Naturalmente Bonita

Está Ok Não Estar Bem

Como anda a sua Relação com as suas Emoções em Tempos de Quarentena ?

e com tudo que ela envolve em diversas áreas ?

Queria começar te dizendo que os SEUS sentimentos são só seus, suas experiências internas e externas são apenas suas, ninguém sente o mesmo que o outro. É claro que podem existir identificações e bases de semelhanças, mas cada pessoa sente, absorve e lida de forma diferente com cada emoção, cada sentimento e cada situação nova que se manifesta todos os dias em nossas vidas.

Por muitas vezes nesses últimos meses me fiz as seguintes perguntas:

  • ” Quando isso vai passar? “

  • “Por que não estou conseguindo ser produtiva? “

  • “Por que eu não estou conseguindo ter ânimo para me exercitar ? Por que estou tão desorganizada com a minha rotina, com a minha alimentação com tudo ? “

  • “Por que as outras pessoas conseguem e eu não ?”

Talvez você já tenha se feito essas mesmas perguntas entre outras, durante esse período e o que eu tenho para te falar é : Está OK não estar bem ! 

Respeite o PROCESSO, respeite seu tempo e seja mais gentil com você mesma igual a borboleta, acredite a borboleta só voa livremente depois de passar por um processo difícil, claustrofóbico e até doloroso, para sair do casulo com cores vivas e uma beleza irrefutável, a borboleta abre mão de ser lagarta.Acredito que a nossa metamorfose os novos desafios é semelhante, parece que está ruim, mas está bom e a gente só se dá conta que depois desse processo esmagador, é o que fortifica as nossas raízes é o que trás amadurecimento e aprendizados, quando chega a nossa hora de virar borboleta e é essencial que você tenha sempre VOCÊ, a sua EVOLUÇÃO como parâmetro, inclusive aquelas que você considera “pequena” e não o outro, não foque a sua atenção na metamorfose do outro, cada lagarta tem o seu tempo para virar borboleta, não precisa ter pressa, não queira agilizar cada fase da sua transformação, cada borboleta tem a sua beleza para ser admirada e seus desafios para sair do casulo.Só não pare, só não desista!

A maioria das coisas está fora do nosso controle, os sentimentos alheios, a natureza a política mundial é possível usar talvez algum grau de influência ou responsabilidade sobre tudo isso? Como por exemplo analisar e procurar ter conhecimento no ato de votar de forma mais consciente e responsável ? ou até mesmo ter consciência ambiental ? SIM !  Porém o nosso poder é limitado e temos que aceitar nossa impotência em algumas situações e a gente detesta a imprevisibilidade, ficamos tentando visualizar todos os possíveis cenários na ilusão de que vai conseguir lidar com qualquer situação para não sofrer, e isso acaba elevando cada vez mais o nosso nível de ansiedade e de comparação.

Está tudo bem não ter a melhor alimentação da vida, está tudo bem não estar conseguindo produzir tudo que precisava ou queria produzir no dia, está tudo bem a casa estar mais bagunçada e desorganizada do que o normal, está tudo bem não conseguir aproveitar o tempo livre para fazer algo do que você considera ser produtivo, está tudo bem chorar e ter mais oscilações de humor que o seu normal, está tudo bem querer ter um tempo só seu sem fazer absolutamente nada!

É claro que existem coisas, deveres, trabalhos, prazos que devem ser cumpridos, porém existem muitas outras que se você aprender a FLEXIBILIZAR onde for possível e aprender ACEITAR a sua vulnerabilidade, tenho certeza que você vai conseguir lidar de forma muito mais leve e equilibrada para manter a saúde física, mental e emocional nesse período!

não estar bem

E o que podemos fazer para trazer um pouco

de aconchego no coração?

Eu descobri que tomar banho quente antes de me deitar para dormir, com uma luz apagada me faz muito bem, me sinto confortável, acolhida e relaxada. Outra coisa que eu amo fazer nos dias mais difíceis é sentir o sol no meu rosto, no meu corpo ouvindo músicas que eu gosto, me traz uma sensação de como se eu fosse uma bateria e estivesse sendo carregada pelo sol, reenergizada. Fazer carinho nos meus pés e massagem nas minhas mãos me ajudam a diminuir a ansiedade e o nervosismo. Me maquiar, mesmo que seja uma make básica muitas vezes me estimula nos dias em que eu sinto que estou desanimada.Essas coisas podem não fazer nenhum sentido para você, NÃO EXISTE UMA RECEITA PRONTA

A ideia é você analisar, descobrir, conhecer aquilo que você sabe que TE FAZ BEM e ajudar a ampliar o repertório de idéias e possibilidades de recursos para outras pessoas, mas cada um precisa investigar o que é possível e o que faz bem a você, dentro da sua realidade, da sua rotina. 

Agora me conta:

Você tem sido gentil consigo mesma? O que você tem feito para tornar esse momento mais leve ?

Manuela Rodrigues

Manu ou Manucita é de Goiânia e amante de gatos! Adora falar sobre beleza, comportamento e seus gatos de uma maneira divertida e com muito amor em tudo que faz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *