Naturalmente Bonita

Eco-Fashion Week 2018

21.nov.2018

Entre os dias 15 e 17 de novembro estive na segunda edição da Brasil Eco Fashion Week, maior evento de moda e de sustentabilidade da América Latina, que reúne marcas, criadores e empresários com a proposta de fazer moda de uma forma que respeita as pessoas envolvidas no processo de produção e o meio ambiente.  

Brasil-Eco-Fashion-Week

.

Com o tema Inovação e Diversidadea programação contou com desfiles, oficinas e palestras, além de um showroom com a presença de 50 marcas de vestuário, calçados e acessórios, de todo o país.

A indústria da moda é uma das mais poluentes do mundo e tem profundos impactos socioambientais:

– Hoje 36 milhões de pessoas trabalham em situação de escravidão.

– Em São Paulo, existem mais de 16 mil oficinas clandestinas.

– No Brasil, são descartadas 170 mil toneladas de lixo têxtil anualmente.

– A fabricação de uma calça jeans consome 11 mil litros de água, enquanto 2,5 bilhões de pessoas não têm acesso a água potável no mundo.

Diante desses dados e das denúncias graves envolvendo grandes marcas em trabalho escravo,  e de tantas notícias que revelam que estamos caminhando cada vez mais rápido rumo ao esgotamento dos recursos naturais, é cada vez mais necessário e urgente refletirmos sobre o nosso próprio consumo e apoiarmos quem busca produzir moda que gera impacto positivo no mundo.

Nesse contexto, surge a moda consciente, ou seja negócios comprometidos com a transparência e com o desenvolvimento social e ambiental, em todos os estágios possíveis da produção.

Brasil-Eco-Fashion-Week

.

Vocês tem alguma ideia do que acontece com o tecido do pára-quedas, que é um equipamento de segurança, quando acaba o seu prazo de validade ou já se perguntaram o que acontece com os guarda-chuvas quebrados, abandonados pelas ruas da cidade? Graças a alguns empreendedores que tive a oportunidade de conhecer, alguns desses materiais, que seriam descartados, são colhidos por cooperativas, formadas por mulheres em situação de vulnerabilidade e são transformados em peças de vestuário e acessórios, como casacos, vestidos e mochilas.  Materiais de construção e restos de obra, que poderiam parar em aterros e lixões, também são usados como matéria-prima de brincos, colares e outras peças e projetadas por mulheres, muitas delas sobreviventes de violência doméstica. Esses são alguns dos exemplos de como é possível ressignificar recursos que já existem (portanto não precisam ser produzidos) para reduzir o impacto da produção de novos materiais e ainda gerar renda e autonomia para pessoas que precisam reconstruir suas vidas.

Brasil-Eco-Fashion-Week

.

Além dos itens feitos com material de reuso e de iniciativas que fomentam a economia solidária e justa, vi peças incríveis criadas com materiais orgânicos e biodegradáveis, extraídos de forma responsável, como algodão orgânico e outras fibras naturais. E não pensem que moda sustentável precisa ser monótona e monocromática, baseada exclusivamente no tingimento natural com folhas e flores em tons que variam do creme ao terroso (embora essa seja uma tendência consolidada, que faz muito sucesso nesse meio, já que o tingimento de tecidos é altamente poluente para a natureza).

.

Empreendedores no setor da moda sustentável estão pesquisando e investindo em inovação e em tecnologia para otimizar o uso dos recursos, com o objetivo de atender um público cada vez maior e mais exigente e desenvolver soluções que possibilitam uma moda que vai desde a marca de sapatos veganos que fatura mais de R$ 1 milhão ao ano a marca de biquíni e a calcinha absorvente reutilizáveis, desenvolvidas por financiamento coletivo. Tem também peças criadas com semente de açaí, roupinhas de bebê de algodão pima, vestidos de alta costura para festas sofisticadas, além de roupas customizadas, feitas com impressoras 3D, para atender as próximas gerações. No evento, também teve espaço para as mulheres de culturas tradicionais, como as indígenas, que resistem criando brincos, colares e peças utilitárias, para preservar a cultura do seu povo.

  

Carlos Bacchi
Brasil Eco Fashion Week
SP,17/nov/2018
foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

.

É tanta novidade incrível, que desperta os nossos impulsos consumistas e da aquela vontade de trocar todo o nosso guarda-roupa, feito com matéria prima poluente e mão de obra escrava, por peças ecológicas e sustentáveis. Mas ao acompanhar as discussões sobre moda consciente, a gente entende que não faria sentido descartar todas as peças que temos, pois não tem nada de sustentável nessa atitude. Fora que os preços ainda não são tão acessíveis assim, em alguns casos, especialmente no das peças feitas a mão. Aliás, embora eu quisesse comprar inúmeros itens, fiquei feliz com o meu autocontrole e com as minhas duas aquisições, pautadas pela necessidade: uma calcinha absorvente (para complementar o uso do coletor menstrual, que em dias de fluxo mais intenso mancha as minhas roupas) e uma roupinha de bebê, para presentear uma amiga.

Refletir sobre o nosso consumo de moda e evoluirmos para um consumo mais consciente, que valoriza pequenos produtores e o trabalho criativo e artesanal, é tão válido e necessário quanto questionar as marcas que produzem as nossas roupas e a própria política e políticas públicas que impactam o setor.

Após três dias de evento, saí inspirada. Tudo indica que apesar de termos um mercado incipiente, as  possibilidades são amplas e mostram que existe um enorme potencial a ser desenvolvido pela indústria têxtil e pela moda sustentável e iniciativas para compartilhar essas informações, para que as pessoas, possam cada vez mais praticar o consumo de moda consciente.

Clique aqui para conferir a cobertura completa que fiz do evento, no Instagram.

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Topa um desafio de praticar a sustentabilidade?

24.set.2018

Oiiiii, tutopom?!

Vamos falar sobre SUSTENTABILIDADE?

Sabe que eu estava pensando esses dias que virou tão normal essa palavra no nosso dia a dia, mas será mesmo que ela é uma verdade em nossas vidas? Confesso que fiz uma “autoanálise” e percebi que ainda posso melhorar e MUITO! Começando pelas pequenas atitudes. Uma delas foi levar ecobag no mercado. Passei a levar depois que participei da gravação da Websérie da Bio Extratus que debatemos sobre sustentabilidade, e na gravação fui desafiada a ter mais consciência com o nosso planeta. E a partir de então decidi ir muito feliz para o mercado com minha Ecobag! Entendi que ela é muito mais do que uma sacola, ela representa um planeta mais digno!

sustentabilidade ecobag

.

Sabe por que? Porque o nosso planeta está sufocado por bilhões de toneladas de plásticos.

sustentabilidade ecobag

.

Um resuminho pra você entender o tamanho desse impacto: a maioria desse lixo vai parar nos oceanos. O que acontece? Os peixes acabam se alimentando de plástico. Alguns morrem e outros, a gente ingere. Isso mesmo, nós humanos também podemos acabar ingerindo micropartículas de plástico que podem causar danos a nossa saúde. Isso é só pra você ter uma noção do perigo. Outro fator agravante é o tempo de decomposição: uma sacola de plástico pode levar de 100 a 400 anos para se decompor na natureza. Então, faz as contas de quantas sacolas você
utiliza quando vai no mercado. A conta no ano fica grande demais!

sustentabilidade ecobag

.

É por isso que te dou 3 razões para você parar de usar sacolinhas plásticas e levar já a sua ecobag para o mercado.

.

sustentabilidade ecobag

1. Nessa ecobag verde da foto que estou usando, você consegue colocar itens de, no mínimo, umas 4 sacolinhas de mercado. Ou seja, será muito mais prático para você carregar. Se mora em prédio então, superfácil levar no elevador ou subir as escadas.

2. Levando a sua ecobag no mercado, você estará espalhando a mensagem e mostrando através da sua atitude que você se importa com o nosso planeta e mais pessoas serão influenciadas.

3. E ela é multiuso, além do mercado, ela pode ir com você na praia, no picnic, no clube, enfim, ser sua companheira!

E aí, aceita o desafio?

Acredito muito que a mudança no coletivo deve começar individualmente!

Continuo revendo atitudes que posso melhorar. E você, qual atitude pode mudar?

Poste uma foto sua nas redes sociais com a hashtag #EcobagBioExtratus pra gente juntos espalharmos essa mensagem!

Bjokas da Japa e até a próxima :*

Erika Okazaky

Érika Okazaki é Jornalista especializada em Design de Moda, Consultora de Imagem formada pelo IRCNY – Image Resource Center of New York. Abriu a própria fábrica de confecções aos 17 anos e adora empreender. Desde 2009 atua na área de comunicação com o Programa Na Moda, que já passou pela TV Bandeirantes PR, Record PR e Record News Internacional – Europa e África. Érika também é professora da Pós Graduação, palestrante e ministra Workshops de Moda e Imagem.

Érika Okazaki

Érika Okazaki é Jornalista especializada em Design de Moda, Consultora de Imagem formada pelo IRCNY – Image Resource Center of New York. Abriu a própria fábrica de confecções aos 17 anos e ado...

Celebrando uma marca onde o Dia do Meio Ambiente é todo dia!

5.jun.2018

Quando entrei nesse mundo do mercado de beleza, anos e anos atrás, eu nunca parei para pensar na responsabilidade das marcas em relação ao meio ambiente. Na verdade, nunca tinha parado para refletir como o impacto ambiental da produção do que consumimos pode ser repensado de forma que a gente estabeleça uma relação saudável com o planeta. Sendo muito sincera mesmo, eu nunca tinha parado para pensar no assunto até a visita que fiz à fábrica da Bio Extratus no ano passado.

Eu já sabia que a marca havia ganhado prêmios importantes relacionados ao meio ambiente (ISO 14001 pela excelência do Sistema de Gestão Ambiental, o VII Prêmio Hugo Wernek de Sustentabilidade e também do Prêmio ABIHPEC – Beleza Brasil, na categoria Sustentabilidade). Também sabia que o investimento em energia elétrica autossustentável (https://bioextratus.com.br/bio-extratus-torna-se-empresa-auto-sustentavel-em-geracao-de-energia-eletrica/) eram diferenciais importantes para uma empresa que assume sua responsabilidade ambiental nos 365 dias do ano. Também já sabia que a Bio Extratus não realiza testes em animais, participa de projetos para recuperar nascentes de rios e proteger a mata nativa, além de controlar os resíduos sólidos da produção. Isso já era o suficiente para me deixar orgulhosa de ser uma das embaixadoras da marca.

No dia da visita que fiz à fábrica (http://f-utilidades.com/2017/10/30/fabrica-bio-extratus/), pude ver com meus próprios olhos as placas fotovoltaicas – que captam a luz solar para gerar energia. Vi também o esquema de tratamento de água e o lago com água de reuso, cheio de peixes nadando. Mas mais do que isso, pude ver a verdadeira conexão com a natureza que eles criaram em Alvinópolis. E, a partir desse dia, vi como sou uma privilegiada de ter essa marca como uma das parceiras mais antigas do blog.

É muito bonito celebrar o Dia do Meio Ambiente dizendo que vai plantar umas árvores ou doar dinheiro para ONG ambientais – a essa altura do campeonato, qualquer ajuda para manter nossa natureza plena é válida – mas naquela visita pude entender que manter a promessa da sustentabilidade não é tarefa das mais fáceis. Por isso mesmo, eu fico feliz e orgulhosa de estar aqui escrevendo este post para vocês.

Todo esse ambiente quase utópico que acontece na fábrica não é algo barato de se fazer. Numa das conversas que pude ter com o Sr. Lindouro, um dos diretores da Bio Extratus e o responsável pelo Projeto Sol Nascente, eu perguntei sobre os anos que demoram para ter um retorno financeiro nesse tipo de investimento. E a resposta que eu tive diz muito sobre a conduta da marca e a sua responsabilidade ambiental: ele contou que a previsão para que esse investimento se pague é de 7 a 10 anos, mas que a melhor recompensa já acontece hoje, quando se analisa os danos que a fábrica deixa de gerar ao meio ambiente por causa de toda essa estrutura sustentável implantada.

Por isso, nesse dia do Meio Ambiente, queria fazer minha parte e contar para vocês um pouco de tudo que eu sei sobre os valores ambientais que a Bio Extratus pratica e como ela consegue aliar produtos de qualidade e tecnologia com respeito à natureza. Porque é valorizando esses gestos e enaltecendo marcas que procuram fazer a diferença no dia a dia que a gente consegue ir, aos poucos, mudando o mundo.

Joana Futilidades

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de relacionamento, comportamento e autoestima e busca se enxergar cada vez mais com um olhar mais amoroso e acolhedor. Sua bandeira? Incentivar uma busca pelo amor próprio.

Joana Cannabrava

Carioca solteira no Rio de Janeiro, libriana, viciada em produtos de cabelo, e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de r...

Natureza no look de Primavera

18.set.2015

O inverno está com os dias contados. O sol tímido e o ventinho frio vão, logo, dizer adeus. É tempo de Primavera, jardins, folhagens, pétalas com cores fortes e delicadas. Tudo lindo à sua espera!

Para a temporada 2016, há uma tendência certa que vai encher os nossos olhos e o guarda-roupa de flores.

nb_moda_natureza_01

As peças terão flores grandes, estampas tropicais, árvores, coqueiros e todos os elementos que se relacionam à natureza, em sua composição.

Frescor, leveza, combinação de cores e estilo próprio vão deixar essa estação ainda mais charmosa e viva. Veja como combinar.

FLORES NO GUARDA-ROUPA

nb_moda_natureza_02 nb_moda_natureza_03 nb_moda_natureza_04 nb_moda_natureza_05 nb_moda_natureza_06

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

É ela que te espera feliz na janela

26.jun.2014

lavanda 1

A lavanda está lá e aqui. Sempre linda, colorida e graciosa na janela. Lá em casa, ela recebe as visitas igual namoradeira e aqui, dá boas-vindas pra você, da janela do nosso blog.

Hoje ela é a anfitriã. Exala presença com sua cor que vibra, aroma que abraça e funcionalidades que encantam. Você pode utilizar a lavanda de várias formas. Veja só como ela cai bem:

  • Nos vazinhos da janela ou do banheiro: Plantar lavanda é prático e mágico. Escolha um vaso, coloque a terra com pouca água e as sementes. Cuidado ao regar, pois ela gosta de terra mais seca para crescer.
  • Cheirinho que veste a gente: Ela não falta nas gavetas. Para fazer sachês perfumados, seque os botões no sol de cabeça para baixo. Depois de secos, retire os brotos e armazene-os em saquinhos.
  • Dormindo bem e acordando melhor ainda: Perfume pra ficar em você. Ele pode ser borrifado. O líquido é feito com essência da flor ou comprado pronto. É muito usado para dar cheirinho aos lençóis, toalhas e roupas de cama.
  • Pra deixar bonita a casa toda: Junte um arranjo, alguns arbustos e todo o charme que ela tem. Pode ser usada em vasos que decoram a mesa de centro, as janelas do quarto, a pia do banheiro e onde sua criatividade preferir.
  • Pele e Saúde: Deliciosa sensação de bem-estar. A lavanda é um presente para hidratar e cuidar da pele. É maciez o tempo todo.

Com a Linha Bio Extratus Botica Lavanda essa preciosidade está na pele. Um kit completo com manteiga corporal, creme hidratante, sal esfoliante e sabonete líquido que aguçam todos os sentidos. Essa linha extraí o melhor da flor com ativos anti-inflamatórios, antissépticos, antioxidantes, cicatrizantes e relaxantes. Conheça a Botica Lavanda e saiba como cuidar de você.

lavanda 2

A lavanda é um presente pra casa, pra pele e pro nosso bem-estar. É sentir a beleza da natureza além da vista da janela.

 

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!