Naturalmente Bonita

Movimento Setembro Verde incentiva a comer mais frutas e vegetais

12.set.2018

Você come frutas e vegetais diariamente? Se sim, será que consome o suficiente? A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que devemos ingerir no mínimo 400g de frutas e hortaliças por dia. No entanto, o consumo médio no Brasil é de 145g por dia, muito abaixo das recomendações.

Nesse cenário, com o objetivo de desenvolver ações para incentivar o consumo de frutas e de vegetais, foi criado o Movimento Setembro Verde. A ideia da campanha é conscientizar mais pessoas sobre a necessidade de adotar hábitos alimentares mais saudáveis.  

Mas o que isso tem a ver com beleza, Nanda Cury?

A beleza é um reflexo externo de como tratamos o nosso corpo por dentro. Uma alimentação adequada reflete em mais hidratação para a pele e um cabelo mais saudável, por exemplo. Isso quer dizer que os cosméticos que usamos apenas complementam o nosso autocuidado.  

Listei algumas dicas para quem quer se desafiar a comer mais frutas e vegetais, a partir de agora:

Coma frutas no café da manhã

Elas são os alimentos ideais para o desjejum, pois são ricas em água, vitaminas e fibras, além disso, fornecem energia rapidamente.

.

Descasque mais, desembale menos

As frutas já vêm naturalmente embaladas, portanto, são o melhor lanche para carregar na bolsa ou na mochila.

.

Faça compras semanais em feiras livres, quitandas e hortifrutis.

Assim você mantém o foco em comprar alimentos in natura (lembre de levar a sua sacola reutilizável na bolsa).

.

Troque o refrigerante por água saborizada com pedaços de frutas

É só picar suas frutas favoritas dentro de uma jarra com água e guardar na geladeira.

.

Inclua saladas nas refeições

Cultive o hábito de comer saladas com folhas frescas e vegetais crus. Seja como acompanhamento ou como prato principal, comer mais folhas e vegetais é necessário para uma boa digestão e para absorver nutrientes essenciais desses alimentos. Capriche na escolha dos ingredientes, misture frutas e folhas e delicie-se!

.

Experimente trocar uma refeição de comida cozida por uma enorme salada de frutas

.

Considere a alimentação vegana

Está provado que a alimentação vegana, baseada em alimentos integrais como frutas e hortaliças, fornece todos os nutrientes que precisamos, além de preservar a vida dos animais e o meio ambiente. Se quer melhorar os seus hábitos alimentares, procure incluir o máximo de frutas e de hortaliças que puder. E, se precisar de ajuda, procure um médico ou nutricionista para orientar a sua transição alimentar.

.

Compartilhe as suas conquistas

Que tal usar as redes sociais para celebrar cada vitória e ainda inspirar mais pessoas a fazerem o mesmo? As fotos das frutas e das saladas são supercoloridas e chamam bastante atenção. Compartilhe os seus novos hábitos nas redes sociais com a hashtag #movimentosetembroverde e marque @nandacuryx  no Instagram.

.

Vamos comer melhor? A ideia é começar em setembro, mas pode continuar a para a vida toda.

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

PICNIC FRUGI – o piquenique saudável, com frutas

6.jul.2018

Sabemos que as frutas e os vegetais integrais são os alimentos mais saudáveis do mundo e que deveriam fazer parte da alimentação diária de todas as pessoas. No entanto, uma pesquisa recente revelou que apenas 40% dos brasileiros consomem frutas e hortaliças diariamente. E, mesmo entre os que consomem, estamos abaixo da quantidade mínima recomendada pela Organização Mundial de Saúde.

Desde que me tornei vegana e passei a consumir mais frutas e vegetais crus, notei uma melhora na qualidade de vida como um todo. Me sinto mais disposta, menos estressada e com muito mais energia. Além disso, a digestão é otimizada e isso significa que a pele e o cabelo ficam maravilhosos! Não é à toa, já que inúmeros estudos de universidades renomadas mostram que consumir diariamente alimentos frescos e integrais está associado a mais saúde e longevidade, além da prevenção de diversas doenças.

Quem me acompanha nas redes sociais sabe que compartilho diariamente a paixão pelas frutas e pelos vegetais e o meu estilo de vida natural, para incentivar as pessoas a adotarem hábitos alimentares mais saudáveis. Num mundo com influenciadores de diversos assuntos, fico feliz por conectar temas como alimentação e beleza natural.

Quando estava pensando em uma maneira de expandir a minha influência para o mundo “offline”, me deparei com uma foto, no Instagram da Bio Extratus, do bate-papo sobre autoestima.

Inspirada, decidi criar o PICNIC FRUGI, um piquenique vegano e frugívoro, com o objetivo de incentivar as pessoas a comerem mais frutas e vegetais crus, ao menos um dia da semana. A ideia ganhou adeptos e o evento tem acontecido semanalmente, em parques e praças de São Paulo. Realizar encontros ao vivo, para incentivar uma vida mais consciente e equilibrada, num mundo em que a nossa principal conexão com as pessoas tem sido através da internet, é uma forma de resistir e de aprofundar as trocas e os aprendizados.

Agradeço a Bio Extratus por apoiar a primeira edição do evento, enviando kits da linha vegana Botica Cachos e Botica Henna para sorteio, além de uma linda cesta de frutas. Todo mundo adora ganhar presentes e acredito que esse é mais um incentivo para as pessoas conhecerem o universo vegano, da alimentação aos cosméticos naturais. Gratidão e até a próxima!

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Clube das Cabeludas Especial – Série sobre Transição Capilar

30.mar.2018

No ano passado, recebemos centenas de depoimentos de mulheres de todo o Brasil que estavam passando pela transição capilar e que gostariam de fazer o “big chop” com o Clube das Cabeludas. Nossa websérie foi criada em parceria com a Bio Extratus para inspirar mulheres a fazerem a transição e assumirem seus cabelos crespos e cacheados naturais.

Dentre todas as emocionantes mensagens recebidas, selecionamos uma história que consideramos inspiradora para presentear a modelo com o corte de cabelo e a participação no primeiro episódio especial do programa. Conheçam a Manu, nossa musa carioca, que veio de São Francisco de Itabapoana (RJ) até São Paulo, para dar adeus à progressiva e descobrir a liberdade de ter de volta seu cabelo cacheado natural.

Ela é atleta, vegana e frugívora. Foi escolhida, dentre diversas mulheres do Brasil todo, por uma causa nobre: divulgar o trabalho com o Santuário Salvando Vidas, que abriga mais de quinhentos animais, sobreviventes de maus tratos.

Uma pesquisa de 2012 revelou que 70% das mulheres brasileiras com cabelos crespos e cacheados alisavam os fios. Muitas vezes, o processo de alisamento químico começa cedo. “Aos nove anos minha tia me levou para fazer a primeira química no cabelo”, conta. O objetivo era “reduzir o volume e soltar os cachos”, relembra Manu. Com o tempo, o cabelo começou a alisar e, dos quinze aos dezenove anos, ela usou progressiva, escova e chapinha, o que causou danos ao cabelo, que se tornou poroso, frágil e quebradiço. Não é pra menos, já que os processos químicos constantes, somados ao uso da chapinha e do secador, prejudicam a saúde capilar.

Em 2017, após aderir a uma alimentação frugívora e vegana natural, baseada no consumo de frutas e de vegetais, a Manu sentiu que também precisava transformar também a relação com o próprio cabelo. Ela não sabia o que fazer, mas estava decidida a parar com o alisamento. Conforme o cabelo foi crescendo, a dupla textura (raiz crespa e pontas alisadas) começou a incomodá-la. Foi aí que surgiu a oportunidade de participar do Clube das Cabeludas, com o cabeleireiro e parceiro do programa Charles Motta.

 

Confira o vídeo dessa linda transformação:

 

Acompanhe o perfil da Manu e do Santuário no Instagram.

Você também está passando pela transição capilar? Conte para a gente nos comentários!

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Clube das Cabeludas, episódio 8: depois do big chop, o que mudou?

22.dez.2017

No episódio 8 da série Clube das Cabeludas convidamos a Jéssica (nossa modelo do episódio 1) e a Samara (modelo do episódio 5) para falar sobre o que mudou depois do big chop. Um ano após fazer a transformação com o Clube das Cabeludas, a Jéssica está se sentindo bem mais segura. A autoestima dela melhorou, ela posta mais fotos nas redes sociais e recebe mensagens de mulheres que estão passando pela transição e que se inspiraram no processo e no vídeo dela. A Samara, que optou por fazer a transição gradual e cortar o cabelo aos poucos, também se sente mais confiante e diz que os produtos estão ajudando bastante a lidar com as pontas do cabelo que ainda têm química.

Aproveitamos o nosso encontro para atualizar o corte de cabelo de ambas!

Confira o vídeo:

Foi muito lindo acompanhar tantas transformações, aprender com cada história e saber que os vídeos que criamos junto com a Bio Extratus inspiraram milhares de mulheres de todo o Brasil a refletirem sobre os padrões de beleza e a aceitarem os seus cabelos crespos e cacheados, livres de alisamento.

Aguardem nosso último episódio, com a história escolhida para fechar nossa série!

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Clube das Cabeludas, episódio 7: transição capilar e big chop da Rafa

15.dez.2017

Lembram que falamos que o objetivo do Clube das Cabeludas era inspirar mais mulheres a passarem pela transição capilar e aderirem ao big chop? O primeiro vídeo da série tem mais de 80 mil visualizações e uma das pessoas impactadas por esse conteúdo foi a Rafa, que ficou tão emocionada com a reação da Jéssica (episódio 1), que resolveu cortar o cabelo também. A Rafa contou um pouco sobre a transição dela e aproveitou para atualizar o corte com o Charles, já que ela optou pela transição gradual, cortando aos poucos.

 

O vídeo completo da transformação da Rafa:

 

Que tal? Deixe aqui seu comentário!

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas em 2008 e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo Brasil (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu...

Carregar Mais