Coração sem espaço para colesterol ruim

Avistar um cachorrinho sem dono vagando pela rua é de cortar o coração. Receber a melhor notícia por telefone é de fazer bater mais forte, na mesma hora. Já, ouvir uma declaração de amor surpresa daquelas é de acelerar, sem suspirar duas vezes.

nb_saude_eliminar_colesterol_sua_vida_01

Algumas emoções fazem o nosso coração se encher de felicidade, querer viver mais e melhor, mas outras só mostram como ele deve ser fechado para balanço. O colesterol ruim é um desses casos, em que ele se fecha, se reorganiza e se cuida para que nada de desagradável aconteça, no futuro.

O colesterol ruim não faz nada bem. E contribui, por meio de uma alimentação rica em gorduras e processados, para o entupimento das veias e, com o tempo, gera problemas mais sérios.

Alguns alimentos, que adquirimos com facilidade em qualquer feira ou supermercado, podem ajudar a combater esses altos índices e prevenir o seu aparecimento. Conheça alguns deles e coloque na lista de compras:

  1. LINHAÇA E AVEIA – a primeira, diminui o colesterol, a segunda, além do objetivo principal, também controla a pressão arterial e ajuda a digestão.

nb_saude_eliminar_colesterol_sua_vida_02

  1. COUVE – auxilia a digestão e ajuda a expulsar a gordura do corpo.

nb_saude_eliminar_colesterol_sua_vida_03

  1. BERINJELA – facilita a perda de peso e controla a ingestão de nutrientes, fazendo com que eles sejam absorvidos aos poucos.

nb_saude_eliminar_colesterol_sua_vida_04

Essas dicas diminuem as taxas de colesterol alto, mas é importante ter acompanhamento de um médico especialista.

Sal rosa do Himalaia para uma saúde em paz

Os ventos das montanhas do Himalaia providenciaram boas novas para nós. Vieram nos entregar, bem assim de mão beijada e até abençoada, uma especiaria para mudar a nossa relação com os alimentos e com a saúde.

nb_saude_sal_rosa_direto_para_cozinha_01

Sem sal ou salmoura pura, esse tempero que ganhamos de presente não é nenhum e nem outro. Nele não há faltas ou excessos. O sal rosa do Himalaia é o equilíbrio perfeito entre o paladar e todos os nutrientes que o nosso corpo precisa.

De todos os tipos de sal existentes na industria alimentícia, ele é considerado um dos mais poderosos, pois possui uma pureza química impressionante, além de ser livre de toxinas e poluentes.

Banner-artigo-marcio-Sal-do-Himalaia

Essa riqueza é obtida por meio da coleta em depósitos seculares do Himalaia e por isso, contém 80 tipos de minerais e baixa concentração de sódio.

Por ele não ser um tipo refinado, é mais saboroso. Conheça outras vantagens do sal rosa e escolha essa opção para suas receitas:

  • Ajuda a eliminar as toxinas do corpo;
  • Contribui para o relaxamento muscular;
  • Trata a hipertensão.

Da cor do pecado e com uma alimentação de dar inveja boa

O verão é mais do que um sol brilhante, ele tem mesmo é luz própria. É sempre a estrela de todas as estações. A mais esperada. A mais aclamada. A mais vibrante. E a mais trabalhosa também.

O sol, o calor e a beleza que regem esses meses, vem com uma recomendação certeira: preocupações com a aparência, de modo geral. Para muitos, a lista de check its é longa e os pré-requisitos, para sobreviver a ele, com tranquilidade, só aumentam.

nb_saude_alimentos_prioridade_verao_01

Independente da sua lista de prioridades, o primeiro item é unânime. Ele pode e deve ser igual para todas. O primeiro item, em questão, é: alimentação saudável.

Entender e priorizar os alimentos que podem trazer conforto e saciedade ao organismo, sem pesar ou deixar de consumir os nutrientes necessários, é muito importante.

Avance da lista de prioridades estéticas para a lista do supermercado e anote o que você não deve deixar de fora do carrinho para cuidar da saúde, nesse verão:

  1. VERDURAS – chuchu, berinjela e abobrinha.

nb_saude_alimentos_prioridade_verao_02

  1. FRUTAS – maçã, banana e limão.

nb_saude_alimentos_prioridade_verao_03

  1. TEMPEROS – alho, alecrim e hortelã.

nb_saude_alimentos_prioridade_verao_04

PRATO CHEIO – escolha os sucos naturais, as saladas cruas e os sanduíches leves. Menos maionese e mais azeite. Menos enlatados e mais vegetais frescos. Pense nisso e comece a mudar, já!

Começou-se o que era doce

O açúcar é um doce para as nossas vidas! E engana-se quem acha que ele é vilão e que tem o poder apenas de engordar. Ele é importante para o corpo, nos dá energia e produz uma substância que estimula a sensação de bem-estar.

nb_saude_acucar_01

O grande problema é comê-lo em grande quantidade. A dica é consumir frutas que possuem açúcar natural e deixar o doce para a sobremesa.

Além disso, é importante conhecer as opções para escolher qual delas é mais nutritiva e saborosa. Veja outras opções além do nosso açúcar branco de todo dia.

  1. MASCAVO – possui o gosto mais forte, é obtido por meio da cana de açúcar, passa por poucos processos de produção e conserva as suas propriedades, principalmente, ferro e manganês.
  2. DEMERARA – possui o gosto mais parecido com o açúcar branco, um pouco mais claro do que o açúcar mascavo e conserva muitas propriedades também.

nb_saude_acucar_02

  1. MELADO – é o mais puro e mais forte de todos, pois ele não passa por nenhum processo industrial, é muito rico em ferro e vitaminas do complexo B.
  2. AÇÚCAR DE COCO – é extraído da fruta e conserva todas as vitaminas e minerais do coco, além disso, possui a metade de calorias do açúcar branco.

Há vários tipos de açúcar, além do famoso refinado, do adoçante e de todos esses que foram apresentados. Conheça, experimente e escolha qual tipo se adapta melhor ao seu paladar.

Alimentação durante a TPM

Durante o período pré-menstrual vários sintomas como  dores de cabeça, câimbras, obstipação intestinal, edema e irritação são comuns, porém podem ser amenizados com uma dieta contendo alguns alimentos que ajudam a evitar estes agravantes. Supõe-se que uma ingestão aumentada de cálcio poderia prevenir as alterações no humor antes e após o período menstrual. Assim, um copo de leite magro extra ou uma xícara de couve por dia parecem ajudar na cura ou prevenção destas alterações.

A intensidade do fluxo menstrual pode ocorrer devido à carência dos alimentos ricos em manganês. Para ajudar a prevenir essas perdas menstruais anormalmente intensas, ingerir alimentos ricos nesse nutriente como frutas (principalmente abacaxi) e vegetais; grãos integrais; nozes e sementes.

Uma pequena ingestão de carboidratos ricos em amidos (pão, batata, massas, aveia, arroz) a cada 3 horas e uma hora ou menos antes de se deitar ou levantar, combate os sintomas da TPM.

Um dos fatores que podem afetar negativamente a TPM é a cafeína, portanto seria adequado não ingerir bebidas que contenham a mesma como chá, café ou refrigerantes.

Uma dieta saudável é capaz de amenizar os desconfortos da síndrome pré-menstrual. Vejam quais são os nutrientes e os alimentos que recomendados neste período…

  • Vitamina B6: contra enjôo, cefaléia e irritabilidade. Boas fontes: arroz integral, germe de trigo, aveia, amendoim, nozes, batata, banana, salmão, atum, fígado de boi.
  • Vitamina E: evita cefaléia, dores nas mamas e cólicas. Boas fontes: cereais integrais, noz, castanhas, azeite de oliva, azeitona, óleo de soja e de girassol, milho, gema de ovo, agrião.
  • Cálcio: alivia cólicas, dor nas costas e nervosismo, porque diminui a contração muscular dolorosa do útero e diminui a retenção de líquidos. Boas fontes: leite e derivados, vegetais e folhas verde escuros, couve e brócolis.
  • Magnésio: este mineral tem função complementar às funções do cálcio, portanto pode diminuir dores na intensidade de contração dos músculos. São boas fontes de magnésio as folhas verdes escuras.
  • Ácidos Graxos: reduz irritabilidade e dores nas mamas. Boas fontes: óleos de peixes marinhos e frutos do mar (ricos em ômega 6 e ômega 3) Bons exemplos: salmão e atum.
  • Vitamina D: necessária à assimilação de cálcio e magnésio, nos ossos. Porém, não é específico para a TPM, e sim para toda a vida da mulher, pois previne a osteoporose.

Cuidado com alguns alimentos…

  • Café: atua sobre o sistema neurosensorial, age sobre o sistema rítmico, acelerando o coração a digestão, além de conter inúmeras substâncias da torrefação do café que são tóxicas e muito prejudiciais ao fígado e a vesícula. O café parece atuar sobre o retículo sarcoplasmático, aumentando a permeabilidade ao cálcio, que torna disponível ao processo de contração, podendo provocar câimbras. A cafeína pode causar insônia, dores de cabeça e irritabilidade.
  • Chá Preto: atua no aparelho digestivo provocando obstipação.
  • Chá Mate: tem ação estimulante sobre o sistema nervoso, mas não é tão forte quanto o chá preto e o café.
  • Guaraná: tem conteúdo de cafeína três vezes mais do que no café, por isso deve ser evitado nesse período.
  • Chocolate: tem função semelhante ao café e o chá. Deve ser ingerido com moderação devido ao alto teor de gordura, podendo ocasionar ganho de peso.

Com relação às câimbras, estas podem ocorrer devido ao desequilíbrio de sódio e potássio, que favorece a entrada de cálcio na célula provocando a contração. Neste caso o ideal é o consumo de alimentos ricos neste nutriente (cálcio) que seriam os leites e derivados e alguns folhosos como brócolis e repolho principalmente.

tpm