Naturalmente Bonita

Você sabe o que é tricologia?

Oi, gente linda! Tudo bem com vocês? Hoje iremos falar sobre um tema MUITO importante! Vocês já ouviram falar em TRICOLOGIA? Nome difícil de entender, né?! Mas fiquem tranquilas, irei explicar tudo pra vocês. Vamos lá? 

tricologia

O que é tricologia?

Então, TRICOLOGIA é uma área da Dermatologia (especialidade MÉDICA) que visa solucionar os problemas dos cabelos e couro cabeludo. É a ciência que estuda os cabelos! Esses estudos não são recentes. Foram iniciados em 1902, na Inglaterra. Mas só agora vêm se popularizando no Brasil, chegando ao conhecimento dos pacientes. 

Tricologia: para que serve?

Ela serve para encontrar soluções para diversos distúrbios capilares que alteram a estrutura e o aspecto do cabelo, como queda e quebra dos fios, caspa, infecções e problemas no couro cabeludo.

O problema mais recorrente pelos pacientes que procuram a tricologia é a queda de cabelo e a calvície. O médico tricologista é capaz de identificar a causa e encontrar o tratamento específico para esse problema. Afinal, a investigação de toda queda de cabelo precisa começar com uma boa entrevista (anamnese), exame físico (fios e couro cabeludo e corpo) e exames complementares (que apenas o médico é habilitado para solicitar).

O exame dermatoscópico do cabelo (tricoscopia) e do couro cabeludo é de fundamental importância. Muitos salões de beleza possuem esse pequeno microscópio e mostram para as clientes a imagem do couro cabeludo. Isso é muito diferente de saber diagnosticar o que está acontecendo ali. Por isso é de extrema importância procurar o profissional correto.

Não deixe seus cabelos nas mãos de leigos. Lembre-se: se a saúde dos cabelos não está bem, isso é um sinal de algo está errado dentro do seu corpo e merece investigação.

Quais doenças dos cabelos são estudadas pela tricologia?

A parte mais conhecida e mais procurada da tricologia é a calvície, seja ela masculina ou feminina, hereditária ou por outras causas. Além da queda de cabelo, a tricologia diagnostica e trata da perda de cabelo e pelos durante a quimioterapia ou por causa nutricional, entre outras. 

Ainda abrange as doenças genéticas que afetam as hastes foliculares dos fios de cabelo e os danos capilares causados por tratamentos químicos e físicos, como tinturas e colorações, alisamentos e pranchas, que, se mal realizados, levam à fragilidade e quebra dos fios.

A tricologia não se resume a tratar as doenças dos fios. Ela também estuda e trata as doenças que acometem o couro cabeludo. Por exemplo, a caspa, a psoríase, as micoses e parasitas.

Outro importante grupo de doenças conhecidas como alopecias cicatriciais, como o lúpus de couro cabeludo, o líquen plano pilar, a alopecia fibrosante frontal, a alopecia central centrífuga, a foliculite decalvante e a foliculite dissecante também são tratadas pelo tricologista.

Observando os sintomas, os dermatologistas elaboram um diagnóstico preciso de seus pacientes e, a partir disso, orientam tratamentos direcionados. Na clínica de dermatologia, por exemplo, recursos como o laser podem ser indicados. Além disso, mudanças de hábitos, como alimentação adequada e alívio do estresse, podem ser incluídos na rotina, já que um estilo de vida saudável é fundamental para a melhora da qualidade e da saúde do cabelo.

Nós aqui apenas ajudamos com dicas e informações para manter o seu fio saudável.

tricologia

 

Se você tem problemas capilares e não consegue identificá-los ou resolvê-los, não deixe de procurar um dermatologista e solicitar a tricologia! Cuide da saúde do seu couro cabeludo e dos seus fios!

Espero que tenham gostado do tema de hoje! 

Um beijo da Nat :*

Nat Lustosa

Nathalia, 23 anos, é advogada, mas sua paixão é o mundo da beleza – especialmente cabelo e maquiagem. Dedica seu tempo a produzir conteúdo simples e acessível, buscando ajudar as pessoas a se s...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *