o verão, mas, claro que se você puder aproveitar os dias mais longos e mais claros para praticar atividades físicas vai ser incrível, mas isso não precisa, nem pode estar relacionado apenas a perca de peso, e sim em se manter saudável, e com mais energia para aproveitar os dias. Sua alimentação deve ser pensada em saúde nunca em calorias e medidas ok? 

Tá, mas agora o que eu preciso mudar mesmo na minha rotina durante o verão? 

1- Escolha alimentos da estação 

Hoje em dia a maioria dos alimentos estão disponíveis durante o ano todo, mas a realidade é que escolher montar uma rotina de alimentação baseada na estação é muito benéfica para nossa saúde, porque no decorrer das estações, os alimentos vão oferecer o que vamos precisar naquele momento. As frutas e legumes do verão por exemplo, geralmente possuem mais agua na sua composição, o que nos ajuda no processo de hidratação, e um valor energético menor porque nesse momento o que nosso corpo mais precisa é agua. Alguns exemplos dessas frutas e legumes são a melancia, o melão e o pepino. 

Outra dica são as frutas cítricas, que vão ajudar a refrescar o corpo e a produção de colágeno, deixando a pele com um aspecto melhor, porém sempre tome cuidado com manusear essas frutas e ter contato com o sol, pois elas podem causar queimaduras na pele. 

 

2- Cuidado com a manipulação dos alimentos 

Nessa época do ano os incidentes relacionados a intoxicação alimentar aumentam muito, devido as altas temperaturas, e ao mal cuidado durante a manipulação dos alimentos, sempre verifique a procedência dos alimentos, e na hora de guardar se atente aos prazos de validade e temperatura de conservação, evitem deixar alimentos expostos por muito tempo na mesa ou fora da geladeira.  

3- Hidrate-se  

Essa dica não é segredo, é super importante se hidratar em todas as estações do ano, ainda mais no verão devido a maior exposição ao sol. Carregue sempre consigo uma garrafa de agua, e nunca substitua agua por sucos ou outras bebidas, porque a ingestão da agua sempre vai ser importante ao nosso organismo.  

Sabe aquela moleza que da quando o calor esta intenso, ou logo após uma caminhada? Pode ser sinal de desidratação, então esteja atento a quantidade de agua ingerida, aos que gostam de ingerir bebidas alcoolicas ainda mais cuidado porque o alcool aumenta a eliminação de líquidos pelo nosso organismo.  

4- Aproveite a vitamina D 

A vitamina D é extremamente importante para nossa saúde, mais importante ainda para a saúde da mulher porque com o cálcio ela vai ajudar na prevenção da osteoporose, e ainda mais ainda após lidarmos com a covid-19 (deficiência de vitamina D foi relacionado a casos mais graves da doença), então é importante que você aproveite para tomar sol durante essa época no horário da manha ou no final da tarde (evite o sol dos horários de pico 10h a 16h).  

Agora é anotar, e aproveitar o verão da melhor forma possível, e caso vocês queiram ler outras dicas minhas relacionadas a saúde e a alimentação é só clicar aqui

Samar Assal

Samar Assal, mas pode ser só Sah, goiana, filha de libanes, nutricionista. Ama gatinhos, viagens, bolo e cabelo ruivo.

5 Motivos Para Amar Chocolate

20.dez.2021

Acho que não existe ninguém que não ame chocolate, pode ser para você ou até mesmo para presentear aquela pessoa importante na sua vida, o chocolate vai além da sobremesa, é usado na saúde, nos cosméticos, e claro, nos restaurantes. 

Hoje vocês vão se apaixonar ainda mais pelo chocolate porque vou te contar 5 motivos para ama-lo. 

1- Pode ajudar a previnir o envelhecimento precoce  

O cacau presente no chocolate é rico em antiooxidantes, como os flavonoides que podem atuar combatendo os radicais livres, que são os culpados pelo envelhecimento precoce do nosso organismo, e que a suas presença também esta associada a alguns tipos de canceres. Além disso o cacau é rico em minerais, vitaminas e gorduras de boa qualidade, para esses beneficios é sempre indicado procurar aquele com uma maior porcentagem de cacau, ou o próprio cacau em pó que pode ser usado na produção de bolos. 

2- Pode ajudar a cuidar da nossa pele 

Muita gente acaba associando o consumo de chocolate ao aparecimento de acnes e aumento de sebo (oleosidade da pele), mas isso é um mal entendido, na verdade o que acontece é o consumo de açúcar, que pode estar presente nele contribui para isso, e não o chocolate em sí. O cacau é rico em magnésio, selênio e zinco, que são nutrientes importantes para a saúde da pele. Outro aspecto importante do cacau para a saúde da nossa pele é que o consumo de cacau pode estar relacionado ao aumento no fluxo sanguíneo cutâneo, à proteção contra os danos causados pelos raios ultravioleta e à diminuição da rugosidade e descamação da pele. Nesse caso além dos cosméticos para a pele com chocolate, é indicado consumir os chocolates com um maior percentual de cacau.  

3- Chocolate na saúde dos fios  

Lembra que eu mencionei que no cacau também encontramos uma grande quantidade de gordura boa? Pois essa mesma gordura boa pode ajudar a cuidar da saúde dos fios, na nutrição e na hidratação deles. A linha de cacau ruby da Bio Extratus também conseguiu trazer os benefícios antioxidantes do chocolate para os fios, restaurando a saúde do cabelo. Minha dica para abusar desses benefícios é a linha + Brilho feita com o cacau ruby da Bio Extratus que suaviza a textura do cabelo, aumenta o brilho e maciez dos cabelos, combate a desidratação. 

4- Melhora na qualidade de vida 

O chocolate é o melhor antidepressivo natural, essa fama veio devido ao cacau conter nutrientes como magnésio e triptofano, que estimulam o organismo a produzir endorfina e serotonina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar, prazer e relaxamento.  

Além disso ele também ajuda na saúde da nossa mente, alguns estudos já mostram que comer cacau com alto teor de flavanol melhorou o fluxo sanguíneo do cérebro. Assim, o chocolate também pode melhorar a função cognitiva em adultos mais velhos com comprometimento cognitivo leve, além de beneficiar a fluência verbal. Ele também possui cafeína e teobromina, substâncias que contribuem para estimular o sistema nervoso e que consequentemente, garantem mais energia e uma certa concentração necessária para as tarefas do dia a dia. 

Como os outros benefícios da lista para conseguir aproveitar esses o ideal também é optar pelos chocolates com uma maior porcentagem de cacau. 

5- Prevenção de doenças causadas pela obesidade  

O consumo de chocolate com uma maior porcentagem de cacau tem ação comprovada na redução da inflamação crônica causada pela obesidade, e também provoca uma redução nos índices de triglicerídeos no fígado e insulina no sangue. O excesso dessas substâncias é relacionado ao surgimento de doenças como diabetes tipo 2 e esteatose hepática. Estudos mostram ainda que o consumo de cacau reduz os danos nos vasos sanguíneos e a pressão arterial no fígado. 

O cacau também é comprovadamente um protetor do coração, isso por conter os antioxidantes catequinas e procianidinas, ajudam a inibir uma enzima que eleva a pressão arterial, melhorando a circulação sanguínea e trazendo benefícios para a saúde do coração. O composto de gorduras boas presente no chocolate podem melhorar também os níveis do colesterol ruim e ainda ajudam a aumentar o HDL, o colesterol bom.  

Vai falar que não chegou até aqui apaixonada pelo chocolate? Espero que tenham gostado de aprender mais sobre e se quiserem ler mais artigos que escrevi é só clicar aqui.

Samar Assal

Samar Assal, mas pode ser só Sah, goiana, filha de libanes, nutricionista. Ama gatinhos, viagens, bolo e cabelo ruivo.

O Mel na Saúde e nos Cosméticos

10.nov.2021

Já comentei aqui com vocês um pouco sobre como o mel é produzido, alguns dos benefícios que ele proporciona para a saúde, mas hoje vou contar um pouco mais sobre esse alimento tão famoso e importante que faz parte da nossa história a milhares de anos.

O mel é um alimento em estado líquido com textura viscosa, produzido pelas abelhas a partir de uma substância chamada néctar. Os primeiros registros de seu consumo são entre 5.500 antes de Cristo, no antigo Egito, existem relatos do seu consumo na Bíblia, no Alcorão e nos Vedas indianos.

Por não ter prazo de validade, um pote de mel de 3 mil anos ainda comestível já foi encontrado em uma antiga tumba egípcia, isso acontece porque ele é um açúcar e é higroscópico, o que significa que ele tem pouca água em sua composição, mas pode absorver a umidade se é exposto a ela, fazendo com que seja difícil um microorganismo sobreviver nesse ambiente. Além disso, o mel é acido seu pH fica 3 e 4.5 e essa acidez também acaba matando os microorganismos que se desenvolveriam ali.

Aliado na saúde como alimento 

Sempre que falo de mel como alimento, gosto de lembrar que ele é um açúcar e que nesse caso como alimento ele não é indicado para pessoas que tenham dietas com restrições de açúcares, como o caso da Diabetes (mas calma lá que você diabético pode usar o mel e seus benefícios de outra forma, já chegamos lá.).

Sua maior fama na saúde já é conhecida muito bem pelas avós, que é aliado a dores de gargantas, isso acontece porque ele possui ação antimicrobiana, capaz de impedir o crescimento ou destruir micro-organismos, aliviando a dor de garganta momentaneamente. Mas ele pode ser muito mais que isso, o mel participa da síntese da serotonina, que é o principal neurotransmissor pela sensação de bem-estar no nosso corpo, fazendo com que ele possa contribuir também para diminuir os sintomas do estresse, que vão desde a ansiedade até a depressão.

E não para por aí porque ao estimular a síntese da serotonina no organismo, ele também contribui para evitar a insônia e melhora a qualidade do sono. O mel também é conhecido por ter em sua composição propriedades que são antioxidantes, ajudando a combater os radicais livres, sendo alguns dos responsáveis pelo desenvolvimento de células cancerígenas. Fora esses existem muitos outros benefícios que podem ser associados ao consumo de mel na nossa alimentação de maneira equilibrada.

Como consumir como alimento 

Para que todos os benefícios do mel consumido como alimento sejam notados o ideal é adicionar ele de alguma maneira a sua rotina alimentar, o seu poder de adoçar é duas vezes mais forte que o do açúcar comum, então sempre com cautela na quantidade, o que se fala sobre a quantidade ideal a consumir no dia seria cerca de 2 colhes de chá por dia a um adulto, você pode adicionar ele em frutas, iogurtes, bolos, pães, cerais e até bebidas como chá, sucos e café tudo de acordo com seu gosto pessoal.

Outra informação importante é que além das pessoas com dietas em restrições de açúcares como diabéticos, o consumo de mel como alimento também não é recomendado para bebês menores de um ano, isso porque o seu aparelho digestivo ainda não esta completamente maduro (eles ainda não têm aquela famosa flora intestinal), e algumas bactérias que podem estar presentes nele podem causar o que chamamos de botulismo infantil que causaria uma infecção intestinal grave.

O mel nos cosméticos 

O mel também é usado a milênios de anos em cosméticos, existem algumas lendas que dizem que a rainha Cleópatra do Egito usava uma mistura de lápis-lazúli (uma pedra preciosa), malaquita, ocre e mel para pintar as suas pálpebras, e que os egípcios ferviam o néctar em uma mistura de incenso, mirra e casca de canela para perfumar as roupas e deixar o hálito fresco.

Hoje em dia a indústria dos cosméticos evoluiu, e você consegue encontrar o mel e milhares de diferentes produtos, de todos os tipos, seja em maquiagens, perfumes, cremes para o corpo e produtos de skincare.

Um dos motivos dele ser tão popular nesse meio é o mel ser um grande umectante natural (eu sei meninas eu sei, só melhora) e os seus açúcares naturais são semelhantes aos fatores hidratantes da nossa própria pele e dos nossos tecidos epiteliais, hidratando peles secas, frágeis e o mesmo acontece também para o cabelo. Ou seja, ele hidrata e nutri tanto fios quanto pele. 

Cabelo e o mel 

A Bio Extratus recém lançou uma linha toda feita com mel, pensando justamente nesses benefícios de nutrição e umectação, adicionando ao mel a chia (para emoliencia) e colágeno (para hidratar e criar uma camada protetora aos fios). Essa linha atua como preenchedora de falhas, sendo ideal para os cabelos porosos (que passaram por muita química como secador, chapinha, tinta, etc.). Perfeita né?

O melhor é que os benefícios em cosméticos podem ser utilizados em qualquer adulto, então se você não consegue adicionar ele na sua dieta, pode adicionar a sua rotina de beleza de alguma forma. Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre o mel, e se quiserem ler mais artigos que escrevi é só clicar aqui.

Samar Assal

Samar Assal, mas pode ser só Sah, goiana, filha de libanes, nutricionista. Ama gatinhos, viagens, bolo e cabelo ruivo.

Você está se cuidando?

20.out.2021

Olá, Naturalmente Bonita tudo bem? Acredito que este post não será um post muito fácil de escrever, pois o mês Outubro Rosa mexe muito comigo e confesso que é um assunto que tem que ter muita atenção. E estamos aqui justamente para te orientar e te ajudar a ter uma qualidade de vida melhor. Somos amigas, não é mesmo? E por isso começo te perguntando: você está se cuidando?

Outubro é o mês do Movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. Durante todo o mês, comemora-se o Outubro Rosa, que visa conscientizar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce. Esse mês é um ato de contribuir para a redução da mortalidade por câncer de mama.

O QUE É CANCER DE MAMA E O QUE É CAUSADO?

Você sabia que o câncer da mama é o que mais acomete as mulheres em todo o mundo? “O câncer de mama é causado pela multiplicação desordenada das células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem mais lentamente. Esses comportamentos distintos se devem às características próprias de cada tumor”.

COMO PREVENIR O CÂNCER

Na minha família, a tia da minha mãe teve Câncer de Mama e hoje ela está recuperada da doença. E como eu posso previnir pra não acontecer comigo também? Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis e a realização de exames preventivos com frequênciapodem diminuir o risco. Alguns hábitos:

• Faça atividades físicas para gerar energia e bem-estar
• Não fume!
• Alimentação saudável protege contra o câncer;
• Manter o peso corporal adequado;
• Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
• Evitar o uso de hormônios sintéticos, como anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal;
• Amamentação! O aleitamento materno é a primeira ação de alimentação saudável.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS E SINAIS?

Só você conhece melhor que ninguém o seu corpo. É importante você fazer o autoexame em você. E quando falamos de câncer de mama, quanto mais cedo descoberto, maiores são as chances de cura.

Lembrando que esse exame não substitui o exame clínico das mamas realizado por um profissional de saúde treinado.

O sintoma do câncer de mama mais fácil de ser percebido pela mulher é um caroço no seio, acompanhado ou não de dor. Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja também são alguns dos sinais. Podem aparecer pequenos caroços embaixo do braço, alterações no bico do peito (mamilo) e também saída espontânea de líquido dos mamilos.

IMPORTÂNCIA FAZER EXAME E CONSULTAR COM MÉDICO!

Outra forma importante de prevenção (ou detecção precoce) são os exames de rotina. É super importante fazer a mamografia, um exame de imagem que detecta os nódulos, mesmo os pequenos, que não são palpáveis

A Mamografia é o exame mais importante no combate ao câncer de mama, deve ser realizada anualmente em mulheres com mais de 40 anos, idade em que o risco de desenvolvimento do câncer de mama começa a aumentar.

A mamografia é capaz de diagnosticar o tumor quando ele ainda tem menos de 1 centímetro, tamanho em que o nódulo ainda não está grande o suficiente para ser percebido no autoexame.

Não se esqueça de ir ao médico, fazer acompanhamento! Ao diagnosticar uma doença precocemente, as chances de cura aumentam bem como a sua qualidade de vida. Aqui na minha casa minha mãe infelizmente faleceu de câncer. Mas, não foi câncer de mama, foi Carcinoma Neuroendrócino Pulmonar, só que se espalhou para os peitos. E digo, que se ela tivesse feito vários exames antes de descobrir a doença, a chance era bem grande de sobrevivência.

Fica a alerta para todos que estão lendo esse post, faça o autoexame, faça exames, converse com amigas, converse com a gente! Estamos sempre aqui dispostos a te ajudar em qualquer assunto. Não deixe de cuidar da sua vida! Você realmente está se cuidando?

Um beijão!

Bianca Sales

Bianca é de Goiânia e fala sobre moda, beleza e entretenimento em seus canais. As mulheres podem abusar nas dicas de combinações de roupas, maquiagens, ou seja, o universo feminino.​

Carregar Mais