Naturalmente Bonita

Crimes Contra o Cabelo

Por Ana Carvalho

O post de hoje é um alerta à saúde dos seus cabelos, erros que todo mundo comete, mas que podem (e devem) ser evitados, para ter sempre cabelos macios e saudáveis.

1-      Lavar os cabelos com Água Quente
Lavar os cabelos na água muito quente desequilibra o pH dos fios, fazendo com que as raízes fiquem oleosas e as pontas secas. Também costuma deixar os cabelos opacos, quebradiços e ressecados. A lavagem deve ser feita com água em temperatura morna pra fria  para evitar alterações no couro cabeludo. Caso você use água quente em excesso, as glândulas sebáceas do couro cabeludo podem passar a produzir uma quantidade maior de óleos e assim seus fios ficarão sujos com mais facilidade.
Se você gosta de tomar banho quente, lave o cabelo separadamente. No tanque, por exemplo.
2-      Passar condicionador na raiz dos fios
Mais um fator que aumenta desordenadamente a oleosidade capilar. Mesmo se seu cabelo for seco,  deve-se aplicar o condicionador apenas no comprimento e nas pontas dos fios.  Além disso, o condicionador entope os poros capilares e umedece o couro cabeludo, que fica mais suscetível à formação de caspa.
Não passe condicionador na raiz dos fios, e lave bem após o uso. Se quiser deixar creme nos fios, use um finalizador sem enxágüe.
3-      Não beber água
Além de fazer bem pro corpo, água faz bem pro cabelo. Beba pelo menos um litro por dia, sendo o ideal 2 litros. Com um mês você já vai sentir a diferença.

4-      Tingir os cabelos com muita freqüência.
É normal pessoas que alteraram a cor dos fios tenderem a pintar com muita freqüência. Para que a raiz jamais apareça. A tintura resseca muito os fios, que devem ser hidratados com muito mais freqüência que os cabelos normais.
Mesmo com esse cuidado é possível que a tintura regular deixe os fios mais fracos e quebradiços.  Ainda mais quando antes da tintura é necessário um descoloramento prévio, que é muito mais agressivo.
As empresas pedem para esperar  pelo menos 15 dias para a próxima coloração. Os profissionais recomendam pelo menos um mês.
5-      Prender os cabelos molhados
Seja pra fazer uma trança, coque, penteado, ou simplesmente um rabo-de-cavalo. Muitas mulheres prendem o cabelo quando ele ainda está molhado para evitar que ele fique volumoso ou para modelar. EERRADO!!!
Quando o cabelo fica preso por muito tempo, ele segura a umidade no couro cabeludo e isso favorece o aparecimento de fungos e caspa, enfraquece a raiz e facilita a queda dos fios.
A opção para o mesmo efeito,  são os cremes e loções como o leave-in, que diminuem o volume e controlam o frizz.
6-      Secar os cabelos ainda molhados
O cabelo ideal para o uso do secador é úmido e não molhado. Quanto mais molhado ele estiver, mais oleoso ele vai ficar. E isso não é um efeito temporário, com ações repetidas do secador nos cabelos molhados, os fios ficam oleosos pra sempre.
Enxugue bem os cabelos antes de usar o secador.
7-      Hidratar os cabelos no sol
Um dos hábitos que tem se tornado cada vez mais comum entre as mulheres, é o de ir à praia ou piscina, fazer os rituais de beleza e entre eles,  passar creme hidrante nos fios achando que o sol vai potencializar a ação hidratante do creme. Errado!
Na verdade, o sol queima os fios. O ideal é usar um finalizador sem enxágüe com protetor solar.  Ou mesmo procurar por produtos específicos para serem usados no sol.
As máscaras de hidratação tradicionais não formam uma película protetora contra os raios ultravioletas como os cremes próprios para isso.
8-      Fazer escova ou chapinha sem protetor térmico
O calor do secador e da chapinha queimam os fios, é necessário proteger o cabelo antes de submetê-lo ao calor.  Pra isso existem os protetores térmicos.
Cabelos sem proteção, submetidos à  altas temperaturas,  faz com que os fios fiquem elásticos e quebrem com facilidade. Os resultados são fios queimados, quebradiços e sem brilho. Prefira os aparelhos de cerâmica que permitem o controle da temperatura. E, antes de usar a chapinha, certifique-se de que seu cabelo está bem seco, sem umidade alguma.
9-      Abusar da Química Capilar
Os procedimentos químicos, como alisamento, relaxamento, permanente, progressiva, etc..  são cada vez mais comuns. E isso requer alguns cuidados.
Devido à grande quantidade de substâncias químicas contidas nos procedimentos, eles podem oferecer riscos aos fios. Caso o procedimento não seja feito da maneira correta, pode virar um desastre!  Se você gostaria de alisar ou relaxar os fios, por exemplo, prefira um procedimento com compostos que agridam menos o cabelo. Como produtos sem adição de amônia, enriquecidos com vitaminas e nutrientes.
É muito importante não usar mais de uma química por  vez.  Cabelos que já passaram por um procedimento ficam frágeis, e uma química a mais pode quebrar os fios.

Naturalmente Bonita

Blog com informações preciosas no cuidado com os cabelos, pele, unhas e maquiagem, além de muitas novidades em moda, produtos e lançamentos de beleza!

2 Comments

  1. sol

    23 abr at 10:45

    da pra fazer comentarios sobre hene?

    Reply
    • sol

      23 abr at 10:49

      gostaria de sabe sobre desmineralizador capilar

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *