Naturalmente Bonita

Vamos Falar Sobre Gordofobia?

Oi Bonitas tudo bem? Espero que estejam bem e se cuidando

Hoje vamos falar de um assunto sério, a GORDOFOBIA!

Você sabe o que significa? Conhece alguém que sofre gordofobia? Você é uma pessoa Gordofóbica? 

“GORDOFOBIA: Nada mais é que a aversão a pessoas gordas, intolêrancia que causa a exclusão e até violência as tratando como pessoas inferiores.”

Essa ilustração acima foi feita a partir de uma foto minha que foi removida pelo Instagram. A foto em si não expõe nenhuma parte intíma do meu corpo, e é igual a tantas outras disponíveis nas redes sociais. 

A diferença é que ela retrata uma mulher Preta e Gorda, então podemos ver claramante que corpos gordos não são aceitos nem mesmo nas redes sociais. Como uma Mulher Gorda consigo sentir na pele o preconceito das pessoas.

Hoje a Gordofobia é muito mais discutida, por ser um termo relativamente novo é bastente usado e falado, antigamente era bulling e um pouco mais atrás o termo nem existia, as pessoas faziam piadas e chacotas com pessoas gordas e todo mundo achava engraçado.

Muitas vezes esse preconceito vem de dentro de casa e é muito importante sempre deixar claro que comentários sobre nossos corpos não são bem vindos sem autorização.

COMO DETECTAR A GORDOFOBIA?

Qualquer pessoa pode sofrer gordofobia, não existe idade ou classe social. Basta a pessoa estar acima do peso ideal estabelecido pela sociedade como normal ou aceitável. 

Creio que na infância é muito mais grave, pois imagine uma criança em idade escolar sendo agredido verbalmente pelos seus colegas com inúmeros apelidos ou simplesmente ser excluído de todas as atividades físicas por ser “incapaz” de competir por igual com os outros.

Isso acontece porque as crianças desde cedo aprendem e ouvem adultos dizendo que pessoas gordas são incapazes, doentes e “inferiores”. 

Para detectar a gordofobia no dia a dia é muito fácil, basta apenas observar o comportamento de outras pessoas para uma pessoa gorda.

Essa imagem foi impressa em uma cartilha escolar e distribuida para crianças em São José dos Campos -SP (2018)
“A Abeso alerta que pessoas com excesso de peso ou obesidade, regularmente são vítimas de preconceito na família, na escola, no trabalho, nos serviços de saúde, enfim, na sociedade. O preconceito tende a gerar estresse, ansiedade, isolamento social e, consequentemente, agrava a doença.”

COMO COMBATER A GORDOFOBIA ?

O jeito mais fácil de combater a gordofobia é tratar as pessoas Gordas como iguais, afinal tirando o tamanho do nosso corpo somos iguais a qualquer outra pessoa.

As pessoas precisam entender que uma pessoa gorda pode ser totalmente saudável. Estar com seus exames todos ok e levar uma vida comum. Esse preconceito com indiretas do tipo: Mas só estou preocupado com a sua saúde é totalmente infundável. 

Você por acaso vê essas mesmas pessoas saindo em bares onde as pessoas estão bebendo grandes quantidades de álcool e fumando cigarro e fazendo esse tipo de comentário? Claramente essas pessoas olham apenas o fato do tamanho do corpo.

PASSOS SIMPLES PARA COMBATER A GORDOFOBIA OU NÃO SER UM GORDOFÓBICO:

  • NÃO COMENTE SOBRE O CORPO OLHEIO
  • NÃO FAÇA COMENTÁRIOS DE NENHUMA NATUREZA SOBRE O CORPO ALHEIO
  • NÃO SUBESTIME UMA PESSOA GORDA COMO INCAPAZ
  • NÃO JULGUE PESSOAS GORDAS COMO DOENTES
  • NÃO FIQUE CALADO AO VER ALGUÉM SOFRENDO ATAQUES GORDOFÓBICOS
  • NÃO SEJA O FAMILIAR INCONVENIENTE DENTRO OU FORA DE CASA
  • O FORMATO FÍSICO DO OUTRO NÃO TE DIZ RESPEITO
Uma mensagem de autoestima ♥

(Clique aqui para assistir)

A GORDOFOBIA NA MINHA VIDA:

Recentemente sofri gordofobia em uma consulta médica, era apenas uma consulta para pegar um laudo para a vacina. Ao ser chamada pelo médico que estava sentado na sala o mesmo em momento algum dos 10 minutos que permaneci no consultório olhou para os meus olhos. Ele sentado apenas olhava para o meu corpo.

Fez perguntas básicas e na segunda já me perguntou se eu queria fazer bariátrica. Sim! Os médicos receitam essa cirurgia super complexa como se fosse um analgésico. Para eles não importa a vontade da pessoa. a Impressão que passa é que não importa as queixas dos pacientes, tudo sera ligado a obesidade e consequentemente encaminhado para a cirurgia. 

Me senti desumanizada e fiquei muito triste, isso acontece muito com milhares de mulheres, inclusive as inibindo de retornar ao consultório para exames e consultas importantes. Por isso é muito importante humanizar esses atendimentos e que os médicos não sejam gordofóbicos com seus pacientes.

Nas redes sociais eu também sofro com a Gordofobia, sinto qye carrego um fardo ainda maior por ser preta e gorda. Infelizmente as pessoas querem apenas ver Gordos reclamando e mostrando o quanto estão doentes. Se uma mulher gorda é realizada, casada e tem sucesso profissional isso assusta os gordofóbicos. Aprendi ao longo dos anos lidar cada vez melhor com os ataques. Claro que eles ferem e machucam, quem gosta de ser atacado e saber que seu corpo é pauta para pessoas horríveis. 

Mas hoje eu entendo que esses ataques dizem muito mais sobre as pessoas que o fazem. Esse tipo de comentário e ataque não vem de alguém que está feliz. Por isso tenha sempre em mente que essas pessoas estão infelizes e querem fazer o mesmo com você. Não aceite!! Se posicione!!!

A Gordofobia muitas vezes vem dos proprios Pais, da Mãe, do marido… recebo centenas de relatos todos os anos e fico triste por cada pessoa que sofre com essa maldade. Mas é importante a gente sempre debater sobre esses assuntos para concientizar cada vez mais pessoas.

Nesse post em específico eu trouxe o lado mais humanizado, em uma pesquisa rápida pela internet podemos encontrar inúmeros artigos sobre o tema. Encontraremos relatos, estatisticas e estudos mas achei melhor falar aqui de uma forma mais simples a acessível.

Você pode compartilhar esse post com alguém que precise ler. Comenta aqui nos comentários se você já sofreu ou sofre gordofobia se sentir a vontade.

ESpero que esse post possa ter te ajudado de alguma maneira.

Obrigada e até o próximo.

Beijão

Mel Soares

GirlBoss •Fashion•BodyPositive

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito + oito =