Naturalmente Bonita

A vida entre Copas

27.jun.2018

Quando lembro de Copas passadas, geralmente vou para alguns anos atrás. 94, quando Brasil ganhou depois do pênalti perdido pela Itália. 98, quando Brasil perdeu para a França em uma derrota até hoje inexplicável. 2002, quando viramos pentacampeões. Mas hoje vim falar da Copa de 2014. E não, não vou falar da derrota mais inexplicável de todas com aquele 7 a 1. Vou falar de como o tempo passa. E juro que vou tentar não soar tão piegas assim.

Em 2014, eu tive uma das Copas mais memoráveis da minha história. Eu curti muito. Me diverti demais. Ainda morava em SP e na maior parte dos jogos do Brasil conseguimos juntar uma turma grande para assistir. Até quando não deu para reunir todo mundo, tive momentos que nunca vão sair da memória. Teve promessa para santo, teve quedas na piscina, rave pós-jogo, mergulho na cama a cada gol que o Brasil fazia… Nossa, se eu for parar pra enumerar tudo que vivi na Copa de 2014, eu ainda estaria escrevendo esse post até agora. Mas só sei que quando o 7 a 1 acabou, mesmo transtornados com o resultado, a turma toda combinou de repetir o feito em 2018.

Pois bem, estamos em 2018 e não repetimos o feito. Tanta coisa aconteceu que o combinado dos amigos não aconteceu. De lá para cá, eu entrei para o time dos 30 anos, tive um filho, me mudei de país e minha vida mudou completamente nesses anos que se passaram entre uma Copa e outra. E aí, pela primeira vez no meu histórico de Copas do Mundo, a minha ficha caiu de como em 4 anos tanta coisa pode mudar.

Parece clichê, eu sei. E é, na verdade. Mas não poderia deixar de ficar assustada e encantada com essa passagem do tempo. Assustada porque passou muito rápido. Estalei os dedos e a Copa de 2018 chegou. Lembro com perfeição de cada momento que tivemos, lembro com detalhes do meu apartamento, das roupas que escolhia para assistir os jogos, da minha vida lá em SP. As vezes parece que na verdade eu só estou aqui de férias, que vai dar tempo de eu chegar para as quartas de final e reunir a galera para fazer a mesma festa que fizemos há 4 anos. Ou para fazermos uma festa ainda melhor, porque de lá para cá muita coisa mudou, e não foi só comigo. Mais gente teve filho, teve quem se separou, gente que mudou de casa, enfim… A vida seguiu para todo mundo, mas o que não mudou é que continuamos nos falando diariamente. E agora, compartilhando memes da Copa e relembrando vídeos antigos, trazemos de volta um pouco da memória dos encontros de 2014.

E o que ficou de aprendizado para esse ano? Que eu vou curtir muito e vou tentar fazer o máximo para aproveitar a Copa com os amigos que fiz aqui (vou fazer o máximo porque a verdade é que os americanos se importam tão pouco com esse evento que é como se ele nem tivesse acontecendo), mas, acima de tudo, vou valorizar cada momento justamente por saber que em 2022 terei outros momentos para viver.

.

Aliás, é isso que deveríamos fazer na vida, não é mesmo?

.

Carla Paredes

Carioca morando em Nova York, mãe do Arthur e blogueira do Futilidades. Fala principalmente de moda, beleza e autoestima, sempre...

INSPIRE-SE: penteados para a Copa do Mundo

15.jun.2018

Copa do Mundo chegando e nós estamos como? Pensando nos looks, nas maquiagens e claro: nos cabelos! Selecionei algumas referências de penteados para inspirar vocês a torcer muito pelo Brasil e arrasar. Bora conferir?

E é claro que, quando falamos em Copa do Mundo, a primeira coisa que vem à cabeça é o verde&amarelo que não pode faltar, afinal, aqui é Brasil não é mesmo? 🙂 Uma opção bem diferente, para sair do comum de usar apenas a camiseta da seleção, é incluir essas cores nos cabelos também. Usar fitas de cetim funciona muito bem para produzir tranças superestilosas. No tutorial abaixo, dá para entender como prender essas fitas para trançar e fazer penteados incríveis.

 

E aí o resultado fica de acordo com a criatividade de vocês. Tranças simples, tranças saindo da raiz do cabelo, trança boxeadora, espinha de peixe, enfim… É só soltar a imaginação e fazer a cabeça na Copa.

 

Seguindo a linha das fitas de cetim, outra sugestão é simplesmente amarrá-las no cabelo, como um rabo de cavalo simples. Vale a pena investir em um topete alto pra dar uma “glamourizada” no visual. Ou ainda envolver as fitas no próprio rabo de cavalo ou no coque, como nas sugestões abaixo.

 

Se você é do tipo que não curte muito usar penteados elaborados, uma alternativa é fazer a trança com as próprias fitas e depois prender como uma tiara ou head band. Fica lindo, estiloso e é muito fácil de ser produzido.

 

E, por fim, bandanas. Penteados com bandanas ficam bem despojados e são fáceis e rápidos de fazer. Uma ótima opção para quem vai assistir aos jogos no ambiente de trabalho e quer entrar no clima da Copa.

 

Seja como for, o importante é incluir o verde e amarelo na hora de produzir o seu visual para os jogos. E claro, sorriso no rosto e muito alegria para torcer pelo nosso país! 🙂

 

Um beijo verde e amarelo!

Bruna Munhoz

Bruna Munhoz, paulista, é formada em Administração Financeira e uma apaixonada por beleza, moda, viagens e tudo que diz respeito ao universo feminino. Dessa paixão, surgiu o desejo de criar o blog...

Moda e Copa do Mundo podem ser grandes parceiras!

24.jun.2014
Da esquerda para a direita: bolas customizadas por Isolda, Les Petits Joueurs, Dudu Bertholini com Renata Abbade, Patricia Bonaldi e Trendt

Da esquerda para a direita: bolas customizadas por Isolda, Les Petits Joueurs, Dudu Bertholini com Renata Abbade, Patricia Bonaldi e Trendt

Engana-se quem pensa que futebol e moda não andam lado a lado. O Naturalmente Bonita viu há pouco que um leilão online de 35 “Brazucas”, a bola oficial da Copa do Mundo 2014, começou no último dia 16. O diferencial entre essas e as vendidas em lojas esportivas? Simples! As leiloadas, além de ajudar a fundação Gol de Letra, dos craques Raí e Leonardo, são cheias de estilo!

A multimarcas de luxo Luisa Via Roma convidou 35 estilistas (ou marcas) para fazerem a sua versão da Brazuca. Entre eles temos cinco brasileiros: a Isolda, a Les Petits Jouers da italiana radicada no Brasil Maria Sole Cecchi, a Trendt, a estilista mineira Patrícia Bonaldi e o estilista Dudu Bertholini, que fez a sua em parceria com Renata Abbade.

O leilão, feito via eBay, vai durar cinco semanas e as Brazucas serão divididas entre cada uma delas. Entre os estrangeiros que abraçaram a causa temos a italiana Dolce & Gabbana, a Balmain, Emilio Pucci, Mary Katrantzou, Roberto Cavalli, o rapper Pharrell Williams e muitos outros.

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

Copa do Mundo: vamos fugir do clichê?

12.jun.2014

A Copa do Mundo chegou e, por mais que as pessoas insistam em dizer que “não vai ter Copa”, vai ter sim! Até a presença do príncipe Harry já foi confirmada em dois jogos (Camarões x Brasil, em Brasília, e Costa Rica x Inglaterra, em Belo Horizonte).

Quer torcer e fugir do clichê “camisa verde e amarela com o número 9”? Apostando na temática esportiva, algumas marcas desenvolveram coleções (mesmo que sejam apenas coleções-cápsula) que vão fazer você esbanjar estilo no estádio ou onde quer que esteja!

A UseHuck, marca do apresentador Luciano Huck em parceria com a Reserva, do estilista Rony Meisler, lançou uma série de camisetas que homenageiam as capitais que irão receber jogos durante o mundial que vai muito além do verde-amarelo.

copa 1

Outra que apostou na peculiaridade das principais sedes da Copa do Mundo foi a Havaianas, que colocou a cultura de cada uma, literalmente, no chinelo.

copa 2

A carioca Osklen também resolveu investir na temática e sua coleção que já está nas lojas é toda baseada no futebol, indo da torcida ao gramado e passando, claro, pelo gol. Vale conferir!

copa 3

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!