Naturalmente Bonita

O Outubro Rosa Quase Acabou, e Você Mudou Algum Hábito?

30.out.2019

Eu sei que Outubro já está acabando. E com ele, o mês do Outubro Rosa, para gerar conscientização sobre o câncer de mama. Mas a verdade é que câncer de mama é algo que deveria ser debatido com mais frequência durante todo o ano. Um mês sozinho ou o autoexame não bastam.

outubro rosa

Segundo o INCa, “o câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino. Para o Brasil, foram estimados 59.700 casos novos de câncer de mama em 2019, com risco estimado de 56 casos a cada 100 mil mulheres.”

Parece pouco, mas é muita gente, e como o público de Bio Extratus é majoritariamente feminino, a gente precisa falar sobre isso por aqui também, aproveitando o Outubro Rosa.

Não é prudente dizermos que o câncer de mama tem uma única causa, mas alguns hábitos saudáveis podem reduzir o risco em cerca de 30%. Atividade física e alimentação balanceada ajudam, manter um peso considerado saudável pode cooperar e até mesmo existem estudos que amamentar pode ajudar a proteger a mulher. Eu sei que nem sempre dá para seguir tudo isso, mas acredito que se olhar com mais atenção e amor também pode ajudar nesse processo de vigiar nossa saúde. Evitar exageros em geral (de qualquer lado) e buscar estar sempre com as consultas e exames em dia ajuda muito. Se você pode manter a frequência no ginecologista, isso pode fazer toda diferença.

O diagnóstico no início faz toda a diferença na cura. Então, por mais distante que isso possa parecer para nós, precisamos nos manter vigilantes e atentas ao nosso corpo e nossa saúde. O INCA deixa claro que os principais sinais e sintomas da doença são: caroço (nódulo), geralmente endurecido, fixo e indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja, alterações no bico do peito (mamilo) e saída espontânea de líquido de um dos mamilos. Também podem aparecer pequenos nódulos no pescoço ou na região embaixo dos braços (axilas).

O Ministério da Saúde acredita na campanha Outubro Rosa 2019 reforçando três pilares estratégicos no controle da doença: prevenção primária, detecção precoce e mamografia.  A campanha se chama “Cada corpo tem uma história. O cuidado com as mamas faz parte dela”. Dar esse destaque à esse tema é fundamental, mas não só em outubro.

Acho que, além de ficarmos atentas, é muito importante o acompanhamento da ginecologista durante nossa vida adulta. Exames de toque e imagem são importantes, além de muita informação. Eu vou à ginecologista de ano em ano, mais ou menos nessa época de Outubro Rosa. Deixo tudo em dia e a qualquer sinal estranho, contacto minha médica. Eu sou bem atenta, mesmo com 33 anos, mas mulheres de 50 a 69 anos devem fazer mamografia de rastreamento a cada dois anos. Isso não é em vão. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes de a pessoa ter sintomas. Existem evidências científicas que comprovam o benefício desta estratégia na redução da mortalidade neste grupo de mulheres.

Além dessa consulta anual, também faço sempre meus exames e acredito na saúde como um todo. Da mesma forma que o sedentarismo é um fator de risco para muitas doenças, acredito que cuidar da saúde mental e emocional nos ajuda a preservar nosso corpo, cuidando dele como um todo. Justamente por isso aposto em cuidados que vão além dos exercícios para o corpo físico. Faço terapia e busco uma série de práticas que me trazem bem estar e amor próprio. Acredito que odiar o nosso corpo pode impactar muito em como lidamos com nossas dores e doenças.

Então, o objetivo desse texto de Outubro Rosa é que a gente se proponha novos hábitos sustentáveis para o longo prazo. Que nossa alimentação tenha um pouco de tudo que pode nos nutrir e fortalecer. Que nossos exercícios sejam menos sobre culpa, e mais sobre reconexão e prazer. Que nossa autoestima e saúde mental nos permitam estarmos seguras de quem somos. E que, cada vez mais, a gente cuide da gente por amor, porque por ódio essa atenção e cuidado não se sustentam.

Nos enxergando como um todo – corpo, mente e emoções – nós podemos muito mais. Estejamos atentas e vigilantes porque saúde é um conceito que engloba algo muito maior. Acreditar na gente, nos nossos cuidados e nos nossos processos de cura podem fazer toda diferença em nossas mudanças de hábitos e tratamentos.

Não deixe o outubro rosa passar em vão, se conscientize, cuide de você!

Joana Cannabrava

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de r...

Você Já Ouviu Falar em Suplemento Alimentar Para Cabelo?

21.out.2019

É isso mesmo que você leu no título: já ouviu falar em suplemento alimentar para cabelo? Sei muito bem que quando você descobre isso fica se perguntando “Mas qual a necessidade? Será que faz diferença? Mas por qual motivo eu tomaria isso?” Eu te falo de maneira bem direta: a saúde do nosso fio não se deve apenas ao que colocamos nele. A saúde começa de dentro pra fora.

suplemento alimentar

Por que suplemento alimentar?

Tenho certeza que, em algum momento da sua vida, já ouviu dizer que se comer determinado alimento ele ajuda no crescimento dos fios. Na verdade uma alimentação saudável sempre ajuda na saúde do nosso cabelo. Porém, nem sempre o corpo consegue absorver todo o potencial do alimento. E é aí que entram os suplementos!

Normalmente em cápsulas, são um complexo de ativos focados em determinadas necessidades. Existem suplementos que ajudam na firmeza da pele, na oleosidade da pele, na proteção contra a radiação, e também na saúde e crescimento dos cabelos e unhas! Tudo tratando de dentro pra fora.

Qual o resultado?

É bom frisar que nada disso acontece do dia para a noite. Os tratamentos com suplementos acontecem por no mínimo três meses e as cápsulas são ingeridas diariamente (na maioria das vezes durante alguma refeição). Não é mágica, e sim um tratamento que colabora para a saúde dos fios e, consecutivamente, ajuda no crescimento.

Em geral os suplementos alimentares com este fim são bem seguros, mas é sempre bom ingerir após prescrição médica. A médica sempre levará em consideração as necessidades de cada paciente e o seu estado atual.

Eu comecei a utilizar suplementos vitamínicos em 2012 e consumo até hoje. Tem meses que faço uma pausa e depois volto a tomar. Gosto porque percebo a diferença e tudo isso sendo acompanhada pela minha dermatologista.

Lembrando que podem ser utilizados por homens e mulheres respeitando a idade de indicação médica.

Quer garantir o seu suplemento Força da Bio Extratus? Clique AQUI!

Maraisa Fidelis

Paulistana de 28 anos completamente apaixonada pela família. Formada em marketing mas escolheu trabalhar com beleza, que é o que lhe encanta. Fala feito louca, ri descontroladamente e quer apenas aj...

Resoluções Para 2019 e Receita de Suco Verde

5.fev.2019

Há quem diga que o ano só começa depois do Carnaval e adia decisões importantes para depois dessa data. Outros fazem planos e tem o hábito de escrever uma lista de resoluções para o ano, que muitas vezes acaba esquecida em alguma gaveta ou anotação no celular.

Começar a fazer exercício, parar de beber e emagrecer são algumas das resoluções comuns, principalmente após os exageros das festas de fim de ano, que costumam cobrar a conta em janeiro.

Pensando nisso e que janeiro é o mês do meu aniversário (fiz 37 anos dia 21!) e também o ano que completo quatro anos livre de bebida alcóolica, gostaria de compartilhar com vocês o que essa decisão mudou na minha vida. E que uma das minhas resoluções para 2019 é tomar suco verde, todos os dias. Ah, tem receitinha deste maravilhoso suco detox, no final do post e você deve consultar um nutrólogo ou nutricionista para saber se pode tomar o suco diariamente também. ?

Durante muitos anos, assim como a maioria das pessoas que conheço, considerava normal beber socialmente. Vez ou outra extrapolava e acordava desidratada, com a boca seca, dor de cabeça e aquela ressaca moral mais a sensação de ter sido atropelada por um caminhão.

via GIPHY

O álcool é uma droga socialmente aceita e incentivada e os seus efeitos são nocivos para a saúde, mesmo que em pequenas quantidades. Segundo estudos recentes, não há níveis seguros de consumo de bebida alcoólica. Ainda, segundo o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), o consumo de álcool entre as mulheres, aumentou de 34,5% de 2006 a 2012, causando prejuízos nas suas relações pessoais, familiares e profissionais.

Hoje, no dia seguinte a uma festa, me sinto ótima e pronta para começar mais um dia, cheia de energia. É uma alegria profunda, que dura o dia todo e não algo passageiro, como a alegria que um drink me proporcionava, mas que acabava após alguns goles. Em ocasiões festivas, brindo com água, suco integral de uva ou até mesmo com algum drink elaborado, como kombucha de frutas. Fazer essas substituições ajuda muito, afinal o que importa mesmo é celebrar a vida com as pessoas que amamos.

 

Como Mudar Hábitos?

Abandonar um hábito já consolidado pode ser extremamente desafiador. Quando decidi parar de beber, comecei a praticar yoga e meditação. Diariamente. Dizem que o nosso corpo leva cerca de 21 dias para aprender um novo hábito. Sigo essa rotina matinal de praticar yoga e de meditar desde então. O objetivo está longe de postar fotos em poses dificílimas nas redes sociais. Pra mim, a prática mais simples é o que faz sentido e é a melhor forma de começar o dia, alinhando  corpo e alma. É como se fosse uma higiene mental, logo que o dia se inicia, que faz com que eu me sinta conectada, o dia todo. Depois de tudo, faço uma oração e agradeço por mais um dia e por todas as oportunidades de aprendizado.

Que tal trocar o álcool por exercício, meditação ou por suco verde todo dia?

Entre os principais benefícios de cortar o álcool destaco os seguintes:

  • Curar a gastrite e refluxo sem remédios
  • Desintoxicar o corpo
  • Autoconhecimento
  • Corpo hidratado
  • Criar novas receitas de drinks sem álcool
  • Economia
  • Lembrar de tudo no dia seguinte
  • Livre de ressaca moral

Vamos à receita do suco verde detox?

Quanto ao suco verde, ele tem inúmeros benefícios e é perfeito para quem busca mais saúde e energia, mas tem preguiça de ingerir saladas. Naturalmente, comer saladas é importante, todos os dias, mas se você ainda não tem esse hábito, pode começar com o suco.

Receita:

1 litro de água de coco natural

1 pepino orgânico grande, com casca

3 folhas grandes de couve ou 5 folhas pequenas

Folhas verdes opcionais: espinafre, coentro, salsinha, folha de brócolis, folha de cenoura, folha de beterraba, Ora-Pro-Nobis, beldroega..

1 pedaço de gengibre de cerca de 3cm

1 pedaço de cúrcuma

Modo de preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador, coar (se preferir) e ingerir em seguida.

Se fizerem a receita, marquem o meu perfil @nandacuryx no Instagram .

Sou grata a Bio Extratus por continuarmos juntas no Blog Naturalmente Bonita, em 2019!

Desejo um ano novo repleto de amor, saúde e de superação.

Beijos e até a próxima.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Movimento Setembro Verde incentiva a comer mais frutas e vegetais

12.set.2018

Você come frutas e vegetais diariamente? Se sim, será que consome o suficiente? A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que devemos ingerir no mínimo 400g de frutas e hortaliças por dia. No entanto, o consumo médio no Brasil é de 145g por dia, muito abaixo das recomendações.

Nesse cenário, com o objetivo de desenvolver ações para incentivar o consumo de frutas e de vegetais, foi criado o Movimento Setembro Verde. A ideia da campanha é conscientizar mais pessoas sobre a necessidade de adotar hábitos alimentares mais saudáveis.  

Mas o que isso tem a ver com beleza, Nanda Cury?

A beleza é um reflexo externo de como tratamos o nosso corpo por dentro. Uma alimentação adequada reflete em mais hidratação para a pele e um cabelo mais saudável, por exemplo. Isso quer dizer que os cosméticos que usamos apenas complementam o nosso autocuidado.  

Listei algumas dicas para quem quer se desafiar a comer mais frutas e vegetais, a partir de agora:

Coma frutas no café da manhã

Elas são os alimentos ideais para o desjejum, pois são ricas em água, vitaminas e fibras, além disso, fornecem energia rapidamente.

.

Descasque mais, desembale menos

As frutas já vêm naturalmente embaladas, portanto, são o melhor lanche para carregar na bolsa ou na mochila.

.

Faça compras semanais em feiras livres, quitandas e hortifrutis.

Assim você mantém o foco em comprar alimentos in natura (lembre de levar a sua sacola reutilizável na bolsa).

.

Troque o refrigerante por água saborizada com pedaços de frutas

É só picar suas frutas favoritas dentro de uma jarra com água e guardar na geladeira.

.

Inclua saladas nas refeições

Cultive o hábito de comer saladas com folhas frescas e vegetais crus. Seja como acompanhamento ou como prato principal, comer mais folhas e vegetais é necessário para uma boa digestão e para absorver nutrientes essenciais desses alimentos. Capriche na escolha dos ingredientes, misture frutas e folhas e delicie-se!

.

Experimente trocar uma refeição de comida cozida por uma enorme salada de frutas

.

Considere a alimentação vegana

Está provado que a alimentação vegana, baseada em alimentos integrais como frutas e hortaliças, fornece todos os nutrientes que precisamos, além de preservar a vida dos animais e o meio ambiente. Se quer melhorar os seus hábitos alimentares, procure incluir o máximo de frutas e de hortaliças que puder. E, se precisar de ajuda, procure um médico ou nutricionista para orientar a sua transição alimentar.

.

Compartilhe as suas conquistas

Que tal usar as redes sociais para celebrar cada vitória e ainda inspirar mais pessoas a fazerem o mesmo? As fotos das frutas e das saladas são supercoloridas e chamam bastante atenção. Compartilhe os seus novos hábitos nas redes sociais com a hashtag #movimentosetembroverde e marque @nandacuryx  no Instagram.

.

Vamos comer melhor? A ideia é começar em setembro, mas pode continuar a para a vida toda.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Tapioca ou crepioca? Qual a melhor opção?

18.jun.2018

Muito se fala sobre o consumo da tapioca em substituição aos pães, quando o assunto é perda de peso. Porém, o que muita gente não sabe é que a tapioca tem um índice glicêmico alto (praticamente similar ao açúcar), quase não tem fibras e pode comprometer um programa de perda de peso se não for usada corretamente.

Quando queremos perder peso, o mais recomendado é usarmos alimentos de baixo índice glicêmico. Nesse caso, uma alternativa interessante seria, por exemplo, a crepioca (1 colher de sopa de goma de tapioca + 1 ovo + 1 colher de sopa de cottage). Se você colocar um pouco de linhaça ou chia (gorduras do bem), melhor ainda!

 

Adicionando proteínas e gorduras boas, conseguimos reduzir o índice glicêmico da preparação, reduzindo picos de insulina que podem aumentar as chances de você acumular gordura.

O importante é adequar o seu plano alimentar e fazer isso de forma orientada, sem que você deixe de comer as coisas que gosta. Lembre-se que o impacto que o alimento tem no seu organismo faz toda a diferença para que você consiga alcançar seus objetivos.

Portanto, na grande maioria dos casos (porque em dieta tudo depende!) a crepioca costuma ser uma melhor opção para aquelas pessoas que buscam reduzir o peso corporal.

 

Consulte sempre seu nutricionista!

Renata Rodrigues

Nutricionista formada na UNI-BH, Renata sempre se preocupou com a forma física e com hábitos alimentares saudáveis. Possui cinco pós-graduações concluídas e uma em curso – em Manejo Nutricion...

Carregar Mais