Naturalmente Bonita

Como Preparar o Cabelo para Descolorir

Pensou em luzes ou mechas? Então tem que pensar também em como preparar o cabelo para descolorir, porque isso vai fazer toda diferença!

E essa diferença é tanto no estado que os fios vão ficar após a descoloração quanto no processo de descoloração em si.

Isso porque um cabelo preparado ganha muito mais resistência e fica muito mais íntegro perante a perda de massa capilar durante a descoloração do que um cabelo não preparado.

E estando mais íntegro, ele tente a abrir a cor mais rápido e chegando em tons mais claros, já que ele aguenta bem mais o processo.

Então, como preparar o cabelo para descolorir?

Eis aqui 5 dicas certeiras para preparar os fios para descolorir e garantir um resultado melhor e mais bonito!

1.Reconstrução é a chave!

Estando ou não seu cabelo fraco antes da descoloração, invista em uma rotina de cuidados com doses altas doses de reconstrução, pois se o cabelo vai perder massa, a gente já “devolve” o que ele nem perdeu ainda pra que os danos possam ser menores.

Durante a descoloração os fios perdem, em média, 20% do teor de cistina, aminoácido essencial para a força e resistência dos cabelos.

Então, ao menos 1 mês antes do procedimento comece a usar semanalmente máscaras como a Resgate, Força com Pimenta e Queravit, da Bio Extratus.

Todas são ricas em proteínas e preparam muito bem os cabelos para descolorir.

Você pode apostar, também, na Queratina Líquida, que é bem concentrada, pode ser acrescentada em máscaras e usada para queratinizar e cauterizar os fios.

2. Aposte em Suplementos de Força!

Cabelo é alimentado de dentro para fora, e ao longo dos anos senti uma diferença absurda na descoloração quando comecei a usar suplementos capilares de forma constante para fortalecer os fios. 

Nesse caso, comece a suplementar 3 meses antes. Eu tô tomando direto o Suplemento Força tem mais de ano e além de fortalecer muito, ajuda super no crescimento dos fios.

3. Pausa na química

Não se faz luzes ou mechas se o cabelo estiver fraco, elástico e/ou partindo. Se o seu cabelo estiver assim suspenda todas as químicas até que ele melhore e só depois pense em descolorir, porque ele não vai aguentar!

4. Faça um teste de mecha e de compatibilidade

Fazer um teste de mecha e de compatibilidade química, se você tiver alguma outra química nos fios, é essencial pra ver se o cabelo vai ou não vai aguentar o processo de descoloração. 

Parece besteira, mas não abram mão disso! Muitas vezes a gente acha que o cabelo está ótimo, mas na hora ele não aguenta o tranco e parte todo, fica fraco e por aí vai, e isso a gente só tem como saber pelo teste da mecha ou pelo desastre após a descoloração.

5. Escolha um excelente descolorante

A qualidade do descolorante é determinante no resultado da descoloração.

Um bom descolorante vai abrir mais tons em menos tempo, de força muito mais segura.

Um descolorante ruim, por outro lado, não consegue abrir tantos tons, e a medida que vai agindo agride muito mais a fibra capilar.

Assim, o resultado é um cabelo extremamente danificado.

Indico fortemente o Descolorante Bio Extratus, que é bem potente e de excelente qualidade.

Seguindo essas 5 dicas não tem erro, o cabelo ficará muito bem preparado pra descoloração, garanto!

Beijos, Jú Lopes

Ju Lopes

A Ju é leonina com ascendente em Aquário, baiana, espontânea, envergonhada, faladeira, curiosa, advogada sem um pingo de vocação e apaixonada por bichos (foi “adotada” por 7!).  Tem TDAH, é...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *