BOTICA HENNA E ALGAS MARINHAS linhas veganas e liberadas

Em 2015, conheci e me apaixonei pela Botica Cachos da Bio Extratus, a primeira linha vegana para crespas e cacheadas. Um produto é considerado vegano quando a empresa não faz testes em animais e não há ingredientes de origem animal em sua composição. Foi amor a primeira lavagem! Eu ainda não seguia as técnicas low e no poo e o único critério que eu usava para comprar cremes e shampoos era avaliar se o produto era vegano.

Antes de a Botica Cachos entrar para a minha vida, eu nunca havia usado o mesmo produto por mais de um ano consecutivo, pelo contrário, costumava testar com frequência novos produtos para ver qual se adaptava melhor ao meu cabelo. Sabem aquela sensação de quando o cabelo se acostuma com um produto e ele deixa de fazer efeito? Ao seguir as rotinas low e no poo, percebi que não precisava mais trocar de shampoo, nem de creme e que aquele efeito incrível apaixonante do início permaneceu, tornando o meu cabelo mais saudável e bonito, graças a composição maravilhosa da linha, que é feita com ingredientes vegetais naturais de alta performance.

Eu amei tanto esses produtos que tinha perdido o interesse em conhecer e testar outros. Até que a Bio Extratus me enviou as linhas Botica Algas e Botica Henna, que também são veganas e tem produtos liberados para quem segue a rotina Low Poo (todos os produtos exceto os shampoos).

 Compostas de shampoo, máscara, condicionador e finalizador, ambas cumprem bem a função de higienizar, hidratar e ativar os cachos. Confira a minha opinião sobre os produtos:

A Linha Botica Algas Marinhas foi desenvolvida para fortalecer cabelos quebradiços, danificados por químicas e agressões externas

Os principais ativos são a OLIVA, que hidrata e nutre os fios profundamente, o BAMBU que restaura a fibra capilar, melhora a textura e reduz o volume, ALGAS MARINHAS que estimulam a circulação no couro cabeludo e aumentam a resistência dos fios e a PRÓ-VITAMINA B5 que age tanto no couro cabeludo quanto na extensão do fio, ajudando a retenção de umidade, evitando pontas duplas. Isso significa cabelos saudáveis e cachos mais definidos por mais tempo! Vejam o resultado da primeira aplicação: 

Finalizei os
cachos com o leave-in Botica Algas da @bioextratus , que é vegano e liberado para Low Poo.
Em breve conto mais.

Uma publicação
compartilhada por 􀃻NANDA CURY􀂙NANDACURY.COM (@nandacuryx) em

Como eu uso coloração no cabelo, parece que ele estava precisando desse tratamento de choque. O resultado foi incrível, como vocês podem ver na foto que tirei após a segunda lavagem:

Resolvi testar também e me surpreendi positivamente com a Linha Botica Henna, criada para fortalecer e dar brilho a cabelos escuros. Como estou em transição para voltar ao meu tom natural, castanho escuro, achei que seria um ótimo momento para testar a Botica Henna.

Lavei, passei a máscara, depois o condicionador e usei o finalizador para definir os cachos. Gostei de tudo, mas os meus produtos favoritos foram a máscara e o finalizador. A linha é formulada com HENNA (uma planta super poderosa que fortalece e dá brilho intenso aos cabelos escuros, OLIVA que promove nutrição e hidratação, BAMBU, que é hiper nutritivo e restaurador, e a PRÓ-VITAMINA B5, que ajuda a manter hidratação dos fios e evita as pontas duplas.

Eu amei o resultado e saber que a Bio Extratus tem outros produtos veganos e liberados para low poo. Em breve conto mais!

 

 

Dicas para acordar com o cabelo dos sonhos

Ninguém merece acordar, olhar no espelho e constatar um fato terrível: é um bad hair day. Isso significa que um dia longo e difícil vem pela frente. Agora imagina só, por outro lado, que maravilhoso seria poder dormir e simplesmente acordar com um cabelo divo, arrumado e sem frizz?

O sonho de toda mulher que gosta de cuidar bem das madeixas é acordar com o cabelo pronto pra sair. Isso economizaria alguns minutos do tempo pela manhã, o que as deixaria livre para fazer outras coisas. Mas o melhor de tudo é que isso é possível, sim! É só seguir algumas truques que podem ser colocados em práticas à noite antes de dormir e pronto: um cabelo dos sonhos assim que acordar.

Mas, antes dos truques para levantar da cama já com as madeixas impecáveis, você não pode esquecer que:

  • Não se deve dormir com o cabelo molhado, isso tende a quebrar os fios;
  • Se usar o secador antes de dormir, coloque o ar frio, pois ajudará a controlar o frizz;
  • É importante pentear o cabelo antes de dormir.   

Truque 1: Cremes de tratamento noturno

Cuidar do cabelo enquanto está dormindo? Sim, isso mesmo! Quando dormimos, ficamos em estado de relaxamento total e esse repouso é ótimo porque facilita a absorção do produto nos cabelos. E é isso que nos ajuda a fazer com que ele amanheça mais bonito, brilhante, macio e sem frizz.

São vários os benefícios de apostar em produtos desse tipo: não é preciso estar com os fios úmidos para aplicar, nem se preocupar de lavar as madeixas após alguns minutos. Por ser sem enxágue, não deixa os fios grudados, com aspecto de sujos e engordurados, muito menos o travesseiro todo manchado.

O Finalizador Noite/Dia Shitake, da Bio Extratus, é uma opção incrível porque trata o cabelo durante as horas de sono, oferecendo os nutrientes essenciais para a reconstrução da fibra capilar.

 

Truque 2: Prenda o cabelo

É importante levar em consideração duas coisas antes:

1- Dormir de cabelo preso não deve se tornar um hábito, pois o uso de acessórios durante o sono, com muita frequência, não faz bem à saúde dos fios. Uma dica é apostar em toucas ou pompons de meia.

2- Que tipo de cabelo você quer acordar na manhã seguinte? Isso é imprescindível para saber o que você deve fazer na noite anterior.

Se a ideia é um acordar com o cabelo mais liso em um dia específico, uma opção é fazer um rabo de cavalo baixo e prender com um pompom de meia, para não deixar as madeixas marcadas. Para deixar os cachos bem modeladinhos, você pode apostar em uma ou mais tranças durante o período do sono. Para um ondulado poderoso, a dica é prender em um coque baixo com o elástico de tecido.

Truque 3: Troque a fronha

Meninas, essa dica é mara! Para evitar que o seu cabelo fique oleoso durante a noite, é recomendado trocar a fronha do travesseiro toda semana. Sabe porque? É que ao longo dos dias, a fronha acumula sujeira e a oleosidade dos fios, o que influencia e muito na forma como o seu cabelo vai estar no dia seguinte.

Para manter as madeixas em ordem, também é importante tentar se conter para não ficar “alisando” o cabelo com as mãos durante o dia, especialmente antes de dormir. E, antes de deitar, penteie o cabelo (cacheadas, vocês não precisam, ok?) para que a oleosidade se espalhe ao longo dos fios.

E aí, meninas, curtiram as dicas? Dormir e acordar igual a uma diva é mais fácil do que parece! 😉

Para o bem geral das mulheres, não compartilhe produtos de beleza.

Parece estranho? Quantas vezes você já quis e usou, só para ver o efeito, aquele batom vermelho cereja que fica muito bem em sua amiga e, você descobriu, que em você também.

O hábito é rotineiro e comum entre amigas. Maquiagem compartilhada é tudo de bom! Mas essa diversão é um erro e pode apresentar riscos para a saúde de quem a compartilha.

nb_pele_produtos_nao_compartilhar_01

Alguns itens podem oferecer contaminação e passar bactérias, virus e fungos para você. Veja os produtos que você pode continuar a usar, mas, para bem geral, não compartilhar:

1 – LÂMINA DE DEPILAÇÃO: elas são alvo fácil de contaminação e precisam ser trocadas regularmente para evitar hepatite e outras doenças.

nb_pele_produtos_nao_compartilhar_02

2 – RÍMEL, LÁPIS E SOMBRA: maquiagem para o olho é algo perigoso de ser compartilhar. Esses produtos, depois de usados, por mais de uma pessoa, podem causar conjuntivite.

nb_pele_produtos_nao_compartilhar_03

3 – BATOM: Os lábios são áreas sensíveis do corpo e que possuem fácil contágio. Por isso, evite passar o batom alheio e pegar possíveis resfriados, hérpes, cáries e mau hálito.

nb_pele_produtos_nao_compartilhar_04

4 – CREMES FACIAIS: ao aplicar o creme no rosto, o conteúdo fica em contato com a mão e todas as bactérias são transferidas. Antes de pegar o produto, lave suas mãos.

5 – ESCOVA DE CABELO: ao emprestar a sua escova de cabelo, você pode pegar ou passar piolhos.

Impressora de make é o novo item-desejo das alucinadas por maquiagem

Criar sua própria maquiagem, com o tom que você sempre sonhou não é mais tão utópico. Graças à estudante norte-americana Grace Choi, cada um pode escolher, tanto na internet quanto no mundo real, a tonalidade que quiser para seu blush, sua sombra, seu batom ou qualquer outra coisa necessária na hora do make e imprimir.

make 1

Não. Você não leu errado. A Mink é uma impressora que utiliza os mesmos tonalizantes usados por grandes marcas do mundo dos cosméticos. Ela vai custar entre US$ 200 e US$ 300 e já foi aprovada pelo FDA (órgão norte-americano de regulamentação de alimentos, medicamentos e cosméticos).

Notícia melhor para as alucinadas por maquiagem e pelo DIY (faça você mesmo) não poderia ter, já que cada uma vai poder ter um estojo de make para poder, realmente, chamar de seu!

make 2

Produtos Hipoalergênicos

Naturalmente Bonita
A mídia está sempre alertando os consumidores sobre a necessidade da leitura dos rótulos dos produtos. Sejam alimentos, cosméticos, medicamentos, todos contém substâncias que podem ser nocivas à saúde, provocando intolerâncias e alergias nas pessoas propensas.
Hoje vamos falar sobre o que pode causar alergia nas pessoas suscetíveis e o que devemos observar na hora da compra.

 

 

Os produtos com a denominação “hipoalergênico” são aqueles cujas chances de causar alergia são menores que os outros.
Quando testados em pacientes alérgicos, estes produtos não causam alergia em 98% das pessoas.
Mas não confunda!
Hipoalergênico não é a mesma coisa que antialérgico.
Os antialérgicos evitam a alergia e são medicamentos e não cosméticos.

 

 

Algumas das substâncias que são retiradas dos produtos para que eles se enquadrem nessa categoria são:
Nos esmaltes: tolueno, formaldeído(formol), dibutilftalato(DBP), cânfora.
Nos shampoos e cremes capilares: Lanolina, Quartenium 15, Germal 115, Kathon CG.
Tintura de cabelo: Parafenilenodiamina, Nitrocelulose, Cloreto de cobalto.
Nos hidratantes corporais: Propilenoglicol, Paraben Mix

 

 

A dermatite de contato por irritação é a reação adversa mais comum a cosméticos. Ela se manifesta na forma de ardor, coceira, vermelhidão e descamação da pele. Em fases mais avançadas pode ocorrer inchaço e aparecimento de bolhas e vesículas com líquido.

A pele do rosto é a mais sensível às alergias.
Produtos para a limpeza , tais como sabonetes, xampus e desodorantes são os irritantes mais importantes.
As reações mais frequentes são em consequência do uso continuado e cumulativo.

 

 

Para o consumidor, cosméticos hipoalergênicos são aqueles que raramente produzem reações alérgicas ou irritantes. Significa que na grande maioria das pessoas esses produtos não causarão reações, mas não é possível abranger 100% dos indivíduos.

 

 

Os fabricantes dos cosméticos hipoalergênicos procuram abolir de suas fórmulas cerca de 100 substâncias já conhecidamente irritantes. Seus produtos são testados por laboratórios e por clínicas e médicos alergologistas, para garantir um baixo índice de reações alérgicas. Todos os testes e resultados são também submetidos a ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária para autorização da comercialização do produto.
Se você sente reações estranhas e incômodas ao usar algum tipo de cosmético ou manipular produtos de limpeza ou qualquer outro, procure um médico para saber se o problema é alérgico – em muitos casos é possível identificar quais substâncias estão provocando estas reações.