Naturalmente Bonita

Desabafo de uma gorda que namora

11.jun.2018

Prazer, esse é o Rodrigo. Nós nos conhecemos no dia 1o de janeiro de 2016, no sítio da minha família. Ele é primo da noiva do meu primo, que inclusive vão se casar neste mês de junho. Conversamos bastante nesse dia, trocamos mil ideias, jogamos truco, bebemos cerveja. Eu adicionei Rodrigo no facebook. Ele puxou papo e pediu meu whatsapp. Ele me convidou pra sair. Eu sugeri cinema. Começamos a nos falar todos os dias e sair pelo menos uma vez por semana. Desde o primeiro dia em que nos conhecemos, nunca deixamos de nos falar nem um diazinho. Em março começamos a namorar, nunca lembro o dia certo, ele sempre puxa minha orelha por isso.

Não sou muito de expor meu relacionamento nas redes sociais por uma questão minha mesmo, de querer preservar um pouco essa parte da minha vida. Mas, de uns tempos pra cá, senti necessidade de falar sobre um assunto específico que eu não sabia o tanto de mulheres que são atingidas por ele: o fato de uma gorda namorar um cara magro. Ou simplesmente mais magro que ela. Ou mais forte, enfim. Rodrigo é 100% adepto de academia, se deixar vai até sábado e domingo. Mesmo assim, nunca me cobrou nada com relação ao corpo ou afins, nem eu o cobro também.

Desde que ele começou a aparecer um pouco em stories, fotos no meu perfil pessoal, marcações com amigos e até mesmo no encontrinho que fiz aqui em BH, muitas mulheres vieram me perguntar sobre como namorar sendo gorda, como não basear qualquer frustração amorosa no peso, como não se sentir pra baixo por causa de questões do corpo. E pra mim é muito simples: eu não sou só um corpo.

Rodrigo não me vê só como um corpo, apesar de ter certeza que ele gosta do meu. Nosso relacionamento definitivamente não é pautado na base da perfeição. Ele é pautado nos memes que a gente se marca no facebook, nos rolês com nossos casais de amigos que a gente tanto ama, no sushi que a gente marca de vez em quando no meio da semana pra sair da rotina, nas séries que a gente maratona no fim de semana e quase afunda o sofá de tanto ficar deitado.

Quando a gente cria um relacionamento baseado apenas na estética, a chance dele ruir é gigantesca. Isso não quer dizer que não precisa ter atração física. Mas quem somos nós pra falar o tipo de pessoa que atrai outra pessoa? Quem somos nós pra pautar que apenas um tipo de corpo deve ser desejado e qualquer outro deve ser infeliz no amor eternamente e nunca será amado? Difícil engolir, mas fácil de entender, né?!

Nunca consegui pensar na idéia de que seria infeliz pra sempre por ser gorda. Muito menos que alguém me trocaria por outra pessoa dentro do padrão apenas por estética. Aliás, se existe alguém que faz isso, essa pessoa é babaca. Até porque, padrões mudam, beleza passa e o que fica é o que temos dentro da gente. Então, vamos aproveitar esse dia 12, namorando ou solteira, culpando menos nosso próprio corpo e nos amando mais pra depois entregar amor a outras pessoas.

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, resenhas com opiniões reais sobre produtos acessíveis e conteúdo sobre autoestima e feminismo. Ana sabe que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo, deixando sua marca em cada peça e independente do tipo de corpo. Hoje trabalha com consultoria de moda e imagem, marketing digital e com produção de conteúdo em seu blog Cinderela de Mentira.

Ana Luiza Palhares

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, rese...

Aprendi que amar é bom, mas se amar é maravilhoso!

15.mar.2017

Sou uma shopaholic assumida e, em uma de minhas visitas ao meu shopping favorito, entrei em uma loja na qual não conhecia. As cores e estampas me chamaram a atenção, fiquei encantada com o caimento dos tecidos. 5 minutos dentro do estabelecimento e um total de 0 vendedoras para me atender. Loja vazia de clientes e com 3 funcionários que fizeram questão de me analisar de cima a baixo antes da singela pergunta: “posso ajudar?”. Quando perguntei sobre a numeração de um vestido, ouvi que não tinham peças para gente “do meu tamanho”. Detalhe que na época eu vestia 44. Fiquei atônita e sai da loja engasgada, pensando em fazer vários textões no facebook divulgando para o mundo o ocorrido.

Nós mulheres muitas vezes nos vemos bombardeadas de informações sobre o corpo “perfeito”, seja em revistas, TV ou até mesmo em blogs de moda. Depois do fato ocorrido comigo nessa loja, comecei a pensar no quanto o padrão imposto pela sociedade sempre será inalcançável. Na renascença italiana, em meados dos anos 1600, o corpo gordo era idolatrado. A mulher que possuía barriguinha saliente, seios fartos e quadril avantajado era tratada como o padrão de beleza, uma vez que na época poucas mulheres eram gordas e na maioria das vezes eram nobres. E as magras nessa época, como ficavam?

Pulando algumas gerações e caindo dos anos 30 à 50, o corpo ampulheta era o tido como ideal. Seios bem fartos, quadris avantajados e uma cinturinha de causar inveja em mulheres mais magras ou mais gordas, que ficavam à margem neste padrão. Também passamos pelos anos 60 e 90 onde quanto menos curvas, melhor. Um corpo reto, magro, com pernas longas e braços finos era essencial.

E hoje? Depois de estudar mais sobre gordofobia e até mesmo sobre feminismo vejo o quanto o padrão de beleza sempre será inalcançável. Convivo com pessoas que se acabam em cirurgias estéticas para tentar conquistar um corpo do qual nunca estará satisfeita, nunca será o suficiente. Mesmo depois de tanta reflexão, custei para entender que de fato eu não precisava ser bonita que nem fulana nem ter o corpo igual ao da ciclana, que o certo era eu ser bonita como eu, ter o corpo que eu tenho e nunca me amar menos por isso independente se o padrão da época ditar o contrário. Não devo subestimar meu corpo apenas porque uma loja não quer confeccionar roupas que o sirva, mesmo porque em meu ver quem está perdendo é ela!

Aprendi que amar é bom, mas se amar é maravilhoso!

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, resenhas com opiniões reais sobre produtos acessíveis e conteúdo sobre autoestima e feminismo. Ana sabe que “estar na moda” é captar a essência do que é tendência e transferir para seu estilo, deixando sua marca em cada peça e independente do tipo de corpo. Hoje trabalha com consultoria de moda e imagem, marketing digital e com produção de conteúdo em seu blog Cinderela de Mentira.

Ana Luiza Palhares

Sempre muito comunicativa, Ana Luiza nunca teve vergonha de mostrar quem é e o que pensa. Adora escrever textos sobre moda inclusiva e empoderamento feminino, hoje produz looks do dia plus size, rese...

O poder relaxante da Lavanda

27.set.2016

Para você se sentir ainda mais linda, nada como ter os cabelos e a pele bem cuidados. No corre corre da rotina, no estresse do dia a dia, nosso corpo é quem acaba sofrendo um pouco. Então, seja prática: cuide da pele e sinta-se relaxada ao mesmo tempo. E aí que entra o poder calmante da Lavanda. Essa plantinha é mesmo poderosa. Além de mega cheirosa e linda (tem como não amar essa cor lilás, essa delicadeza? A lavanda é perfeita para manter o equilíbrio, desacelerando e até hidratando a pele (e por que não, a alma?). As flores, caules e folhas da Lavanda são queridinhas no mundo dos cosméticos: perfumes, óleos, sabonetes, cremes hidratantes e uma infinidade de produtos apostam nas propriedades terapêuticas da planta.

shutterstock_289052288

Ficou com vontade de se render aos encantos relaxantes da Lavanda? Temos uma linha completa para transformar os seus cuidados diários com a pele. Produtos incríveis, com todo o poder da Lavanda, da Oliva e do Hydromanil (hidratante inovador que mantém a umidade natural da pele. Se conecte com a natureza e com você mesma, conheça a Linha Botica Lavanda e surpreenda-se:

  1. Sabonete Líquido

Perfeito para um banho relaxante. Além de limpar com toda a suavidade da lavanda, também perfuma e hidrata a pele, deixando aquela sensação gostosa e banho tomado, sabe? Delícia no fim de um dia de trabalho.

Sabonete Líquido Botica Lavanda

  1. Sal esfoliante

Quando o assunto é renovação das células, o sal marinho e a esfoliação são a pedida ideal. O sal esfoliante da Botica Lavanda é a dose certa de energia que você precisa. O produto purifica, hidrata e deixa uma deliciosa sensação de bem-estar. Você pode aplicar pelo corpo durante o banho, e se for misturado ao creme hidratante, o resultado é ainda melhor. O sal esfoliante não deve ser usado no rosto e nem em áreas com vermelhidões, irritadas.

Sal Esfoliante Botica Lavanda

  1. Manteiga Hidratante

Repleta de nutrientes e ativos hidratantes, a manteiga corporal ajuda a recuperar a umidade natural da pele. Com poder de hidratação intensiva, é ideal para peles mais ressacadas e para regiões mais secas do corpo, como cotovelos, joelhos, etc. É uma boa pedida para curtir uma massagem relaxante.

Manteiga Corporal Botica Lavanda

  1. Creme Hidratante Corporal

Esse é para ter em casa, no trabalho, levar na bolsa. Hidratação diária é com ele mesmo, o creme hidratante. O verdadeiro toque da seda em sua pele, e com o cheirinho maravilhoso da lavanda. Irresistível, né?

Creme Hidratante Botica Lavanda

Preparada para se jogar no delicioso campo de Lavanda? Experimente o frescor e o poder relaxante dos produtos da Linha Botica Lavanda. Você vai se apaixonar. 🙂

Pack Botica Lavanda

shutterstock_353730485

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Acerte na esfoliação

21.jan.2016

Sensação de pele suja. Água corrente. Sabonete esfoliante como informa o rótulo. Movimentos circulares com as mãos. Esfoliação completa do rosto.

nb_pele_esfoliacao_certa_01

O processo é simples, mas merece um pouco mais de cuidado e atenção. Isso porque cada tipo de pele reage diferente e se for realizado de forma equivocada, pode causar irritação e até machucar.

Não quer dizer que ele deva ser evitado ou que também seja necessário parar. Sabendo a frequência adequada ao tipo de pele, o processo de esfoliação oferece muitos benefícios como retirar as impurezas e desobstruir os poros.

Veja algumas dicas para acertar em cheio e limpar a sua pele da melhor forma possível:

  1. TIPO DE PELE – o rosto pode ser esfoliado, para a pele oleosa, até três vezes por semana; para a pele mista, até duas vezes por semana e para a pele seca, no máximo, uma vez por semana.

nb_pele_esfoliacao_certa_02

  1. MÃO LEVE – faça movimentos aos poucos e de leve, sem força ou pressa.
  2. PROTEÇÃO DEPOIS – use sempre proteção solar ao sair no sol, principalmente, imediatamente, após uma esfoliação.

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Menina no skate

11.jan.2016

Os meninos dominam o skate! São os caras das manobras radicais, testando o limite do corpo e da coragem, a cada volta na pista. Esse gueto ganhou visibilidade, respeito e uma proporção muito maior do que o imaginado, pois atualmente, mais pessoas praticam o esporte.

Skate é coisa de meninos e meninas, jovens e mais velhos, porque é divertido, inusitado e acessível. As pistas públicas, praças e parques recebem, a qualquer hora do dia ou da noite, uma turma que gosta e outra que deseja aprender.

nb_fitness_skate_01

Além de fazer bem para a mente e para o corpo, ele é um excelente exercício físico. Veja os benefícios e procure, logo, uma pista mais próxima para tentar:

  1. MELHORA A RESPIRAÇÃO
  2. ESTIMULA O EQUILÍBRIO E A CONSCIÊNCIA CORPORAL
  3. FORTALECE AS ARTICULAÇÕES
  4. DEFINE OS MÚSCULOS DOS BRAÇOS, PERNAS E BARRIGA

Mas para praticar skate é importante, receber todas as orientações necessárias e ter equipamentos de segurança para não se machucar.

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Carregar Mais