Ah, essa eterna cobrança!

Ser bem-sucedido antes dos trinta, escrever um livro, ser referência no seu meio de trabalho, falar outros idiomas, ler mais, viajar, ser feliz… Nossa! Mas e se o reconhecimento não vier? Se eu nadar, nadar e não chegar a lugar nenhum? Minha família pensará que sou um fracasso! Preciso fazer mais coisas ao mesmo tempo; fazer tudo mais rápido porque assim alcanço o topo. Humm… mas em qual topo quero tanto chegar?

Faz um bom tempo que tenho reparado no que me tornei. Uma mulher que quer fazer vinte coisas ao mesmo tempo, que não consegue responder todas as mensagens no Whatsapp, que não esvazia quase nunca a caixa de e-mail e que no final das contas não tem tempo para nada; nem para os amigos. O que passa pela minha mente? “Preciso ganhar mais dinheiro, preciso conseguir mais coisas, preciso melhorar meu trabalho, não posso parar e descansar agora, preciso ser feliz.” Vocês conseguiram entender o quão louco é isso? O quão paranoico é este ciclo que se instalou na minha mente? PRECISO, PRECISO e PRECISO! Mas quem disse que eu PRECISO de tudo isso? Eu estou fazendo porque quero ou porque a sociedade espera isso de mim?

Ah essa eterna cobrança! A minha geração é bastante imediatista. Me cobro a todo momento e se não consigo algo em um curto espaço de tempo já começo a surtar. Minha mãe sempre fala: “Mas filha, tenha calma! A vida não é assim! As coisas não acontecem do dia para a noite, você vai ficar doente desse jeito!”. E ela tem razão! Meu pensamento doentio por querer tudo para ontem, por fazer mil coisas ao mesmo tempo faz com que a cabeça entre em colapso! Quantas pessoas vocês conhecem que tomam remédios para cuidar da mente na atual geração? Quantas pessoas vocês conhecem que trabalham horas e horas a mais do período “normal” de serviço? Quantas pessoas vocês conhecem que vivem precisando de férias?

Outro fator que aumenta essa cobrança é a COMPARAÇÃO. Essa mania de olhar para o lado e sempre achar que o outro é melhor. Diminuir-se e não dar valor ao seu trabalho, às suas conquistas. Comparar sua situação sem ao menos saber por tudo que a outra pessoa passou. A gente olha apenas a “casca”, formula toda uma história na mente e se coloca pra baixo. Resultado? “PRECISO fazer mais!”

É difícil perceber que você entrou nessa espiral. São diversas as desculpas para justificar a constante falta de tempo e insatisfação contínua com a vida. Às vezes, a gente perde muita coisa para depois entender que não é nesse ritmo frenético que conseguiremos algo. Quando passamos a olhar para a nossa vida com mais carinho, com mais dedicação e respeito pelo nosso corpo, a relação muda. Eu não queria mais ter insônia e acabar o dia com diversas coisas incompletas. Como mudar isso?

Parei de PRECISAR fazer algo para simplesmente completar minhas tarefas. Parei de olhar para os lados e pensar que tudo é melhor do que eu tenho. Reconhecer e respeitar a minha trajetória é essencial. E o principal: parei de correr com a vida. Respeito cada momento e valorizo o que estou fazendo naquele minuto. Viver o momento é mais proveitoso do que fazer mil coisas ao mesmo tempo e no final nem entender como cada item foi concluído.

Sei que muitas pessoas já estão nesse processo faz tempo. Que respeitam o corpo, que respeitam os limites e que procuram uma vida mais positiva e saudável em todos os aspectos. Todavia, em paralelo, existem as pessoas que se cobram, que são imediatistas e que daqui a pouco entram em colapso. Buscar uma forma de harmonizar tudo é sempre válido e só fará com que suas atividades rendam mais e sejam finalizadas com êxito.

Olha, confesso que não sou a pessoa mais serena e focada que existe. É um processo, e eu fico muito feliz em conseguir entrar nele. Depois do primeiro passo e de sempre vigiar as atitudes, fica mais tranquilo. Hoje não me cobro tanto e respeito meu tempo. As dicas que eu posso dar é: escute o seu corpo e não viva para os outros.

 

É sempre bom lembrar que o tempo desperdiçado não volta.

5 tendências para o outono 2018

Março é mês de outono, uma estação deliciosa e a minha favorita do ano! As temperaturas são brandas, nem calor nem friozão, um meio termo bem agradável e que favorece muito a composição de looks elegantes que valorizam a beleza feminina, em todos os sentidos.

Selecionei 5 tendências que prometem bombar nesse outono, para já irmos entrando no clima! 🙂

 

Um vermelho pra chamar de meu

Uma das tendências que eu mais amei foi a do vermelho! A cor promete ser o grande xodozinho da estação e vem com tudo, muitas vezes em looks total red! E ele vem nos mais variados tons: cereja, fechado, sangue, carmim, enfim… pra todos os gostos mesmo! Quem quer apostar na cor de forma mais leve, vale a pena misturar com uma peça preta, cinza ou bege. A combinação fica mais sutil, mas ainda assim bem marcante.

 

Terninhos

Os terninhos também virão com tudo nessa estação. Há quem prefira usar a peça de maneira sensual, valorizando o decote sem nada por baixo, ou mesmo de forma tradicional, combinando com uma calça ou saia e uma peça por baixo.

 

Os babados vieram pra ficar

Sensação do verão, os babados caíram no gosto da mulherada e vão permanecer em alta no outono/inverno! Vale usar (e ousar) dos babados em camisas, saias, vestidos e mesmo combinando o look inteiro no babado. O segredo é harmonizar as duas peças e saber carregar essa tendência!

 

O metalizado voltou!

Outra tendência que bombou no último outono/inverno e volta com força total é o metalizado! As saias plissadas em comprimento mid vêm com tudo nessa tendência metalizada. Outra peça que foi uma grande aposta na estação passada e também volta com tudo são os calçados metalizados.

 

Uma peça coringa: trench coat

O tradicional trench coat vem com tudo na próxima estação! É uma excelente peça para se investir e ter no closet, já que se trata de um opção coringa, clássica e de fácil combinação. É aquela peça para investir e usar por muitos e muitos outonos e invernos. Nunca sai de moda e te deixa elegante para qualquer ocasião.

 

Um beijo!

Encontrinho em BH com bate-papo e troca de experiências

O dia 17 de março poderia ser um sábado normal, mas resolvi fazer um encontrinho com minhas seguidoras das redes sociais e leitoras do blog (que completou 6 anos!). Eu planejei o evento para que fosse um momento de bate-papo sobre autoestima feminina, moda plus size, beleza inclusiva e tudo que temos direito. Não queria que fosse um evento chato, onde as pessoas vão para tirar foto e já vão embora. Realmente arquitetei tudo para que pudéssemos trocar experiências e conhecer gente nova, que estão na mesma sintonia de busca por autoconhecimento que eu tanto falo no blog.

E não é que deu certo? Escolhi marcar o nosso encontro em um shopping de fácil acesso em BH, assim todo mundo poderia participar. Cheguei no local 1h antes do marcado para início do evento e, pra minha surpresa, já tinham chegado várias meninas. Fiquei espantada com o número de mulheres maravilhosas que apareceram lá naquela tarde de sábado. Ao todo foram mais de 70 pessoas para esse bate-papo incrível!

Tratamos de assuntos como empoderamento feminino, relacionamento amoroso e familiar, gordofobia, preconceito, pressão estética, feminismo e muito mais. Pude conhecer muitas mulheres que, assim como eu, estão se conhecendo cada dia mais e se entendendo donas do próprio corpo e das próprias escolhas. Bati na tecla do respeito que devemos ter conosco, que muitas vezes é deixado de lado quando ouvimos algum comentário de gente próxima.

Outro assunto que me perguntaram foi sobre marcas inclusivas, que realmente encabeçam projetos para todo tipo de mulher, respeitando as diferenças. Realmente, hoje em dia é muito difícil diferir o que é genuíno da marca e o que ela faz apenas para gerar buzz e converter em vendas. Conversei sobre o assunto e dei o exemplo mais próximo da minha realidade, que é a Bio Extratus, que além de respeitar o meio ambiente e ser extremamente sustentável, apoia todo tipo de beleza feminina.

No final, todas saíram com produtos da marca para testar em seus fios. Foi um encontrinho muito gostoso e emocionante em diversos momentos. Espero que em breve eu consiga promover mais e mais desse tipo de evento, para que a gente consiga sempre trocar experiências e conhecer gente engajada na causa.

O outono chegou! Make poderosa para a nova estação!

Olá, outono! A nova estação chegou linda e cheia de charme. Os tons terrosos, vinho, marrons e roxos agora dominam a moda e a maquiagem. Pensando nisso, a make de hoje é um Olho Tudo Boca Nada. Usei as cores da estação neste Smokey Eyes. A intenção é que você se inspire aí e faça também. Vamos lá?

 

Passo 1

Bem em cima do ossinho do côncavo, vamos aplicar um tom de sombra salmon matte para transição.

 

Passo 2

Agora vamos dar profundidade, usando uma sombra marrom matte em tom quente. Esfuma bem as bordinhas, tá?

 

Passo 3

Vamos colocar esta cor linda por toda a pálpebra móvel. Esfume para misturar com as cores que aplicamos antes.

 

Passo 4

Faça toda a sequência de sombras anteriores, mas agora aplique rente aos cílios inferiores.

 

Passo 5

Aplique lápis ou delineador em gel na cor marrom para marcar bem o olhar.

 

Passo 6

Aplique também rente aos cílios superiores e esfume um pouco.

 

Uau, um olho colorido lindo e esfumadão!

Nesse tutorial, optei por usar lápis/delineador marrom ao invés de preto, para que o resultado não ficasse tão pesado.

Achei tão lindo!

O batom nude deixou mais elegante e superchic.

 

Espero que você goste, que copie aí em casa e marque a gente na sua foto! @bioextratus @blogfashionmimi

Bjoca

 

Produtos usados: 

Sombra Fand Makeup cor Nola

Sombra Mais Vaidosa cor MV17

Sombra Tracta cor Mocha 

Delineador em Gel L’Oréal

Máscara de Cílios Linha Bruna Tavares

Batom Tblogs Liz Branquela cor Nefertari

Falta de tempo não é desculpa! Opções para tratar os fios em 60 segundos

Sempre quando olham meu cabelo e perguntam: “dá trabalho?”, eu sou sincera e respondo que sim! Cuidar, para que ele se mantenha saudável e bonito, requer tempo e dedicação. Porém, nem todo mundo tem tempo e paciência para conseguir um cabelo impecável. Nem todo mundo tem disposição para ficar meia hora fazendo tratamento em casa. Toda uma vida para viver, trabalhar, estudar, descansar… E aí? Como faz?

 

Claro que tem formas mais fáceis e rápidas de cuidar do cabelo! O segredo é a continuidade. Você pode se questionar: “como assim?” Explico rapidinho: se escolher fazer o tratamento uma vez por semana, seja fiel. Se perceber que os fios precisam de mais cuidado, parta para duas vezes por semana e marque os dias para que não se esqueça. Se colocamos na nossa agenda como uma rotina, fica tudo mais fácil.

Uma opção rápida e eficaz: ampolas e sachês que tratam em 60 segundos. Isso mesmo! Um minuto e o cabelo fica sucesso de audiência! Você pode utilizar durante o banho mesmo, após aplicar o shampoo. Esses produtos agem rápido por conter uma “carga maior” de ativo na composição; tratamentos ultraconcentrados para atender à necessidade atual das madeixas.

 

Na foto tem várias opções e, como eu acabei de dizer, depende da necessidade. Entretanto, escolher o sachê ou ampola adequada para o momento pode ser tarefa difícil quando começamos a cuidar do nosso cabelo e ainda não temos “intimidade” com ele. Falo dessa forma porque sim, depois de um tempo cuidando com bastante carinho (não importa se com tratamentos de meia hora ou sessenta segundos), você começa a entender como ele se comporta e o que precisa em cada situação.

Voltando…

Sugiro que se olhe no espelho por um instante, toque no seu cabelo e tente identificar qual o tipo: oleoso? Normal ou seco? A partir daí já dá para perceber o que ele precisa com mais frequência. Me colocando como exemplo: meu cabelo é seco e opaco por natureza, então sei que preciso usar produtos que hidratam e forneçam brilho como aqueles que têm na composição frutas, manteigas e/ou óleos.

 

Depois, tente perceber o que HOJE é característica do seu cabelo: coloração? Química que altera a estrutura do fio? Eu tenho os fios descoloridos e tonalizados, sendo assim, preciso de linhas que tratem coloração.

 

Por fim, o que te incomoda no seu cabelo: ressecado? Elástico? Poroso? Danificado? Frizz?

Com todas essas informações na mão, já é possível escolher por onde começar! A linha Pós-Coloração contém goji berry na composição, que atua como antioxidante preservando a cor e saúde do fio por mais tempo; além do alto poder hidratante. Já a linha Pós-Química é perfeita para restaurar o cabelo entre os processos químicos. Nutre e repara os danos.

 

Quando falamos de queratina algumas pessoas têm receio de usar. Mas queratina é necessária para todos os tipos de cabelos. A única coisa é que quem possui o cabelo natural usará com menos frequência que eu, por exemplo. Queravit tem uma carga de queratina que repara a camada de fibra capilar. Perfeita para quando achamos os fios “sem vida”.

 

Outra opção para cabelos desvitalizados é Spécialiste Resgate, que repõe a massa principalmente dos cabelos danificados por sucessivos processos químicos. Spécialiste BBChilli é multibenefícios. Nos momentos em que ficamos perdidas sem saber o que o cabelo precisa primeiro, opte por essa linha, já que fornece brilho, força, proteção e nutrição.

 

Botica Manteiga Vegetal – Nori Oliva é para todos os tipos de cabelos e legal quando sentimos o fio resssecado. Não pesa e nutre com maestria.

 

Por fim, a icônica e maravilhosa linha de Tutano. Nela temos como ativos manteigas vegetais associadas ao poder do tutano que traz força, maciez, brilho e nutrição. Emulsão Mágica (bisnaga) age em 60 segundos. Já Tritano (sachê) é para que tem mais um tempinho: em 10 minutos faz um tratamento de choque que age em todas as dimensões do fio, renovando totalmente seu aspecto.

 

Depois de tantas opções, não dá para falar que falta de tempo é desculpa, né? Só separar um dia para analisar seu cabelo e escolher por onde começar!