5 dicas para se sentir linda na gravidez

Fiquei um tempão pensando em como ia começar a abordar o assunto maternidade e autoestima aqui no Naturalmente Bonita, até que me veio o estalo: porquê não começar do começo, isso é, quando a gente descobre que está grávida e não tem ideia de como lidar com o corpo em transformação?

Algumas pessoas já me perguntaram se eu não estranhei a barriga, e posso dizer com toda certeza que de todas as mudanças que a gravidez traz, a barriga é a mais incrível por motivos óbvios. Não tem como estranhar algo tão maravilhoso – e que vai crescendo aos poucos de forma que quando você se acostumou com um tamanho, ela cresce mais um pouquinho e você quase não percebe.

Teoricamente a gravidez é nossa amiga para ficarmos naturalmente bonitas. Dizem que os cabelos ficam mais volumosos e brilhantes, a pele fica com mais viço, o peito fica espetacular. Não sei como foi com vocês, mas comigo não aconteceu NADA disso. Eu fiquei com várias alergias bobas que eu não tinha, meus peitos ficaram um pouco maiores (e não considerei isso uma coisa realmente boa) e meu cabelo na verdade ficou estranho.

Sentir-se bonita na gravidez é um verdadeiro desafio, é muita mudança ao mesmo tempo. Junta com hormônios à flor da pele e, pronto, temos uma combinação difícil de encarar. Mas dá para contornar várias situações, e hoje resolvi contar algumas coisas que me ajudaram nesse tempo:

1 – Aproveite para se cuidar: unha, cabelo, massagem (drenagem é ótima nesse período), ou o que mais você gostar de fazer para relaxar. Aproveite para se mimar bastante e garantir a autoestima lá em cima.

2 – Evite comprar roupas que você não vá usar depois: eu não curto moda gestante, acho que muitas roupas são confortáveis mas não valorizam muito o corpo da mulher e ao invés da mãe se sentir #plena, fica se sentindo um saco de batatas. Sem contar que depois você nunca mais usa essas roupas, né? Eu comprei apenas duas calças jeans gestante, vestidos e blusas foram todos de números maiores que o meu habitual!

3 – Aliás, não mude seu estilo: isso daí foi algo que me sempre me intrigou porque eu simplesmente não me via usando blusas com elástico debaixo do peito ou vestidos com cinto marcando a barriga. Eu sempre curti roupas largas e continuei usando tudo assim na gravidez. Roupas, vestidos, blusas….muita gente ficava meio frustrada porque de certa forma meu estilo “escondia” a barriga, mas eu que não ia usar peças que não tinham nada a ver comigo para que os outros pudessem matar a curiosidade, né? Se você gosta de roupas, coladas, se joga nas peças elásticas como vestidos e saias, vai arrasar!

4 – Não acompanhe grávidas que sejam inalcançáveis pra você: nessa vida de rede social a gente acaba seguindo muita gente pelos mais diferentes motivos. E mesmo sem a gente querer, acabamos nos influenciando. Por isso, muito cuidado com as mães que você segue! É lindo ver a vida perfeita da mãe que engordou 8 kg na gravidez, malhou todos os dias e 1 mês depois de parir já estava linda, magra e maquiada, mas isso realmente te faz bem ou te faz ficar ansiosa porque não está conseguindo fazer a mesma coisa? Se a resposta for a segunda opção, unfollow já, nem que seja temporário enquanto você se ajusta!

5 – Não crie expectativas antes do tempo: sei que é difícil, mas eu sou uma pessoa naturalmente ansiosa e aprender a lidar com as minhas expectativas na gravidez foi uma das coisas mais saudáveis que eu fiz para mim, e acredito que refletiu não só na forma que eu encarei esse período mas também na minha autoestima.

Quais são os seus truques para se sentir linda na gravidez?

Deixe seu comentário