Judô para golpear a falta de concentração e o excesso de peso

No currículo ele tem o título de uma das artes marciais mais antigas e importantes do Japão. O mestre e sábio professor de judô detém um poder impressionante de ensinar os alunos a organizarem o corpo, a mente e o espírito. A cada evolução, uma nova descoberta e consequentemente, com orgulho e muito suor, uma troca de faixa. Da branca à preta. Trabalho sério de comprometimento e autoconhecimento.

Para encontrar esse caminho, basta querer caminhar, com calma, determinação e disciplina.

O judô é considerado um esporte, mas que além de exercitar o corpo e a mente, tem o principal objetivo de ensinar defesa pessoal. Uma prática importante para homens e mulheres.

A cada ano que passa, as mulheres estão cada vez mais interessadas no assunto e quebrando tabus. Sobem no tatame para conhecerem seus limites, trabalhando o corpo, a mente e superando limites.

Para elas, a prática ideal é o Kodokan goshin jutsu, que tem como foco, realmente, a defesa pessoal e não o confronto com outro oponente. O treino é intenso, mas é menos pesado do que o judô tradicional.

Veja porque você vai querer vestir um kimono e ser faixa preta:

  1. ENSINA AUTODEFESA
  2. QUEIMA ATÉ 800 CALORIAS
  3. MELHORA A POSTURA E AUMENTA A FORÇA FÍSICA
  4. TRABALHA OS MEMBROS INFERIORES
  5. MELHORA O EQUILÍBRIO, A CONCENTRAÇÃO E A RESPIRAÇÃO

Veja o judô com outros olhos e aproveite essa oportunidade de se exercitar e se conhecer.

Deixe seu comentário