Naturalmente Bonita

Porque a moda tem a ver com a autoestima?

Já aconteceu com você de ter um compromisso muito, muito especial, seja uma entrevista de emprego, uma reunião decisiva ou até mesmo um jantar com o boy e, para essa ocasião, ficar pensando no que ia vestir? No que seria “certo ou errado”? E já aconteceu com você de usar uma roupa e sentir que ela te deixou poderosa demais, com força suficiente para enfrentar uma determinada situação-limite na sua vida? Vamos falar sobre moda e autoestima!

moda autoestima

.

Pois é, então…

Às vezes, a gente, as pessoas ao nosso redor, aquele artista na TV ou o influencer X no Instagram podem dizer que moda não tem nada a ver com nada, que não vale a pena ligar pra isso ou que tudo é muito fútil. Mas o que nem sempre a gente para pra pensar é que as roupas, sapatos, bijoux, make-up, o que seja que usamos são ferramentas capazes de levantar a nossa autoestima, de fazer nos sentirmos bem conosco mesmo ou até podem ser uma forma de passar uma mensagem pro mundo sobre quem somos, sobre coisas em que acreditamos ou desejos que têm muito a ver conosco. Chega até a parecer uma tradução da nossa alma, sabe?

moda autoestima

.

É claro que quando se trata do “vestir-se para empoderar-se” não necessariamente precisa ser vestir-se com roupas caríssimas, sapatos desconfortáveis ou complementar com aquela bolsa de grife que acabou de chegar às lojas – e que custou um mês de salário! Isso não!

Acho que moda empoderada, autoestima e confiança têm pouco, mas muito pouco mesmo a ver com o dinheiro que se gasta nisso ou naquilo. Acredito muito que essa questão da autoestima refletida na moda tem muito mais a ver com usar peças que reflitam nosso estilo, nosso jeito de pensar e de ser, nossos valores e também nossos gostos, preferências e estilo cultural.

moda autoestima

Ai, quantas vezes não usei uma camiseta do Nirvana pra “gritar ao mundo” que sou louca por essa banda ou quantas vezes não usei minha “camisa da sorte”, muito bem passada, hehe, com aquela saia preta coringa, pra apresentar planilhas e resultados em uma reunião importante no trabalho… Isso já aconteceu com você? A gente se sente muito forte, né? Ah, e só detalhe, essa tal camisa não custou nem R$ 40,00, mas eu a amo porque acho que cai bem em mim, não amassa e tem minha cor roxinha preferida, por tudo isso, com ela me sinto mais forte.

moda autoestima

Não dá pra negar que também existe o outro lado da moeda, quando uma roupa pode nos deixar tristes, fazer com que sintamos que nosso corpo não é “perfeito” (como se existisse, realmente, um corpo “im-perfeito”, né, gente?!) ou que não estamos à altura daquele compromisso ou das pessoas que fazem parte do tal compromisso. Isso é hard, bem hard, totalmente nocivo e um erro do tamanho do mundo!

Essa questão negativa do vestir, dá muito o que falar e, sem dúvida, podemos deixar isso pra uma próxima coluna porque hoje, neste nosso bate-papo, quero falar de quando as roupas e os acessórios são nossos aliados e fazem bem pra gente!

moda autoestima

Por isso, pra fechar, quero compartilhar por aqui uma história que vivi e que me tocou demais:

Estava eu participando de uma ação de voluntariado, servindo refeições para moradores de rua e, no momento em que eles começaram a entrar no enorme salão do refeitório, vi um homem com uma bermuda, chinelo e camiseta regata. Em suas mãos, havia uma sacola plástica. Quando ele se sentou na enorme mesa coletiva para receber sua refeição, a primeira coisa que fez foi abrir sua sacola e colocar um blazer. É claro que não era de luxo, é claro que ele devia tê-lo recebido como doação. Estava, sim, bem amarrotado, sujo e rasgado nos cotovelos, mas quando ele o colocou no corpo, abriu um sorrisão e quando percebeu que eu o observava, ele me disse “Dona, a gente tem que ficar bonito pra cumé, né?”. Puxa, achei tão bonito isso! Achei uma oportunidade incrível de ver como uma roupa simples pode alegrar a vida de uma pessoa e como aquele jantar era uma ocasião importante, importantíssima para esse morador de rua!

Agora, me conta você, qual roupa te deixar empoderada, com a autoestima lá em cima!

moda autoestima

Se você acha que além do que veste, o seu cabelo também diz muito sobre você e sua autoestima, confira esse post.

Fonte das imagens: HuffPost, Iris Apfel, Baddie Winkle, FreeImages, OutfitTrends, My Big Fat Fabulous Life

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como produtora cultural, gerenciou projetos em órgãos públicos como na Embaixada da Espanha em São Paulo e no Museu da Cidade de São Paulo. No O Avesso da Moda é criadora e editora-chefe do blog.

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como produtora cultural, gerenciou projetos em órgãos públicos como na Embaixada da Espanha em São Paulo e no Museu da Cidade de São Paulo. No O Avesso da Moda é criadora e editora-chefe do blog.

Mirian Herrera

É consultora de moda, coolhunter e personal stylist formada em Propaganda & Marketing pela Universidade Mackenzie e pós-graduada em moda pelo Studio Berçot (Paris) e pelo SENAC-SP. Como p...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *